Entenda a importância de ser um residente no SUS

sus

A Residência Médica no SUS – Sistema Único de Saúde – ainda divide a opinião dos jovens formandos e até de profissionais mais experientes, mas aproveitar esta oportunidade pode ser um grande divisor de águas na carreira de um médico.

Apesar das carências de condições de trabalho, a residência nestes locais pode garantir mais qualidade de atendimento para a população, além de garantir uma visão real do cotidiano de hospitais e postos de saúde.

A importância de ser um residente no SUS pode ir além e garantir ao profissional uma experiência muito mais completa, deixando-o um médico mais seguro no futuro e com uma visão mais macro.

Por que vale a pena fazer residência no SUS?

Nos últimos anos, houve uma diminuição no interesse de profissionais pela área da medicina da família no SUS, causando deficiência ao atendimento a população e a dificuldade de preencher todas as vagas.

Segundo dados do Ministério da Saúde, mais de 80% de toda a necessidade da sociedade com relação à saúde está ligada a problemas que podem ser tratados e diagnosticados por médico da família. Por isso o aumento de profissionais nesta área se faz cada vez mais importante.

Mas mais do que fazer a diferença na sociedade e em todo o país, o estudante pode conquistar muitos benefícios para si mesmo ao aproveitar a oportunidade de fazer uma residência médica no SUS.

Afinal, o convívio diário com profissionais mais experientes em uma área tão completa e a proximidade de tantas situações diferenciadas pode garantir ao profissional uma visão mais ampla, garantindo no futuro, um atendimento mais completo, mais seguro e muito mais certeiro. E este benefício pode ser conquistado independentemente da área na qual o jovem médico pretende atuar.

Formar profissionais responsáveis, compromissados com as necessidades da população e que conheçam mais a fundo o exercício da medicina é algo que garante benefícios para todo o país, já que proporciona melhores condições de vida.

Desafios que a residência no SUS precisa vencer

Apesar dos benefícios que o profissional de medicina e a sociedade podem conquistar com a residência de mais jovens médicos no SUS, ainda há muitos desafios a serem vencidos, para que esta atividade realmente valha a pena em longo prazo.

Apesar de ser uma prática que é utilizada em diversos países com sucesso, é preciso haver um investimento profundo e alto tanto na formação destes médicos para prepará-los para este momento, quanto na melhoria de infraestrutura e condições de trabalho.

Em muitos locais, os residentes não contam com uma equipe suficiente para garantir sua formação total e são obrigados a cumprir cargas horárias exaustivas, sem que nada realmente efetivo possa ser feito. Desta forma, nem a população nem os profissionais são beneficiados.

A medicina da saúde é sem dúvidas uma das áreas mais deficitárias em nosso país, e quanto mais profissionais se dedicarem a atuar nela, melhor será a qualidade de vida da população como um todo.

Mas para isso é preciso fazer um trabalho de análise no SUS como um todo e garantir que os estudantes possam encontrar locais de trabalho que garantam um atendimento realmente de qualidade e uma formação mais completa.

Gostou deste artigo? Então continue lendo mais conteúdos como este aqui em nosso site.

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.