8 Principais Dúvidas Sobre Software Médico

Software Médico

A contratação de um software médico é um processo que deve ser levado à sério, pois a escolha por uma ferramenta que não atenda às suas necessidades trará muita dor de cabeça. Por isso, é importante solicitar ao fornecedor as respostas para todas as dúvidas que surjam.

Neste sentido, para facilitar a sua tomada de decisão, preparamos uma lista com as oito perguntas mais comuns sobre a utilização e implementação deste sistema.

1) O que é um software médico?

Trata-se de um programa desenvolvido para suprir as demandas diárias de um consultório médico, tais como, controle financeiro, gestão de clientes e funcionários, prontuário eletrônico, agendamento de consulta e comunicação com os pacientes.

Além desses recursos, os principais softwares do mercado também dispõem de ferramentas para a criação de estratégias de marketing que contribuem para atrair novos pacientes e fidelizar aqueles que já utilizam os seus serviços.

Embora tenha sido uma solução muito eficaz durante muitos anos, a utilização de documentação física, em papel, deixou de ser uma prática comum após o desenvolvimento destes sistemas.

Ainda, com uma clínica informatizada, a rotina da equipe é facilitada, aumentando a produtividade e melhorando o faturamento. Outrossim, estas ferramentas oferecem um armazenamento de dados mais seguro do que os prontuários impressos.

Ademais, para que você tenha uma ideia dos benefícios oferecidos por um software  médico,  os consultórios que optam pela sua implantação passam a ter a integração das seguintes funções:

  • agendamento online;
  • relatórios financeiros automatizados;
  • envio para o cliente de confirmação de consultas e outras comunicações estratégicas;
  • guarda de todo o histórico de saúde do paciente;
  • compartilhamento de prontuários entre profissionais de saúde;
  • pré-cadastro de medicamentos;
  • armazenamento seguro de todos os dados dos pacientes.

2) Por que eu deveria utilizar um software médico?

A resposta para esta pergunta depende do seu interesse em otimizar a gestão administrativa do seu negócio, facilitar a rotina da clínica e melhorar o atendimento para os seus clientes. Caso alguma destas metas estejam nos seus planos, você precisa de um software médico.

Ainda, empresas de diversos segmentos estão passando pelo processo de transformação digital, informatizando seus sistemas para se adequar a nova realidade tecnológica do mundo. 

No setor de saúde não é diferente.

Por isso, é provável que o seu principal concorrente já esteja colhendo os frutos da implantação destes sistemas. Outro motivo para informatizar a sua clínica é a possibilidade de obter um controle financeiro atualizado e de fácil entendimento.

Ademais, se você ainda utiliza prontuários em papel, provavelmente necessita de móveis específicos para arquivar toda a documentação de cada paciente. Com um software, é possível digitalizar, eliminar toda a papelada e liberar espaço físico no consultório.

3) É preciso ter infraestrutura especial?

No que diz respeito a infraestrutura física, a resposta é não. Isso porque o único espaço a ser ocupado será pelo computador que, provavelmente, já existe na clínica. Como todo o armazenamento de dados é virtual, não se faz necessário dispor de estrutura.

Embora seja um recurso disponível em quase todos as empresas, a internet é o único requisito para que um software médico funcione integralmente. No caso dos computadores, a maioria dos equipamentos recentes têm o perfil necessário para a utilização dos sistemas.

4) É preciso treinamento?

Depende. Isso porque cada ferramenta é desenvolvida de maneira diferente. Quando possuem uma interface amigável e intuitiva, o processo de aprendizagem é rápido e nem sempre é preciso passar por um treinamento específico.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Entretanto, a tarefa mais complexa é a implantação do sistema e a integração das aplicações. Geralmente, o fornecedor dispõe de técnicos para realizar esse procedimento.

Ainda, um dos principais desafios está em aprender a gerir o consultório a partir dos recursos oferecidos no software, pois exige um acompanhamento ativo e um bom planejamento administrativo.

Apesar de tudo isso, existem casos em que os usuários não estão familiarizados com a tecnologia e enfrentam dificuldades para realizar suas tarefas. Nestas situações, o treinamento se faz necessário.

5) Como é feito o treinamento?

Quando há a necessidade de treinar os usuários, a maioria dos fornecedores conta com um suporte técnico que está pronto a ensinar e a tirar todas as dúvidas sobre o uso da ferramenta e suas configurações.

Ademais, os melhores softwares dispõem de uma biblioteca de conteúdos para facilitar a aprendizagem do cliente. Quando eles não são suficientes, o suporte pode ser acionado para resolver o problema. Na maioria dos casos, as empresas não oferecem treinamento presencial.

6) Quanto custa?

Infelizmente, não há uma resposta única para esta pergunta. Os custos não são padronizados e variam de acordo com o fornecedor. Em alguns casos, quanto mais recursos são desejados, maior será o investimento a ser realizado.

Contudo, os principais softwares médicos do mercado disponibilizam uma versão gratuita do seu sistema. Isso mesmo, você pode informatizar o seu consultório sem pagar pelo acesso à ferramenta.

Ainda, é importante lembrar que é bem provável que algumas funções não estejam liberadas na versão gratuita da aplicação e que, na maioria dos casos, este teste é liberado por um período determinado.

Porém, contrariando o padrão do mercado, alguns softwares oferecem, de fato, um versão sem custo e sem prazo de expiração, como, por exemplo, o sistema iMedicina.

7) Existem quais tipos de risco?

No que diz respeito aos softwares, os riscos são mínimos. Quando baseados na nuvem, o nível de segurança das informações é alto e, geralmente, está sob responsabilidade de grandes empresas do setor de TI, como a AWS da Amazon.

Outro ponto que costuma levantar muitas dúvidas é a possibilidade dos documentos eletrônicos serem fraudados. Esta situação dificilmente ocorrerá, pois, o Conselho Federal de Medicina (CFM) exige que as receitas e as guias de exame sejam assinadas digitalmente.

Entretanto, quando um consultório não está informatizado, ele está exposto a vários riscos, como, por exemplo:

  • anotações e documentos em papel podem ser facilmente perdidos ou danificados;
  • falta ou dificuldade em manter a gestão do consultório, abrindo brechas para problemas financeiros;
  • desorganização das informações dos pacientes, o que pode impactar no atendimento e fazer com que o cliente perca a confiança no profissional de saúde;
  • passar uma imagem de consultório antiquado.

Quais as vantagens?

No decorrer deste artigo, você já conheceu diversas vantagens no uso de um software médico, principalmente quando comparado ao uso de documentos e anotações em papel. No entanto,  vamos relembrar quais são os principais benefícios:

  • o agendamento online permite um atendimento mais ágil e otimizado, pois o paciente pode fazer a marcação em qualquer hora e dia da semana;
  • centralização das informações, facilitando a busca por informações do paciente;
  • acompanhamento em tempo real das finanças e das métricas de atendimento do consultório;
  • atração e fidelização de clientes a partir da reunião de dados que permitam conhecer os perfis deles;
  • acesso aos prontuários e gerenciamento da clínica pode ser feito de qualquer hora e lugar, precisando apenas estar conectado à internet.

Portanto, após a leitura deste post ficou fácil perceber o quão benéfico pode ser implantar um software médico na sua clínica. Provavelmente, você também já sanou todas as suas dúvidas sobre a necessidade em utilizar a ferramenta.

Então, não perca tempo, faça um teste gratuito de algum dos principais sistemas do mercado, como, por exemplo, o iMedicina. Assim, você estará seguro, com a certeza de que está fazendo a escolha mais inteligente.

Cadastre-se e comece a usar o software do iMedicina gratuitamente, sem pegadinhas.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: