7 dicas para montar um consultório médico (do zero!)

Montar um consultório do zero

Você está pensando em montar um consultório? Então, este artigo é para você!

O Censo de Demografia Médica de 2018, do Conselho Federal de Medicina (CFM), mostra que, entre os recém-formados, 50,2% desejam atuar em consultório particular. No entanto, nem todos são preparados para dar esse passo.

Ser médico e trabalhar por conta própria tem prós, como a possibilidade de ganhar mais, ter flexibilidade no horário de trabalho e o controle da própria carreira; e contras, como não garantir uma quantia fixa por mês.

Mas esse ponto negativo pode ser superado, caso você dedique tempo e invista em planejamento para montar o consultório médico. Assim, você evita cometer erros básicos que prejudicam seu rendimento.

Por isso, nós preparamos este artigo com 7 dicas para montar um consultório médico do zero. Conheça cada passo a ser dado!

1. Defina seu público-alvo

Não se trata apenas das pessoas que podem precisar dos seus serviços médicos ou que buscam determinada especialidade. Faz-se necessário pensar em quem serão essas pessoas que frequentarão seu consultório!

Traçar o perfil do público desejado contribui para a tomada de decisões importantes, dentre elas, se você atenderá convênios ou apenas consultas particulares. Também determina o valor da consulta e, se for o caso, procedimentos disponíveis.

Ainda há um aspecto muito relevante acerca da definição do público-alvo. Ela influenciará o local onde o consultório médico será montado, bem como sua estrutura e a decoração.

Destacamos ainda a importância desse passo para a forma como seu consultório será divulgado, pois a linguagem deve ser adequada ao público traçado.

2. Escolha o local para montar um consultório

Definido o perfil de quem será seu paciente, chega o momento de escolher o local onde o consultório será montado. Mas independentemente do público, é importante que ele seja de fácil acesso.

Se você deseja montar um consultório para um público mais variado, deve escolher um endereço que seja bem servido tanto de modais como ônibus e metrô quanto de estacionamentos ou vagas para carros particulares.

Para o público com poder aquisitivo maior, é fundamental observar se o endereço é tão nobre quanto seus pacientes. Garanta ainda um estacionamento para que eles deixem seus veículos.

Uma vez que endereços assim costumam ter um alto custo, pense na possibilidade de montar um consultório médico com um colega.

3. Calcule seus custos

O primeiro cálculo que deve ser feito é o do investimento necessário para montar um consultório do zero. Isso significa estimar gastos com obras, adaptações, móveis, equipamentos, criação de identidade visual e o processo de legalização.

Sobre a legalização, existem algumas etapas que não podem ser ignoradas:

  • Licença da Vigilância Sanitária;
  • Obtenção do Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNS);
  • Alvará de funcionamento, emitido pela prefeitura do seu município;
  • Certificado da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana.

Outro cálculo a ser feito envolve os custos fixos, ou seja, que são frequentes. Aluguel, energia elétrica, água, internet e folha de pagamento devem ser incluídos nele.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

4. Prepare o consultório

Agora, para montar um consultório, você deve destinar os recursos necessários para as obras, os móveis e a decoração do lugar. Esse ambiente deve ser, além de compatível com seu público-alvo, acolhedor e humanizado.

Tenha em mente que qualquer ambiente é capaz de transmitir uma mensagem. Se ele é malcuidado, pode ser visto de um jeito negativo pelos pacientes. Por isso, invista em uma boa decoração e, acima de tudo, conforto para quem será atendido.

Uma dica interessante é fazer esse trabalho em parceria com outro profissional liberal: um arquiteto ou designer de interiores. O custo é maior, sem dúvidas! Mas o resultado ficará mais próximo do desejado.

5. Monte sua equipe de atendimento

Enquanto as obras acontecem no seu consultório médico, prepare-se para montar a equipe que fará parte dele. O sucesso dessa empreitada tem relação direta com o nível de qualidade dos profissionais que trabalharão com você!

Antes de divulgar vagas na internet, converse com colegas que já têm consultório. Peça que eles indiquem bons profissionais! Dê preferência para quem tem experiência em atendimento ao público e observe pontos como comunicação e postura.

Caso não encontre alguém por indicação, aqui estão outras dicas:

  • Divulgue suas vagas em lugares especializados;
  • Observe os detalhes da personalidade, como proatividade e empatia;
  • Faça um teste para identificar pontos como senso de urgência e organização;
  • Encontre sinergia em quem pretende trabalhar com você;
  • Garanta que o profissional lide bem com tecnologia.

Quem trabalha na linha de frente do consultório, falando com os pacientes, deve se comunicar com eficiência e ser alguém capaz de aprender e pensar rápido. E assim que você fizer sua escolha, contrate por um período de experiência.

6. Divulgue essa novidade

Tudo pronto? Estamos quase lá! O trabalho nos bastidores para montar um consultório médico continua e, agora, você deve direcionar esforços para tornar conhecido esse trabalho.

A divulgação é um processo frequente e muito importante para o sucesso do consultório. Você deve elaborar uma estratégia de marketing médico, criando uma identidade visual e traçando cada ação para impactar potenciais pacientes.

Esse é um trabalho bem específico e que pode ser executado com a ajuda de outros profissionais.

A boa notícia é que há empresas especializadas em marketing médico, como o iMedicina, que trabalha sua presença digital construindo seu site, blog, oferecendo a possibilidade de postagens recorrentes em redes sociais, além de programar anúncios no Google respeitando as regras do Conselho Federal de Medicina.

7. Não se esqueça da gestão

Para selar com chave de ouro, seu consultório médico deve ter um sistema com todas as ferramentas necessárias para geri-lo. Ela deve ser capaz de organizar prontuários, otimizar o pós-consulta e atrair e fidelizar pacientes.

Uma gestão eficiente é feita com foco nos pacientes. Por isso, você precisa escolher um sistema como o iMedicina, uma plataforma completa que engloba agendamento, finanças, gestão do consultório, marketing médico e prontuário eletrônico.

O relacionamento com pacientes também faz parte de sua gestão! O cuidado com o paciente não ocorre somente no momento da consulta. E esse sistema de gestão pode ajudá-lo nesse sentido, enviando e-mails e mensagens que dão dicas e apontam procedimentos que devem ser feitos para manter a saúde em dia.

Montar um consultório médico é um desafio que pode ser superado quando há determinação — uma das principais características de sua profissão. E fazer uma gestão eficiente garante o sucesso que você busca!

Preparado para gerir seu consultório?

Nós temos um guia definitivo para a gestão efetiva de clínicas e consultórios. Entenda como gerenciar de maneira ampla, mas sem perder o foco no lucro!

curso médicosPowered by Rock Convert
livro médicosPowered by Rock Convert

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
iMedicina Software Gratuito - Conheça!
Clínicas Digitais | Conheça o Livro
Materiais Educativos Gratuitos para Clínicas e Consultórios

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.