Se inspire nos melhores centros clínicos do Brasil!

Tempo de leitura: 3 minutos

Se inspire nos melhores centros clínicos do Brasil!

O Brasil possui grandes centros médicos que são considerados referências na área da saúde, atuando em diversos segmentos como hospitais, clínicas particulares e policlínicas públicas. Por serem responsáveis por tratamentos complexos que não são encontrados em postos de saúde, como neurologia e cardiologia, os centros clínicos recebem pacientes de todas as regiões, encaminhados por postos de saúde ou hospitais públicos.

1- Hospital do Rim e Hipertensão

O hospital foi aberto em 1998 em São Paulo. Inicialmente administrado pela UNIFESP, foi depois nomeado Fundação Oswaldo Ramos. O hospital é referência pelo atendimento a pacientes para tratamento de doenças de origem cardiovascular e renal como transplante renal, nefrites, nefroses, transplante de pâncreas, diálise, hemodiálise, entre outras.

Atua há mais de 10 anos no tratamento dessas doenças com excelência, sendo o hospital com maior número de transplantes de rins. O grupo consiste em 110 centros clínicos, 147 leitos, 4 salas de cirurgia e 16 leitos de UTI.

2 – Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octávio Frias de Oliveira (Icesp)

Inaugurado em 2008 em São Paulo, este centro clínico é reconhecido como referência, sendo o maior e mais importante centro médico hospitalar da América Latina. Inicialmente projetado para atender apenas ao público feminino, mas com a alta demanda de casos de câncer no país, o instituto estendeu a sua atuação.

Está construído em uma área de 84.000 m², com 112 metros de altura e 28 pavimentos. Realiza tratamentos em: anatomia patológica, anestesia cardiointensivista e anestesiologista, quimioterapia, transfusão, hemodiálise e hemoderivados, cirurgia oncológica digestiva, cirurgia Torácica, endoscopia, ginecologia oncológica, uro-oncologia , citoscopia, infectologia e mastologia.

3- Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti (Caism/Unicamp)

Inaugurado em 1968 em Campinas, o hospital foi idealizado para atender ao público feminino, especializando-se no tratamento de doenças relacionadas a mulher, ao parto e também aos cuidados do recém-nascido. O hospital atende também emergência, atendendo exclusivamente o SUS, prestando neste centro clínico total assistência multiprofissional e interdisciplinar.

A sua estrutura é 15 mil m². Tem 142 leitos. Possui especialidades em obstetrícia, neonatologia, ginecologia, oncologia ginecológica e mastologia. Segundo dados do próprio hospital já foram atendidos uma média de 250 partos e cerca de 7.000 consultas mensais. Sua equipe é de 1.200 profissionais de excelência, sendo apontado, consecutivamente, desde 2009, como uma das melhores maternidades do Estado de São Paulo.

4 – Hospital Israelita Albert Einstein

Inaugurado em 1955, o hospital é reconhecidamente referência pelo tratamento de doenças de alta complexidade em oncologia, neurologia e ortopedia. Sua equipe profissional conta com 8.655 funcionários. Sua estrutura contempla 12 unidades básicas de saúde e um prédio principal, com cerca de 70 mil m², 16 andares, 20 salas para cirurgias, e 200 consultórios.

Mesmo sendo um hospital privado, o Albert Einstein possui um projeto de responsabilidade social que realiza anualmente cerca de 1.907 cirurgias pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com 219.585 atendimentos em pronto-socorro na cidade de São Paulo. Esses centros médicos são grandes exemplos de motivação para profissionais da saúde, não apenas pelas suas histórias como pelas suas contribuições à sociedade.

Você encontrará esse e outros artigos sobre o assunto em nosso blog. Visite-nos!