É difícil modificar o sistema da minha clínica para agendamento online?

Tempo de leitura: 3 minutos

É difícil modificar o sistema da minha clínica para agendamento online?

Não, não é difícil adotar o recurso do agendamento online em sua clínica. Quando se trata de sistemas integrados, software de gestão e construção de identidade na internet, o mundo já passou de fase.

Esses elementos são de domínio das corporações e da sociedade. Há muitas pessoas e empresas trabalhando no sentido de oferecer soluções e suporte. Não se trata da última tecnologia, de algo novo e impactante, que só os “melhores” podem ter. As soluções estão ao alcance de todos e com o agendamento online não é diferente.

Tecnologia não é mais bicho papão

Ainda existe, é bem verdade, a crença de que a adoção de determinadas soluções tecnológicas gerará um impacto negativo nos custos. Não é verdade. Uma das razões para adotá-los está ligada exatamente ao controle e redução de custos.

Como isso acontece?

A partir do momento que as tarefas e processos são simplificados, trazendo economia de tempo, abrindo espaço para que os profissionais envolvidos executem mais tarefas, de forma simples, em um espaço menor de tempo.

Também não cabe mais o receio de que os novos processos não serão assimilados. Quando as Enterprise Resource Planning (ERPs) começaram a assombrar os empresários no final do século passado, grande parte do problema era encontrar profissionais familiarizados com a tecnologia. Hoje, qualquer pessoa convive com ela desde o berço.

É claro que recorrer ao agendamento online como parte da tática de atendimento aos pacientes pressupõe alguns passos anteriores. Não se está falando de um híbrido de trabalho manual com rotina automatizada. Não. É tudo automatizado mesmo, logo, quando se fala de agendamento online se fala de um sistema integrado.

Implantar o agendamento online não dói nada

Primeiramente, é preciso que o sistema de agendamento da clínica, em geral, esteja automatizado e que a clínica tenha um software, de preferência desenvolvido para a atividade médica. Para ficar mais claro: ao receber um atendimento telefônico de um cliente querendo marcar consulta, o recepcionista terá imediatamente em tela o acesso a um verdadeiro mapa, através do qual poderá identificar facilmente os horários disponíveis para cada especialidade e cada médico e proceder de forma simples o agendamento da visita.

A ideia do agendamento online é que o próprio cliente possa fazer o serviço, sem precisar usar o telefone, a qualquer hora do dia e de qualquer lugar. O paciente preenche os dados, escolhe o horário e ele mesmo agenda. A informação de que aquele horário já está ocupado imediatamente estará visível para todos que acessarem o sistema.

Em outras palavras, é trocar uma rotina mais trabalhosa por uma rotina mais simples. Só é preciso desenhar um novo modelo operacional para o atendimento, redesenhar os processos e treinar o pessoal. O outro passo é criar a identidade da clínica na internet. Não é uma coisa tão simples, porque envolve visão profissional de marketing. Por quê? O site deve estar alinhado com as estratégias da empresa. De qualquer modo, independentemente de qual seja a estratégia e de como o agendamento online interagirá com ela, esse recurso pode ser implementado imediatamente.

O investimento está muito aquém dos benefícios a serem obtidos e o cliente ficará feliz com a preocupação da clínica em facilitar sua vida.

Leia outros artigos sobre esse assunto em nosso blog. Confira!