Compromissos que tenho com o meu CRM

Tempo de leitura: 3 minutos

Compromissos que tenho com o meu CRM

Todo profissional formado em medicina não sabe quando realizar uma consulta CRM e quais são seus compromissos junto ao conselho com o qual está afiliado. Pensando nisso, preparamos este artigo para ajudar você a compreender melhor quais são os compromissos e deveres que tem perante esta autarquia.

Consulta CRM: O conselho regional vai além disso?

Toda a população brasileira sabe que precisa ficar atenta aos profissionais de medicina e que devem constar sempre as informações relacionadas ao CRM do médico e o CRF. Mas será que a importância deste órgão vai além da consulta CRM?

A resposta é sim. Os Conselhos Regionais de Medicina são associações de classe, considerados também um braço do Estado e que mantém um olhar atento sobre a prática da medicina em cada região onde se encontra.

Eles são, portanto, autarquias da administração pública indireta e são autorizados por lei e também pelo Conselho Federal, para criarem métodos de receita juntamente aos profissionais. Estas receitas são conquistadas a partir de anuidades dos profissionais que, caso não as pagarem em dia, poderão sofrer sanções judiciais, negativação junto à Dívida Ativa da União e em casos mais graves, correm o risco até de perder o direito de exercer a profissão em todo o território nacional.

Pode-se dizer, portanto, que os Conselhos Regionais de Medicina são entidades que mantém um olhar atento à prática da medicina, repassando e fazendo valer as leis vigentes no país e também os códigos de conduta determinados pelo Conselho Federal de Medicina.

Ou seja, a importância do CRM tanto para os profissionais, como a sociedade como um todo é muito relevante e passa muito além de uma simples consulta CRM, já que garantem uma boa prática da medicina dentro dos estados e também buscam melhorias de condições, maior reconhecimento e proteção dos médicos.

Além da consulta CRM, quais são as obrigações dos profissionais junto ao órgão?

O profissional da medicina tem compromissos muito sérios com seu conselho regional, que vão muito além de uma simples consulta CRM.

Além do pagamento em dia da anuidade, todos os profissionais devem estar atentos à legislação vigente, de acordo com sua especialização. Outro compromisso com o CRM é seguir à risca todas as normas fiscalizadoras e regulamentadoras, bem como atuar sempre de acordo com o código de ética de sua profissão.

Cada CRM possui seu próprio conjunto de normas, regras e de ética. Portanto, cabe ao recém-formado procurar pelo CRM de sua região e verificar se tudo está de acordo.

É importante lembrar que o CRM tem como objetivo melhorar a prática da medicina para a sociedade e para os profissionais e por isso não deve ser visto jamais como um inimigo, mas sempre como um parceiro importante.

Porém caso o CRM perceber que algum membro profissional violou as normas e leis estabelecidas, tem todo o direito de aplicar sanções, multas ou até a suspensão do direito de trabalhar.

Gostou de saber mais sobre os compromissos com o CRM? Então acesse outros artigos e saiba tudo sobre o universo da medicina.