Por que devo me vincular a diversos convênios em meu centro médico?

Tempo de leitura: 5 minutos

Por que devo me vincular a diversos convênios em meu centro médico?

Convênios representam novas e maiores oportunidades de crescimento no setor médico

Centros de saúde costumam reunir diversos profissionais de saúde com as mais variadas especialidades, e isso, por si só já é um grande atrativo para os pacientes, que certamente vão procurar o estabelecimento. É possível elevar ainda mais o número de atendimentos nos consultórios e garantir um maior rendimento para a empresa ao se credenciar a convênios de saúde.

O que é um convênio?

Convênios são parcerias entre consultórios, clínicas, laboratórios, hospitais e centros médicos com os planos de saúde. Desta forma, o plano lista e recomenda o estabelecimento em seus catálogos e guias, ao passo que a clínica se compromete a atender ao paciente por um preço especial, menor do que a consulta particular, e com o rendimento repassado diretamente pela empresa ou órgão responsável pelo convênio, e não pelo paciente.

Por que conveniar-se traz mais pacientes para a clínica? É simples. Ao precisar de atendimento, o paciente pensará sobre as opções que possui. Se tiver plano de saúde, vai recorrer ao plano e certamente vai procurar uma clínica conveniada. Se não tiver plano de saúde e não puder pagar por uma consulta particular, o paciente precisará do SUS, que também possui convênios com os estabelecimentos médicos.

Existem diversos convênios possíveis, e até mesmo o SUS é um convênio possível de ser realizado, apesar de pagar menos pelos serviços, consultas e atendimentos do que outros planos, mas é a garantia de constante demanda de trabalho. Na verdade, boa parte dos hospitais do Brasil, por exemplo, não é público. Uma parcela considerável é composta por estabelecimentos de saúde mantidos por fundações filantrópicas ou religiosas que, conveniadas ao SUS e outros planos, retiram seu sustento.

Além do SUS, existem outros planos públicos de saúde ao qual o Centro Médico pode se conveniar. Os governos estaduais e alguns governos municipais de grandes cidades possuem planos próprios de saúde voltados para seus servidores e colaboradores. Vale a pena ficar de olho também nos convênios públicos do seu respectivo estado.

Vale a pena me credenciar a vários convênios?

Vale. Quanto mais convênios a clínica ou Centro Médico for conveniado, maiores são as possibilidades de se conseguir mais atendimentos e, portanto, mais rendimento. Especialmente quando se tratam de planos de saúde, independentemente se públicos ou privados, é muito importante realizar uma boa quantidade de atendimentos para que parceria possa, de fato, ser rentável para o médico.

É interessante também se credenciar a planos tanto da iniciativa privada como ao SUS, mas é importante levar em conta também que o estabelecimento precisará fazer um bom balanceamento das consultas, serviços e atendimentos, para que nenhum paciente de qualquer um destes convênios acabe saindo prejudicado por ingerências do Centro Médico.

Um Centro Médico que reúna muitos profissionais de várias especialidades precisa ter organização e uma boa logística, e quando se credencia aos convênios, esse trabalho operacional tem que ser mais efetivo ainda. Afinal de contas, todos os rendimentos e detalhes especificados pelo contrato deverão ser levados em conta a todo momento. Especialmente no que diz respeito aos rendimentos, que estão condicionados às guias geradas por cada atendimento ou serviço que o estabelecimento realize. Uma má gestão desta documentação resulta em prejuízo certo para todo mundo, pois as administradoras de planos de saúde costumam ser burocráticas e morosas com relação a isso.

Credencia! Credencia!

Invista nos contatos e faça convênio com diversas empresas. Faça com a Unimed, com o Bradesco, com a Amil, com o SUS, com planos estaduais, faça convênio até mesmo com empresas locais ou regionais de planos de saúde, se credencie até mesmo a empresas de sua cidade para que seus funcionários sejam atendidos pelo seu Centro Médico. As oportunidades não faltam e com as parcerias, os ganhos só tendem a aumentar.

Para realizar os credenciamentos, acesse os portais dos planos, empresas e convênios. Leia muito bem o contrato proposto por eles para não cair em armadilhas e avalie se a parceria será frutífera e rentável para o Centro Médico. Nessas horas, o médico passa a ser mais administrador de empresas do que um profissional da saúde, especificamente. É a hora de olhar com uma visão de empresário. Cumpra com as exigências propostas e encaminhe a documentação solicitada.

Atenção: o Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (CNES) da clínica precisa estar regularizado. Acesse o DataSUS (cnes.datasus.gov.br) para saber a situação do cadastro de sua empresa. Se houver alguma pendência, sane o problema e procure a Secretaria Municipal de Saúde em caso de complicações neste processo.

Para ajudar na parte logística do dia a dia da profissão e, claro, também cuidar da agenda de atendimentos e dos convênios, use o software iMedicina! Utilizado por mais de 50 mil profissionais em todo o país, o iMedicina possui layout personalizável e prático, reduzindo cliques, economizando tempo e dinheiro. Saiba a agenda de todos os profissionais do Centro, e faça as alterações necessárias com segundos.

Acesse www.imedicina.com.br e saiba mais detalhes.