Vantagens de se trabalhar em um centro médico

Tempo de leitura: 5 minutos

Vantagens de se trabalhar em um centro médico

Um centro médico é um complexo integrado de serviços médicos oferecidos em uma mesma estrutura, que abriga diversas especialidades, podendo proporcionar ao paciente consultas, exames e análise laboratorial.

Do ponto de vista do paciente, esse tipo de serviço oferece maior comodidade e agilidade nos processos de atendimento, diagnóstico e tratamento. Além disso, é preciso levar em conta o conforto. Por mais confortável que seja um consultório, ele será sempre um consultório, uma sala fechada onde o cliente espera pacientemente o momento de ser atendido. Num centro médico, que pode ter a estrutura semelhante a de um hospital ou uma clínica, o paciente e acompanhantes podem até ter que aguardar a consulta ou exame, mas há uma maior liberdade. Há casos em que os centros médicos dispõem de lanchonetes.

Além disso, por ser uma estrutura empresarial, a tendência é que os gestores do centro médico se preocupem com a qualidade do serviço oferecido. É comum um centro médico oferecer treinamento e reciclagem a seus profissionais, a partir do momento em que existe a busca por um padrão de excelência e competitividade pela preferência dos clientes.

E para os médicos? Quais as vantagens?

Essa busca por excelência é um dos fatores que contribuem para transformar o centro médico em uma ótima oportunidade para quem busca desenvolvimento profissional de qualidade.

A preocupação em oferecer os melhores serviços leva essas empresas a investirem no desenvolvimento de seus profissionais. Como foi dito, é comum oferecerem cursos, treinamentos e outras formas de desenvolvimento profissional.

Cada centro médico quer se fazer diferenciar por possuir os melhores equipamentos, a tecnologia mais avançada, o melhor atendimento e, claro, os melhores profissionais. Sem dúvida, ter trabalhado em um centro médico conceituado é uma marca positiva no currículo.

Networking

Ainda na esfera do desenvolvimento profissional, trabalhar num centro médico permite que o profissional tenha convivência com outros profissionais da sua e de outras especialidades, o que, sem dúvida alguma, contribui para o desenvolvimento profissional.

Além disso, como em qualquer área profissional, a oportunidade de desenvolver um bom networking é muito bem-vinda. O contato permanente com outros profissionais de saúde, gestores e até profissionais de outras áreas pode ser a porta para grandes oportunidades futuras.

Não há nada que substitua o profissionalismo e o investimento em aprendizado permanente, mas desenvolver uma boa rede de relacionamentos pode ser a diferença entre o caminho mais longo e o caminho mais curto para se chegar aos objetivos.

Estrutura compartilhada e tempo

Para os médicos, particularmente, há uma série de fatores que diferencia a experiência de trabalhar num centro médico e montar um consultório, não que não deva ser a segunda hipótese objeto de desejo, havendo, claro, as devidas condições.

Atuando como colaborador, terá um consultório à disposição e salário no final do mês. Pode até não ser o patamar financeiro sonhado, mas há tempo para isso e desenvolvimento profissional é tudo. A experiência de hoje favorece a iniciativa de amanhã.

Os fatores tempo e qualidade de vida, sem dúvida alguma, são benefícios a serem considerados. Num centro médico, o profissional cuida apenas de sua atividade fim, que é atender, diagnosticar e tratar pacientes. Ao montar um consultório, as tarefas se multiplicam. Ele se tornará um gestor, com a responsabilidade de prover intelectualmente demandas alheias ao exercício da medicina. É preciso administrar a carteira de clientes, cuidar da qualidade do atendimento, lidar com fornecedores, cuidar de pequenas questões administrativas e ainda pagar a recepcionista. No mundo dominado pelos convênios, isso pode ser sufocante e pouco lucrativo.

Ter um consultório médico é como ter o próprio negócio em qualquer segmento econômico. Exige dedicação e mais dedicação. Não que trabalhar num centro médico não exija dedicação. Exige, mas é possível se dedicar mais ao desenvolvimento das habilidades profissionais e até ter um tempo livre, como “trabalhadores comuns”, para o lazer, a família e os amigos.

Voltando à estrutura, um centro médico oferece ao profissional sem custo ou esforço tudo que ele precisaria adquirir e administrar, como o consultório, material de escritório, mobília, software de gestão, operação do software, agenda, limpeza, esterilização, relacionamento com convênios médicos, gestão financeira, recepção e acompanhamento do paciente.

O centro médico, além de prover toda essa estrutura compartilhada por todo o quadro profissional, ainda pode disponibilizar, dependendo do porte, exames laboratoriais integrados, agilizando o atendimento, o diagnóstico e o tratamento dos pacientes.

Conclusão

Trabalhar em um centro médico pode ser uma escolha. Pode ser uma alternativa temporária. Cada um estabelece as próprias metas para a vida profissional e pessoal. Independente de qual seja a escolha, trabalhar em um ambiente de busca de alta performance profissional, de desenvolvimento e competição por mercado, pode significar mais que simplesmente desenvolver as próprias aptidões profissionais, criar casca, vivência, experiência, para empreender voos mais altos no futuro.

Num ambiente altamente competitivo, onde nem sempre a rentabilidade está à altura daquela promessa dos tempos de faculdade, em que o desenvolvimento tecnológico impõe desafios ao empreendedor, quanto mais experiência, mais vivência acumulada e atenção a tudo que envolve o processo do atendimento médico, maior pode ser a possibilidade de sucesso no momento de dar um passo maior e ser dono do seu próprio consultório, ou, quem sabe, de sua própria clínica ou centro médico.

Leia outros textos sobre o assunto em nosso blog.