Diferença entre consultórios, clínicas e centros médicos

Tempo de leitura: 4 minutos

A diferença entre clínica, consultório e centro médico não é tão evidente para leigos e jovens profissionais. Muitos especialistas que desejam abrir uma empresa não sabem exatamente em qual tipo ela se enquadrará.

Este artigo tem o objetivo de definir esses empreendimentos, para evidenciar o que é comum a cada um. Assim, ao final do texto, ficarão claras as diferenças entre eles.

No entanto, o iMedicina é um software que se adapta aos dois tipos, independentemente de qual é o seu caso.

Somos especializados a auxiliar clínicas e consultórios em 3 pilares:

  1. Atendimento ao paciente: temos soluções de agendamento, controle financeiro, prontuário eletrônico e dezenas de outras ferramentas
  2. Relacionamento com seus pacientes: crie fluxos automatizados para cada situação que você desejar, para manter seus pacientes informados e próximos. Atendeu um paciente diabético? Seria legal se no dia seguinte ele recebesse um e-mail com tudo sobre a doença, concorda? Automatize isso e muito mais com o iMedicina
  3. Atração de novos pacientes para sua clínica: auxiliamos profissionais de saúde a conseguirem mais pacientes com auxílio de tecnologia. Criamos os sites mais fantásticos que você já viu, sistema de agendamento online pelo paciente, tudo integrado ao software.

Se quiser fazer um teste gratuito, clique aqui e mantenha seu consultório ou clínica com tecnologias de ponta focadas no seu paciente.

Bem… vamos às diferenças!

Consultório e clínica

Em um consultório, os médicos se dedicam ao atendimento do paciente. Em muitos casos, há também procedimentos médicos, mas isso não é uma regra. Como o nome indica, o objetivo está nas consultas.

Diversos profissionais podem dividir o espaço de um consultório para oferecer seus serviços de saúde. Embora estejam juntos na mesma estrutura, a atuação dos médicos é independente. Cada um possui uma carteira de pacientes e uma secretária. Até mesmo suas marcas e identidades visuais são diferentes.

Em relação aos custos, os profissionais dividem as despesas da estrutura, isto é, aquelas que dizem respeito a todos. Mas embora paguem em conjunto água, telefone, energia elétrica, os honorários não são divididos entre eles. A abertura de consultórios pode ser feita por pessoa física, ou seja, apenas pelo CPF.

A clínica se diferencia do consultório principalmente por não ter foco no atendimento. A estrutura desses estabelecimentos é maior e mais bem equipada. Mas isso não significa que não há atendimento de pacientes nesses ambientes.

A diferença consiste na multiplicidade de finalidades da clínica. Ela oferece outros procedimentos comuns da área médica, como exames, por exemplo. A sua estruturação está alheia à relação de médico e paciente.

Por essas razões, muitos definem uma clínica como um conjunto de consultórios. Embora não seja uma explicação exata, ela define muito bem esse tipo de estabelecimento. Mas, ao contrário dos consultórios, as clínicas são abertas através de um CNPJ.

Centro médico

Um centro médico abriga diversas instalações para oferecer serviços de saúde. Diferentemente de uma clínica ou de um consultório, um centro médico deve integrar necessariamente, mais de um serviço na mesma estrutura. Ou seja, enquanto clínicas possuem normalmente profissionais de uma especialidade, os centros médicos oferecem diversos especialistas, das mais variadas ramificações da medicina.

Mas, na prática, dificilmente você vê a diferença entre esse estabelecimento e uma clínica. Além disso, mesmo os centros médicos costumam utilizar os termos como se fossem sinônimos. Podemos dizer, então, como na definição anterior, que um centro médico é um conjunto de clínicas. Novamente, não é uma definição precisa, mas ajuda a esclarecer a diferença de uma maneira grosseira.

– Conclusão

Embora as diferenças sejam pequenas e difíceis de serem vistas, depois que compreendemos as finalidades de cada estabelecimento de saúde, elas ficam evidentes. Além de clínicas, consultórios e centros médicos, a área médica possui muitos outros pontos de atendimentos que também costumam confundir as pessoas.

Os postos de saúde, por exemplo, são unidades de assistência que costumam abrigar profissionais de nível médio e com médicos ao entorno. Diferem das unidades básicas de saúde, que, como o nome indica, oferecem apenas os serviços fundamentais.

Gostou do texto? Que tal ler este artigo sobre abrir uma clínica popular? Clique para ler.