Esqueça tudo o que sabe sobre software médico: conheça a alternativa nesse guia!

software médico

Atualmente, a tecnologia sempre aparece como a solução para a maioria dos problemas que as empresas enfrentam. E no caso dos consultórios, por exemplo, essa tecnologia aparece através do software médico, o sistema que realmente permite colocar “ordem na casa”, digamos. Através de seus recursos completamente úteis, esses sistemas melhoram o atendimento, facilitam o armazenamento de informações relacionadas ao paciente e agilizam os processos internos de um consultório ou clínica.

Esses e muitos outros benefícios surgem a partir do momento que você implementa um software médico em seu consultório, passando a economizar tempo e, principalmente, dinheiro. Logo de imediato, o consultório passa a ter:

  • Maior segurança dos dados do paciente e do consultório;
  • Mais agilidade na busca de informações específicas;
  • Integração com outras áreas do consultório;
  • Melhor controle do histórico médico dos pacientes.

São, definitivamente, softwares completamente vantajosos para qualquer consultório.

No entanto, ao escolher um software médico, muitas vezes os profissionais de saúde optam por sistemas comuns e se esquecem de mensurar o quão realmente benéfico o sistema em questão será para o consultório. A verdade é que, em anos de pesquisa em nossa área, descobrimos que apenas um software de prontuário eletrônico não vai resolver os seus problemas. Você precisa de um sistema que simplifique as tarefas diárias e que, principalmente, entregue resultados satisfatórios no final de cada dia.

Você pode até pensar que já sabe tudo sobre software médico, pois leu diversos posts espalhados na Internet e já se informou sobre tudo e também já conhece as principais funções que um bom sistema para clínicas e consultórios deve ter. Talvez você iniciou a leitura deste post pensando que vai ser só mais do mesmo. No entanto, trate de mudar esse seu pensamento, pois o post de hoje vai fazer você esquecer tudo o que sabe sobre software médico e mudar a forma como você enxerga os sistemas médicos.

Vamos por partes! Então, primeiro nós vamos lhe mostrar algumas coisas que descobrimos ao longo não só de pesquisas, mas também de experiências com profissionais da saúde e seus sistemas para clínicas. Vamos lá?

1. O sistema de gestão em papel é mais rápido e mais prático do que muitos sistemas médicos disponíveis no mercado

Não, você não leu errado! Se você veio aqui crendo que íamos exaltar os sistemas médicos do mercado, esta é, sem dúvidas, uma afirmação muito dura de encarar.

É muito dura de encarar pelo fato de que os sistemas de prontuário eletrônico vieram para facilitar as nossas vidas, digitalizando qualquer tipo de informação, eliminando assim toda a papelada comum de um consultório. Mas se esses sistemas vieram para facilitar as nossas vidas, como que a gestão baseada em papel continua sendo mais rápida e prática? Como dissemos no início do post, vamos por partes…

Antes dos softwares médicos, organizar a papelada de um consultório era realmente difícil e cansativo. Quando um paciente antigo retornava ao consultório médico ou clínica, era uma dificuldade danada para localizar sua ficha e seu histórico médico, afinal, no meio de tanta papelada mal organizada, realmente fica difícil, não é?

E com o surgimento dos softwares médicos, a principal promessa era eliminar toda essa papelada a fim de economizar tempo. No entanto, se pararmos para contabilizar o tempo que um profissional gastava com toda a papelada com o tempo que alguns sistemas médicos tomam do profissional, podemos concluir que esses softwares consomem até mais tempo do que a antiga gestão baseada em papel.

Telas pouco intuitivas, dezenas de campos obrigatórios a serem preenchidos e funções complicadíssimas de se utilizar são os grandes responsáveis por tomar esse tempo.

Obviamente, é bem triste, mas ao mesmo tempo é uma constatação que deixa bem claro o quanto que um software médico comum pode complicar ainda mais a sua vida.

2. Sistemas médicos, normalmente, não são desenvolvidos por médicos

Esse é um pensamento muito comum quando se trata de sistemas médicos, mas é, com certeza, um pensamento correto, afinal, é óbvio que os médicos não entendem de programação. É claro que, por trás de um software médico, na verdade por trás de qualquer software disponível atualmente, sempre haverá programados envolvidos.

No entanto, fato de desenvolver um software para consultórios sem a participação de um profissional da saúde é o grande problema aqui. Quem melhor do que o próprio médico para dizer o que ele realmente precisa em um software? Pode até parecer besteira, mas ter um médico participando da construção de um sistema de gestão médica resultará em um sistema incrível que oferecerá a melhor experiência possível.

Se você pudesse desenvolver o seu próprio software médico agora, você adicionaria a ele tudo o que você realmente iria precisar, não é? Temos certeza de que ele iria lhe beneficiar mais do que qualquer outro software disponível no mercado, afinal, você conhece as suas necessidades e quais os problemas você enfrenta diariamente.

Por isso, é extremamente importante que um médico participe do desenvolvimento de um software que, posteriormente, será utilizado por muitos outros médicos.

3. Alguns softwares complicam a sua rotina ao invés de facilitá-la

Agilizar os processos e eliminar a desorganização é uma das principais promessas que os desenvolvedores amam ressaltar quando o assunto são seus softwares médicos. No entanto, na prática as coisas não funcionam bem assim…

Alguns softwares já vêm com suas configurações pré-definidas, ou seja, você não consegue alterá-las facilmente e, em alguns casos, não há possibilidade de alterá-las. Em alguns sistemas de prontuário eletrônico você não consegue escolher qual campo preencher, pois o sistema lhe obriga a preencher TUDO, até mesmo o desnecessário.

Isso resulta em longos minutos preenchendo campos que no sistema de gestão em papel, por exemplo, você simplesmente ignoraria. Agora, imagine repetir isso toda vez que você for atender um novo paciente? Sem dúvidas, essas ações irritantes iriam consumir grande parte do seu tempo, resultando em um problemão no final do mês.

Além disso, por alguma razão desconhecida, alguns sistemas médicos bloqueiam determinadas ações em suas agendas, como agendar dois pacientes no mesmo horário, por exemplo. Novamente, pode parecer algo bobo e que não faz muito sentido para os programadores, mas que para nós é extremamente necessário.

3 áreas em que o software médico pode lhe ajudar que você não sabia

Quando se fala em software médico, naturalmente o primeiro pensamento a vir à mente é um programa que digitaliza documentos e informações, possibilitando assim maior segurança de informações e aumento da produtividade em um consultório. É claro que, isso não deixa de ser verdade. No entanto, com o avanço da tecnologia, hoje é possível encontrar softwares médicos que auxiliam em diversas outras áreas.

Agora que você já viu que um software médico comum é mais lento do que o sistema de gestão em papel, que normalmente é desenvolvido sem a participação de um médico e que também complica a sua rotina ao invés de facilitá-la, iremos lhe mostrar as 3 áreas em que o software médico pode lhe ajudar que você nem imaginava, áreas as quais um software médico comum NÃO pode te ajudar, obviamente.

1. Marketing Digital

Independentemente da sua área de atuação, grande parte do tempo você está desempenhando suas funções, o que consequentemente lhe impede de investir no futuro do seu consultório médico: estamos falando do marketing digital.

O marketing digital é uma das melhores estratégias de marketing para atrair mais pacientes para a sua clínica e, consequentemente, dobrar o seu faturamento.

E sim, um software médico pode ajudá-lo a criar uma estratégia de marketing digital do zero para o seu consultório! No mercado de software médico, existem alguns sistemas que oferecem o recurso de módulo de marketing, bem como cursos para que você entenda perfeitamente a estratégia para executá-la com excelência.

Quando integrado ao módulo de marketing, um software médico permite de um jeito simples e rápido criar um site médico e um blog para o seu consultório, ajudando-a a executar a estratégia a fim de criar conteúdo de qualidade que atraia, conquiste e retenha. Tudo isso através de um recurso no mesmo software que você armazena o histórico médico dos seus pacientes, as informações do seu consultório, etc.

2. Relacionamento Com o Paciente

Recursos para melhorar a relação entre o médico e o paciente já estão disponíveis em softwares médicos mais completos, recurso o qual é inexistente em sistemas comuns.

Através dos sistemas mais modernos, você pode enviar de forma automática lembretes via SMS ou e-mails para os seus pacientes. Você pode utilizar ambas as ferramentas para lembrar seus pacientes de suas respectivas consultas ou até mesmo para criar um bom relacionamento através de mensagens em ocasiões especiais, como no aniversário de cada um deles, Natal ou festas de fim de ano. São atitudes simples, mas que mostram o quão seu consultório se importa com cada um de seus pacientes. E você sabe o quão os seus pacientes gostam de se sentirem especiais, não é?

Você ainda pode utilizar ambas as ferramentas para melhorar o relacionamento no pós-consulta, enviando e-mails ou SMS após a consulta, lembrando os pacientes sobre os procedimentos recomendados e reforçando a importância do retorno do paciente.

3. Gestão Financeira

Manter a gestão financeira em dia deve ser prioridade em qualquer negócio e não seria diferente em seu consultório médico. No entanto, devido à correria do dia a dia de um médico, talvez você não consiga dar a devida atenção para as finanças do seu consultório. Entretanto, não manter o controle financeiro pode afetar diretamente no crescimento do seu consultório e, além disso, impedi-lo de atrair mais pacientes.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

A boa notícia é que os softwares médicos modernos agora também oferecem um módulo financeiro integrado a agenda médica, o que facilita bastante a gestão financeira, especialmente por conta da automatização do fluxo de caixa e livro caixa.

Uma vez que você finalizar uma consulta e der OK na agenda médica do software, o valor referente a consulta é lançado automaticamente no fluxo de caixa, facilitando assim o seu controle financeiro e evitando que valores imprecisos sejam lançados.

Um software médico pode, definitivamente, lhe ajudar na hora de registrar e acessar os dados financeiros do seu consultório. Com isso, o controle das suas finanças fica em dias, permitindo assim que você tome decisões com base em informações atualizadas.

Com certeza, você não fazia ideia de que recursos como estes hoje podem ser encontrados em um software médico moderno, não é? Portanto, ao invés de escolher qualquer software por aí, opte por sistemas que ofereçam esses recursos, os quais vão lhe ajudar a gerir melhor o seu consultório e alcançar o tão sonhado sucesso.

O que exatamente um software médico precisa ter para ser considerado um sistema de gestão médica moderno e completo?

Um software médico moderno e completo não é necessariamente aquele sistema que oferece o módulo de marketing, módulo financeiro e ferramenta de e-mail marketing e lembretes via SMS. Para ser considerado moderno e completo, ele deve ir muito além disso. Então, o que um software médico realmente precisa ter?

1. Usabilidade

Interface simples, telas de fácil navegação e menus autoexplicativos. Quanto menos cliques você precisar dar no software para alternar entre uma função e outra, mais prática será a sua gestão. Muita informação na tela e interface confusa significam muitos cliques, o que pode aumentar o tempo para realizar uma simples tarefa.

Quanto mais simples for a interface do seu software, mais rápido você aprenderá a utilizar o sistema, otimizando assim os processos do seu consultório em pouco tempo.

2. Armazenamento em Nuvem

Se você adota um software médico off-line, o qual é instalado no computador do seu consultório através de um CD, como qualquer outro software, você está regredindo. Se você utiliza um sistema médico local no computador do seu consultório, isso significa que, quando você precisar acessar alguma informação sobre o consultório ou sobre um paciente em específico, você terá que se deslocar até o seu consultório médico.

Portanto, para evitar esse vai e vem, você deve optar por um software de gestão médica baseado na Web (nuvem), o qual lhe permitirá acessar o sistema a qualquer hora e de qualquer lugar – basta apenas estar conectado à Internet. Os seus dados e informações não ficarão mais presos no computador do seu consultório. Com um software médico na nuvem, eles sempre estão disponíveis para acesso remoto.

Além disso, o sistema de armazenamento em nuvem garante que os seus dados e informações estejam completamente em segurança, tanto através da tecnologia de criptografia – utilizada em bancos – quanto dos backups realizados diariamente.

3. Estatísticas Inteligentes

Sem um software médico que ofereça estatísticas inteligentes, você terá que analisar prontuário por prontuário a fim de acompanhar alguns dados, como a evolução de sintomas e diagnósticos, por exemplo. Já com um software de gestão médica que oferece estatísticas inteligentes, as informações são atualizadas automaticamente após serem inseridas no prontuário eletrônico, o que facilita o acompanhamento.

Além disso, com o recurso de estatísticas, você consegue obter outras informações, como taxa de faltas, quantidade de pacientes conveniados e particulares, idade média dos seus pacientes, bem como problemas de saúde que mais aparecem nas consultas.

Enfim, agora que você já sabe as áreas em que um software médico pode lhe ajudar além da gestão administrativa, bem como o que um sistema médico precisa ter para ser considerado moderno e completo, chegou a hora de lhe apresentarmos a verdadeira alternativa ao software médico comum! Acompanhe-nos agora!

Esqueça o Software Médico Comum e Conheça Agora o iMedicina!

Existem muitas opções de softwares médicos no mercado, alguns mais simples, outros gratuitos e os com mensalidade. Cada um se promove de uma maneira diferente, mas uma característica bem comum entre eles é o foco pesado nas funcionalidades. A maioria dos desenvolvedores promove seus sistemas como soluções inovadoras, mas o que realmente vemos na prática são sistemas diferentes, só que com os mesmos recursos.

Quando decidimos desenvolver o iMedicina – nosso software médico –, nós optamos por seguir um caminho diferente. Com um médico na equipe auxiliando no desenvolvimento do software e mais de 40 mil profissionais de saúde colaborando com nossas pesquisas, percebemos que o mercado de software médico é manchado, especialmente pelo fato de que os profissionais se deparam com sistemas iguais.

Por conta disso, estabelecemos que o nosso software médico seria realmente um sistema inovador e completo. É claro que, também oferecemos os recursos padrões que você encontra nos outros softwares médicos, como o prontuário eletrônico, por exemplo. No entanto, a diferença é que, além desses recursos, nós oferecemos recursos complementares exclusivos, os quais você só encontra no iMedicina.

Acreditamos que o que realmente conquistou nossos clientes foi o fato de desenvolver um software médico com a participação de um médico. Isso nos possibilitou criar para o iMedicina recursos completamente úteis para a sua profissão, recursos os quais otimizam seus processos, automatizam tarefas e facilitam o seu gerenciamento.

Um Software Médico Para a Gestão do seu Consultório!

O iMedicina é um software que vai além da ferramenta de prontuário eletrônico. Isso por que entendemos que o atendimento é apenas umas das preocupações do seu dia-a-dia. A rotina do consultório envolve agendamento de consultas, gestão financeira e administrativa, cadastro de novos pacientes, gestão de funcionários e muito mais!

Um software completo, como o iMedicina, precisa auxiliar em cada uma dessas áreas.

Além do nosso sistema de agendamento online e módulo financeiro, o iMedicina oferece o recurso de gerenciador de tarefas, local onde você pode gerenciar os seus funcionários, adicionando tarefas no sistema e atribuindo-as aos seus respectivos responsáveis, além de acompanhar o andamento de cada uma delas em tempo real.

Agenda Médica Integrada ao Sistema de Agendamento

Nas pesquisas realizadas com nossa base de clientes, descobrimos que um dos maiores problemas dos consultórios médicos e clínicas é com o agendamento de consultas. Entre as situações mais comuns, as maiores reclamações giraram em torno de softwares pouco intuitivos que dificultavam e muito incluir ou excluir agendamentos.

Por isso, uma das nossas prioridades foi desenvolver um módulo de agendamento bem simples, intuitivo e flexível. No iMedicina, você agenda suas consultas com poucos cliques, arrasta uma consulta para um dia e/ou horário diferente, aumenta ou diminui a duração das consultas e muito mais. É, definitivamente, um recurso fácil de usar que organizará da melhor forma possível os seus compromissos com os seus pacientes.

Atendimento e Suporte de Qualidade

Dentro do iMedicina, possuímos uma base educacional com mais de 30 tutoriais em vídeo para lhe ajudar a conhecer melhor o nosso software de gestão médica. Além disso, contamos com uma equipe de suporte treinada para lhe atender da melhor maneira possível e, principalmente, o mais rápido possível. Você poderá conversar diretamente com os nossos consultores e informar suas dúvidas e dificuldades.

Controle Financeiro

Com o Medical CashFlow do iMedicina, você poderá realizar a gestão financeira do seu consultório de forma simples e bem prática. Assim que uma consulta for finalizada e você der Ok no sistema, o valor referente a ela será lançado automaticamente no fluxo de caixa. Além disso, você também poderá cadastrar no sistema as suas despesas. Ao cadastrar os valores, o iMedicina faz o seu fluxo de caixa de forma automática.

Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP)

Você já reparou que alguns softwares exigem que alguns campos desnecessários do prontuário eletrônico sejam preenchidos? Não seria melhor se você pudesse escolher quais campos preencher? Pois é, nós também pensamos assim!

O prontuário eletrônico do iMedicina aposta que menos é mais. Menos cliques, menos campos e nada de campos obrigatórios, Você escolhe o que quer preencher, o que resulta em mais tempo, tempo o qual você pode dedicar a outras tarefas.

E aí, está esperando o que? Conheça o iMedicina!

Como você já deve ter notado, o iMedicina é diferente de qualquer outro software médico comum. Não somos apenas um sistema que organizará os seus papeis. Nós vamos muito além disso! Oferecemos em nosso sistema tudo aquilo que você precisa para fazer a gestão administrativa e financeira do seu consultório, gerir de forma produtiva os seus funcionários, melhorar o atendimento, atrair mais pacientes particulares, dobrar o seu faturamento mensal e muito mais!

Se tudo o que dissemos aqui de alguma forma gerou interesse em você, é um sinal que chegou a hora de você mudar para um sistema moderno ou, caso você não possua um ainda, adotar seu primeiro software médico e desfrutar dos benefícios de se ter um.

E aí? Está pronto para dobrar o seu faturamento, atingir a estabilidade financeira e, finalmente, parar de depender do convênio? Então, conheça agora o iMedicina! Fale aqui com um de nossos consultores e esclareça suas dúvidas, caso haja alguma.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: