Como anda minha clínica? Fique por dentro da gestão financeira

Tempo de leitura: 3 minutos

Como anda minha clínica? Fique por dentro da gestão financeira!

Falar sobre a saúde financeira de um negócio, seja ele qual for, é fator fundamental para estar sempre com o saldo positivo. Em clínicas e consultórios médicos, odontológicos e oftalmos isso não é diferente. Entradas e saídas são importantes indicadores que demonstram, baseados em dados reais, se estamos, ou não, no caminho certo e por isso mesmo merecem muita atenção.

Infelizmente muitos profissionais não entendem que a clínica é, na verdade, um empreendimento e que como tal deve ter sua gestão financeira sempre apurada a fim de reduzir falhas e ter o lucro aumentado. Compreender tamanha importância é, portanto, fundamental para que a conta não feche com prejuízos para o profissional.

A gestão financeira acontece diariamente

A aula de gestão deveria ser grade obrigatória nas faculdades que formam profissionais da área da saúde e sabe por quê? Ao abrir uma clínica, a grande maioria desses profissionais não está preparada para enfrentar os problemas administrados do dia a dia de um negócio!

Sem base suficiente, muitos, inclusive, preferem passar a vida toda trabalhando para outras pessoas, e dentre os assuntos que mais assustam na gestão de um empreendimento estão às finanças. Muita gente não sabe, mas é importantíssimo cuidar diariamente da gestão financeira da clínica para que ela tenha bons resultados.

Para auxiliar os profissionais, hoje estão disponíveis sistemas e softwares que colaboram com o controle financeiro da clínica. O módulo financeiro desses programas é fácil e não exige maiores conhecimentos para que tudo seja devidamente registrado.

O acompanhamento através dos relatórios criados nestas plataformas é um excelente material que fornece as informações necessárias sobre a saúde financeira da clínica, elencando dados importantíssimos que precisam ser revistos e aprimorados para que o saldo fique cada vez melhor.

5 benefícios em fazer a gestão financeira da clínica

1. Maior controle e precisão
Quanto está entrando e saindo diariamente da minha clínica? De onde vem a maior parte dos proventos: de consultas particulares ou de convênios?

2. Redução de gastos desnecessários
Como posso diminuir os custos e gastos da clínica sem afetar, contudo, a qualidade do atendimento ao meu paciente?

3. Relatórios claros e eficientes
Qual a situação geral da clínica ao longo dos últimos meses? Houve crescimento ou retração no número de consultas realizadas? O valor recebido se manteve na mesma média ou existiu alguma expressiva alteração no número total de atendimentos particulares/conveniados?

4. Suporte nas tomadas de decisão
A clínica encontra-se em situação favorável para investimentos de expansão física ou de pessoal ou é preciso reter gastos e enxugar a folha de pagamento?

5. Maior tranquilidade
Com base em todas as respostas a estas questões, e a tantas outras aqui não elencadas, é possível estabelecer uma maior tranquilidade para o gestor da clínica que sabe, exatamente, o que esperar do negócio.

Entendeu a importância de ter um bom sistema de gestão financeira dentro da sua clínica? Quer mais informações e dicas pertinentes a sua área? Aproveite para conhecer outros artigos de nosso blog e saiba mais sobre o assunto!