13 estratégias práticas para conseguir mais pacientes no consultório

13 estratégias para conseguir mais pacientes

Quando o assunto é fazer um consultório ou uma clínica crescer, cada profissional tem a sua receita. Sabendo disso, preparamos essa série de estratégias para te ajudar a conquistar mais pacientes.

Se você me entende (e sabe do que estou falando), deve ter se lembrado imediatamente das centenas de conselhos que já escutou de seus mestres e de profissionais mais experientes no mercado. Fórmulas que deram certo para eles… Mas que na sua prática não funcionam ou não fazem o menor sentido.

Além disso, você também já deve estar cansado de ouvir por aí que precisa de marketing para atrair pacientes para o seu consultório ou, então, que basta fazer um ótimo atendimento para que novos pacientes comecem a chegar até sua clínica.

O que falta mesmo, nesse caso, é um modo prático e estratégico que seja capaz de te gerar mais resultados, de forma científica, óbvia e lógica.

Existe ciência por trás de um consultório com bons resultados?

Aqui, no iMedicina, somos especialistas em gerar resultados para clínicas e consultórios.

Somos uma empresa criada por profissionais de saúde que também são especialistas em programação e marketing. Somos Google Partner (parceira do Google), também certificados nos maiores programas de Marketing Digital, Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo do mercado.

Ao longo dos últimos anos, ajudamos mais de 1000 consultórios a conseguirem resultados expressivos com uso de marketing estratégico e otimização de relacionamento com pacientes. E hoje, vamos abrir algumas dessas estratégias que deram muitos resultados para nossos clientes.

Para conhecer mais a fundo como aplicamos essas estratégias (na prática!) clique aqui.

selo google partner

Estratégias para conquistar mais pacientes

Nesse artigo, listamos as 13 estratégias que melhor funcionam para nossos clientes, em detalhes, para que você não se sinta mais perdido.

Importante e exclusivo para médicos: se quiser ajuda gratuita de um consultor para colocar qualquer uma dessas estratégias em prática, basta solicitar nosso contato clicando aqui.

Vamos lá?

Estratégia #1 – Potencializar o Boca-a-Boca

Não vamos discutir aqui se recomendações boca-a-boca funcionam ou não. Nós temos as nossas opiniões sobre isso, e você também deve ter as suas.

Em dados: menos de 5% dos pacientes divulgam espontaneamente os serviços de saúde e menos de 5% dos que recebem essa indicação vão até o serviço em questão. Logo, não recomendaríamos colocar todos os ovos nessa cesta, isoladamente.

Fato é que a internet nos deu a possibilidade de elevar à décima potência esse “boca-a-boca” pois permitiu que, com um único clique, o seu paciente recomende seus serviços para toda a rede social que ele possui.

Esse recurso tornou tudo muito mais fácil do que sair espalhando suas informações de forma isolada, sem tecnologia.

E, sim: existem várias formas de fazer isso acontecer. Você pode pedir pela indicação, esperar que ela aconteça, divulgar seu site e redes sociais nos seus impressos… Enfim, são muitas as possibilidades. No entanto, nossa primeira estratégia resume o que mais deu resultados até agora, para nossos clientes.

O que você vai precisar para fazer isso acontecer é: um site próprio e os endereços de e-mail dos pacientes que se consultam com você.

Um adendo rápido que diz respeito aos pessimistas:

“Ah! Mas nem todos os meus pacientes possuem e-mail! E, hoje em dia, ninguém mais abre e-mail.”

Pois bem. Preste bastante atenção nestes dados:

Em cidades com mais de 50 mil habitantes, cerca de 76% deles possuem e-mail ativo e ele representa o principal meio de contato digital usado por adultos.

A taxa de abertura de e-mails disparados por profissionais de saúde aos seus pacientes são as maiores do mercado: atingem taxa de abertura de 80%.

Voltemos à estratégia 1…

Funciona assim: crie um e-mail padronizado, para ser enviado no dia seguinte de todos os seus atendimentos, solicitando a divulgação e compartilhamento social do site de seu consultório ou clínica, como esse abaixo:

Olá, @Nome_do_Paciente!

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer pela visita de ontem. É muito importante para nossa equipe quando conhecemos novos pacientes e quando podemos fazer parte da saúde de cada pessoa que passa por aqui.

Agradeço também pela confiança e quero colocar os nossos serviços à sua disposição, sempre que precisar!

Seguem os dados de contato, para guardar por aí:

Telefone: @Telefone_da_clínica

E-mail: @Email_da_clínica

Agendamento online: @link_do_agendamento_online

Por fim, gostaria de solicitar um favor.

Estamos fazendo uma divulgação de nossos serviços e, se você gostou do que oferecemos por aqui, queria pedir 2 minutos do seu tempo para nos ajudar nessa tarefa.

Te pedimos a gentileza de divulgar o nosso site em suas redes sociais! Se não se importar em fazê-lo, agradecemos muito por isso! Segue o link:

@link_do_site

Abraços e até a próxima consulta!

@Seu_nome”

Simples assim!

Essa estratégia é eficaz pois não faz nada mais do que solicitar recomendações para quem tem uma maior probabilidade de fazê-lo: seus pacientes, em um momento que estão na frente do computador (afinal, estão com seu e-mail aberto) e não possuem nenhum motivo para não te ajudar (isso se você realmente prestou um bom serviço e atendimento).

Fazer esse pedido no momento certo é muito importante. Diferente de solicitar a recomendação logo ao final de uma consulta, quando o paciente está com 1000 coisas na cabeça para pensar, você respeita o momento dele e aumentam suas chances de ser, de fato, recomendado.

Resultados médios de nossos clientes: 10 novas consultas, TODOS OS MESES, apenas com a implantação desse e-mail de pós-consulta.

Para aplicar essa estratégia, na prática, basta ter esses modelos de e-mail prontos e a rotina de dispará-los para os seus pacientes no dia seguinte à consulta.

Com o software médico do iMedicina, você pode programar o próprio sistema para enviar esse e-mail de forma automática, no pós-consulta. Ou seja: basta copiar e colar esse template na nossa ferramenta e tudo o que você vai precisar fazer é atender bem o seu paciente. O resto nós fazemos pra você!

Testamos também centenas de formatos de sites para profissionais de saúde e, no iMedicina, você pode criar seu próprio site dentro desses formatos que já validamos (se ainda não tiver um, é claro!).

Faça um teste gratuito do iMedicina no seu consultório!

Estratégia #2 – Funil básico de divulgação, usando o Google

Divulgar os seus serviços ativamente também é uma ótima opção. A segunda estratégia de nossa lista é a criação de uma sequência digital que vai ser configurada uma única vez e vai te dar resultados contínuos, enquanto você mantiver o seu investimento.

Funciona basicamente assim: 1 anúncio no Google, sendo disparado quando o usuário busca por palavras-chave específicas de sua área de atuação, que leva para seu site principal. Só isso.

Em nosso histórico, 96% dos profissionais de saúde, em cidades com mais de 50.000 habitantes, conseguem retorno positivo sobre o investimento com essa estratégia. Isso significa que 24 a cada 25 profissionais de saúde gastam X reais para manter essa estratégia ativa e recebem mais do que X em consultas advindas dessa estratégia.

Para fazê-la, você vai precisar de um site simples e de um anúncio no Google apontando para esse site.

Para criar seu site, você pode usar o iMedicina. Terá, em benefício, templates que já foram testados centenas de vezes na prática e que dão resultados.

Se você quiser entender mais sobre os motivos pelos quais nós criamos nossos formatos da forma como são, use os materiais abaixo para isso:

Muito bem. Nos conteúdos acima, você vai entender mais sobre a estrutura de conteúdo que recomendamos e os motivos pelos quais fazemos isso.

Se não quiser usar o iMedicina para isso, poderá usar plataformas como o Wix ou o WordPress, que são gratuitas. A grande questão é não fazer grandes investimentos em um site super caro e maravilhoso… pois percebemos, na prática, que isso não faz muita diferença nos resultados, no fim das contas.

A nossa diferença, em relação às plataformas gratuitas que você encontra por aí, é que aqui você poderá ter o seu site no seu próprio domínio (www.seusite.com.br), em quaisquer dos nossos planos, já integrado também com seu sistema de marketing e de prontuário eletrônico. Mas vamos voltar ao assunto…

O próximo passo, depois que tiver o seu site em um link definitivo, é fazer com que as pessoas cheguem até ele. Temos várias formas de fazer isso. Mas, nessa estratégia #2, vamos te ensinar a mais simples de todas.

Todas as vezes que alguém digitar um termo no Google… o seu anúncio vai aparecer nas primeiras posições. Em tese, você pode “comprar anúncios” para qualquer palavra que quiser, relacionada à sua especialidade. Seu anúncio fica em destaque, como esse exemplo abaixo:

médico no google

No entanto, veja se você concorda comigo… vou usar o exemplo de um psicólogo que deseja usar a estratégia #2:

  • Uma pessoa que digita “psicologia”, no Google, está muito menos propensa a agendar uma consulta com um psicólogo do que uma que digita “psicólogo”… concorda?
  • Uma pessoa que digita “psicólogo” no Google está menos propenso do que uma que digita “agendar psicólogo”… concorda?
  • Uma pessoa que digita “agendar psicólogo para hoje” está muito mais decidida do que a anterior… concorda?

Logo, quanto mais específico você for, mais resultados terá. No entanto, concorda também que deve existir um volume muito menor de pessoas que digita “agendar psicólogo” do que “psicólogo”?

(para provar isso, veja o volume de buscas para essas duas palavras, ao longo dos meses, no Brasil: a segunda chega a ter 90 mil buscas mensais, enquanto a primeira nem tem um volume rastreável)

buscas por médicos

Então… A grande vantagem do Google é que os seus anúncios só serão disparados para quem você escolher… e você só paga quando o anúncio é clicado.

Dessa forma, para otimizar o seu orçamento e aumentar as chances de você conseguir melhores resultados, recomendamos que crie primeiro apenas seus anúncios de fundo de funil (esses que são obviamente mais fáceis de gerar uma consulta). Aqui vão algumas sugestões de palavras:

  • Agendar @especialidade
    • : “Agendar Cardiologista”
  • @Especialista em @Minha_cidade
    • : “Cardiologista em Manaus”
  • Marcar @especialistas
    • : “Marcar cardiologista”

Se quiser uma dica extra, há uma ferramenta que o próprio Google oferece, dentro do Google Adwords, que se chama “Planejador de Palavra-Chave”. Nele, você consegue ver o volume de buscas que é realizado no Google, na sua cidade, para a palavra que deseja usar.

Você pode identificar, por exemplo, que uma palavra é muito pouco procurada, enquanto outras são mais visadas.

No anúncio, um template que recomendamos é:

Título: @Especialista em @Cidade

Conteúdo: @Especialista pela @instituição. @Número_de_registro. Agende uma Avaliação ainda hoje!

É bem possível que você consiga resultados muito positivos com essa estratégia, com anúncios que te geram um custo de poucos reais para cada consulta agendada, dependendo da concorrência que há em sua cidade!

Se quiser aprender a criar seus primeiros anúncios, veja esse vídeo aqui.

Estratégia #3 – Filtro por raio e telefone 

Existe uma possibilidade da estratégia anterior não funcionar perfeitamente em seu caso, principalmente se sua cidade é geograficamente “espalhada”. Existem alguns estudos que mostram que a busca por serviços em saúde está cada vez mais regionalizada.

As pessoas, de uma forma geral, preferem visitar serviços de saúde próximos de seu domicílio ou local de trabalho.

Para focar nessa região e não gastar o seu orçamento com buscas que são geradas em uma região muito longe de seu consultório ou clínica, use essa estratégia.

Aqui, recomendamos que crie anúncios para serem exibidos em um raio de 3km em torno do seu negócio (foi o raio que mais se relacionou a redução de custos por consulta) e dê preferências para anúncios em dispositivos móveis (celulares smartphones), uma vez que a barreira para ligar para o consultório é muito menor… afinal, o celular está na mão!

anunciar perto da clínica

Para tanto, você vai precisar de:

  • um site (óbvio)
  • uma conta no Google Adwords
  • uma extensão de anúncio (é o nome que o Google dá para isso) com o telefone que você deseja exibir para a pessoa ligar, diretamente do anúncio
  • o CEP da clínica, para fazer o filtro de distância

Parece difícil fazer isso, mas não é! O Google Adwords possui um número 0800 com especialistas do outro lado da linha que são treinados para te ajudar. Basta entrar em contato com eles e solicitar ajuda para configurar essa primeira campanha.

Aqui, no iMedicina, somos parceiros Google, para a plataforma do Google Adwords. Criamos o primeiro curso do país, feito por um médico certificado pelo Google, sobre a ferramenta do Adwords para saúde. São mais de 40 aulas práticas sobre o assunto! Aqui embaixo, separei uma aula que introduz o assunto:

Estratégia #4 – Marketing de Conteúdo, para economia

Marketing de Conteúdo é uma nova tendência do mercado, nos últimos anos, e tende a ser o carro-chefe da maior parte das empresas, no futuro próximo.

Existe uma certa confusão de conceitos, mas vamos evitar entrar nesses detalhes. Marketing de Conteúdo faz parte de um grande grupo que chamamos de Inbound Marketing, que, em última análise, pode ser entendido como o “Marketing que não é chato e que não empurra nada para o consumidor, mas apenas respeita o seu momento ideal de decisão”. Confuso? Não se preocupe… vamos te explicar como funciona, na prática!

O tráfego de visitantes, na internet, funciona de duas grandes formas: ou as empresas compram o tráfego (anúncios) e direcionam os usuários para uma página específica, como você viu na estratégia anterior… ou as próprias pessoas chegam até uma página específica, através de uma busca por algum tipo de conteúdo.

Essa estratégia #4 usa o segundo fluxo! Ao invés de comprarmos tráfego, vamos criar muito conteúdo útil para que as pessoas consigam chegar até as nossas páginas, de forma gratuita.

Para isso, precisamos investir em Marketing de Conteúdo! E como fazer isso? Simples: você só vai precisar de um site com um Blog. Daí pra frente, entregue valor para o seu paciente, ao mesmo tempo que explica sobre o que você pode fazer para ele.

Os céticos dirão:

Mas Blog? Isso nunca vai dar resultados!

E, para acabar com o ceticismo, mostramos números: 7154 acessos ao site, usando apenas marketing de conteúdo, em 30 dias. Isso gerou, aproximadamente, 60 consultas agendadas no consultório. Veja abaixo:

resultados para clínicas

Só tem uma única regra, que pode te evitar muita dor de cabeça e vai te ajudar a não ficar mal visto por aí: respeite o estágio de decisão de seu visitante!

Ou, em outras palavras: não vá direto ao pote… entregue valor e vá conduzindo o seu paciente, calmamente, até um ponto em que ele consegue tomar uma decisão acertada sobre o assunto em questão.

Nossa sugestão: para cada assunto, escreva 5 conteúdos. Exemplo:

Assunto: Hipertensão

Dividiremos os conteúdos sobre hipertensão em 5 artigos, sendo que serão 3 de interesse geral, 1 que explica o que a pessoa deve fazer para resolver o problema dela e 1 explicando como você, sua especialidade e sua clínica podem ajudá-la também.

Os primeiros 3 são chamados de topo de funil. Alguns exemplos de títulos:

  • 20 coisas que você não sabia sobre hipertensão arterial
  • Tudo que você precisa saber sobre hipertensão
  • 15 formas para ajudar a evitar o aparecimento de hipertensão

O próximo é o de meio de funil:

  • Os 10 passos para hipertensos controlarem a doença

O último é o fundo de funil:

  • Como começar o tratamento e acompanhamento da hipertensão, na prática

Viu como foi simples? A lógica, agora, é a seguinte: crie conexões entre seus artigos, usando links para que o leitor aprofunde no assunto, se quiser fazê-lo. Como esse link, que coloco aqui para quem quiser aprofundar no assunto de marketing de conteúdo.

Nos de topo, coloque links para o de meio. No de meio, para o de fundo. E faça isso de forma não intrusiva: convide o leitor, no meio da leitura, a ler o próximo artigo da sequência.

E é claro: nos artigos de fundo de funil… coloque links para o seu site principal, para que o visitante possa conhecer mais à fundo o que você faz! Assim como coloco aqui, para você conhecer nosso software médico que faz tudo isso!

E, para não ser chato, evite divulgar os artigos de meio e fundo de funil. Divulgue apenas os de topo, que são informativos e de interesse geral! Vamos te explicar nas próximas estratégias como fazer isso, não se preocupe.

O que vai acontecer, daí em diante? Nada. Por alguns meses, é claro.

Até que o robô do Google (“Crowler” ou “GoogleBot”) vai encontrar o seu site e vai perceber que aquele é um bom conteúdo para pessoas que buscam por assuntos relacionados à hipertensão.

Depois disso, ele vai começar a fazer testes, exibindo seu site cada vez mais no topo das buscas… Se o conteúdo é bom e as pessoas passarem muito tempo em suas páginas, divulgarem seu conteúdo, não saírem rapidamente (e mais umas 200 coisas que ele avalia)… ele vai sempre melhorar o seu ranqueamento.

E sim: quanto maior o ranking, maior o tráfego. Pasme: as 3 primeiras posições do Google recebem mais de 60% dos cliques para uma busca. Logo, estar lá significa aumentar e muito a visitação do seu site.

médico no google

Depois do tráfego, você vai precisar oferecer meios para que seus pacientes agendem consultas. No iMedicina, oferecemos possibilidade de inserção de formulários de contato, possibilidade de instalação de chat online para que o paciente converse com sua secretaria, bem como possibilidade de agendamento online, para que o próprio paciente agende sua consulta (60% dos pacientes preferem agendar online uma consulta do que ligar para a clínica para fazer o agendamento, em cidades com mais de 200 mil habitantes).

Estratégia #5: Contato próximo com pacientes e divulgação via blog

Nessa estratégia, nosso objetivo é fazer com que, ao longo do ano e no inter-consultas, nossos pacientes nos ajudem a divulgar conteúdos de nosso blog para seus amigos e familiares.

Em suma: compartilhar um site institucional é algo muito difícil de acontecer espontaneamente. Divulgar conteúdo útil é muito mais fácil. Além disso, pedir divulgação de um site institucional, com frequência… é algo muito chato. Pedir para divulgar conteúdo útil, ocasionalmente, é muito melhor.

Para fazer isso, você vai precisar, novamente, da listagem de seus pacientes (idealmente, filtrada por interesses… aqueles que deveriam ser atualizados quando você publica um novo artigo sobre diabetes em uma lista, e aqueles que deveriam ser atualizados sobre hipertensão, em outra), vai precisar de artigos e de um site institucional. E, claro, de um e-mail para disparar essa atualização para seus pacientes!

Podemos te ajudar nisso também! No iMedicina, você pode escrever um artigo no blog, pegar o link e acessar nossa área de relacionamento para enviar os e-mails para sua base inteira de pacientes.

Tudo o que você precisa fazer, então, é escrever artigos! E, no final da escrita, pode pedir para que as pessoas usem os botões de compartilhamento do seu site do iMedicina para divulgar nas redes sociais se gostaram do conteúdo! Você vai se surpreender com o volume de pessoas que te ajudam!

E tudo isso sem muito trabalho: escrever um artigo ao mês, por exemplo, e disparar um e-mail para seus pacientes.

Esse e-mail é estratégico: vai lembrar aos seus pacientes que, sempre que precisarem de um profissional da sua especialidade, você estará sempre lá, para ajudá-lo com o que precisar!

email marketing médico

Estratégia #6 – Divulgação orgânica de artigos em redes sociais

Sim. Essa é a forma mais simples e barata de divulgar o seu consultório, para começar a ter resultados rapidamente.

Manter uma rede social apenas com fotos engraçadinhas e compartilhando um ou outro viral não vai fazer você chegar onde deseja, em 99% dos casos.

Quando o assunto é rede social, sabemos que alguns gostam mais, outros menos. Mas não é essa a questão. Estamos, aqui, falando sobre estratégias. Goste você ou não, redes sociais são usadas cada vez mais para fazer negócios. E, quando falamos de consultórios, não devemos perder de vista que ele também é um negócio e também precisa ser divulgado.

Existem diversas formas de fazer essa divulgação dos serviços nas redes sociais. Na média, a forma que tem melhor custo-benefício é a divulgação de artigos informativos do seu Blog.

A grande questão, aqui, é ter paciência e um conceito muito forte e solidificado: não podemos medir o sucesso de nossa estratégia com o número de curtidas que recebemos em nossas publicações. O resultado deve ser medido com a capacidade da estratégia te gerar pacientes.

Compartilhar uma imagem bonita de sua especialidade vai te gerar muitas curtidas. Mas provavelmente nenhum paciente. Compartilhar um assunto de interesse de um possível paciente, como “10 dicas para o controle da hipertensão”, vai gerar muito menos curtidas… mas tem uma chance muito maior de te gerar resultados.

Se você vai ou não manter postagens rotineiras para engajar o seu público com a página… essa é uma escolha sua. No entanto, para conseguir resultados, recomendamos que faça pelo menos 3 postagens semanais de artigos de seu blog.

Dessa forma, seu funil de conteúdo passa a ser ativado mais rapidamente, de forma paralela ao ranqueamento que será feito pelo Google e outros buscadores. Ao compartilhar links para que pessoas que ainda não te conhecem cheguem até o seu blog, você está atraindo possíveis pacientes para sua estrutura digital, com possibilidade de gerar conversões a qualquer momento.

Logo, se não deseja investir muito capital para ter resultados, mantenha pelo menos essa estratégia ativa. Assim, o seu custo de publicidade é reduzido e, aos poucos, conforme aumenta o volume de pessoas engajadas em sua página, seu conteúdo será cada vez mais visto.

Agora… tenha paciência: de uma forma geral, conteúdos orgânicos (não patrocinados) nas redes sociais são exibidos para uma parcela mínima de pessoas. Portanto, não se sinta refém de uma produção contínua de conteúdo para suprir a demanda de sua base de fãs.

Faça assim: mantenha uma rotina de escrita de artigos no blog e, nas redes sociais, publique seus novos artigos e também reviva os anteriores, pois nem todas as pessoas viram aquele conteúdo quando você o publicou pela primeira vez. Para deixar as coisas menos monótonas, use imagens e chamadas diferentes a cada nova publicação de um mesmo link.

Para ter uma variedade de imagens interessantes, use bancos de imagem gratuitos, em alta definição. Nesse link, o pessoal da RockContent listou 103 bancos de imagem gratuitos que você pode usar nessa estratégia!

Estratégia #7 – Compra de anúncios em redes sociais

Sim… diferentemente da estratégia anterior, agora vamos patrocinar anúncios, pagando por eles.

E, diferentemente do Google, nesse caso somos nós que vamos até a audiência e não ela que busca pelos nossos serviços. Logo, é importante que, aqui, você faça uma chamada menos agressiva e insistente.

Para fazer seu primeiro anúncio no Facebook, você só vai precisar criar uma página para o seu consultório (não pode ser com o perfil pessoal). Quando você o fizer, vai ter disponível a possibilidade de criar anúncios em sua página.

Use esse nosso tutorial de facebook para consultórios para te ajudar nessa tarefa.

Para criar sua primeira campanha, faça um filtro para sua área de atuação, bem como para o público-alvo ideal. Recomendamos que use filtros de idade e de interesses para chegar até um público-alvo de cerca de 20 a 30 mil pessoas. Se você tiver mais gente do que isso, seu anúncio corre o risco de ficar amplo demais e não soar acertivo. Se tiver menos, corre o risco de não conseguir tanto resultado, pela diminuta exibição.

O ideal é que, aqui, você mande o tráfego de pessoas para páginas que dão a possibilidade de conversão: ou para a página principal ou para páginas criadas apenas para essa campanha de divulgação de um serviço específico.

Por exemplo: usando essa estratégia, um dermatologista poderia direcionar o tráfego para a página inicial do site, onde explica sobre tudo o que faz no consultório… ou poderia também fazer uma campanha muito segmentada, para mulheres entre 30 e 35 anos, mandando para uma página que vai falar especificamente sobre como essa profissional pode ajudar com tratamentos estéticos nessa idade.

Através do iMedicina, você pode criar quantas páginas quiser. Pode ter um site institucional e fazer também testes com páginas específicas sobre serviços. E a edição é bem simples, sem códigos de programação, como você pode ver abaixo:

site médico

Clique para testar o software médico do iMedicina.

A grande questão, aqui, é que os anúncios devem ser compatíveis com o público-alvo e devem direcionar para uma página que fala sobre o que foi prometido no conteúdo da campanha. Provavelmente os resultados não seriam nada satisfatórios ao fazer uma campanha de rejuvenescimento facial para mulheres com 20 anos ou criar uma campanha específica sobre rejuvenescimento facial e encaminhar para um site com milhares de outras informações que não apenas o assunto que motivou o interesse.

Aqui, devemos também ficar atentos aos cliques e à efetividade da estratégia. Se os resultados não aparecem, devemos identificar onde está o problema: na falta de interesse pelo anúncio (poucos cliques e valor alto para cada clique – em geral maior do que R$0,50) ou então no site (muitos cliques, mas poucos pacientes agendando consultas ou entrando em contato).

Estratégia #8 – Cartão de visitas com link de agendamento online

Há alguns meses, fizemos um teste muito curioso em uma das clínicas que fazem parte do time do iMedicina.

Olhando para estatísticas que apontam que mais de 60% dos pacientes prefeririam agendar uma consulta pelo agendamento online ao invés de entrar em contato pelo telefone, resolvemos fazer o seguinte teste: comparamos cartões de visita que continham o link de agendamento online com cartões de visita que não continham o link.

Os cartões que continham o link de agendamento online foram mais guardados do que os que não o continham e o número de agendamentos aumentou quando usamos essa estratégia.

Portanto, chegamos à conclusão de que oferecer facilidades e comodidades para que pacientes possam chegar até nosso consultório é, obviamente, uma efetiva estratégia para melhorar resultados.

Ainda, uma pequena modificação no texto desses cartões, tornando-o algo diferente, pode ajudar muito também! Experimente algo como “Salve esses contatos em seu telefone e repasse esse cartão para um amigo. Repasse saúde!”. Com certeza você vai começar a notar diferenças nos resultados da clínica!

Para ativar seu sistema de agendamento no iMedicina é muito simples. Basta ativá-lo em seu painel de configurações e abrir um turno para agendamento online (não precisam ser para todos os turnos, por exemplo).

agendamento online 

Estratégia #9 – Rede de display do Google para Branding e divulgação

Branding nada mais é do que uma série de estratégias focadas em fortalecimento de uma marca e divulgação de um conceito. Existem livros e mais livros sobre o assunto que é realmente vasto e delicado.

Queremos que a marca de nosso consultório ou clínica seja conhecida e que nós sejamos uma opção quando o paciente pensa em nossa especialidade. Para isso, devemos investir em Branding. Criar uma marca forte é um bom começo! Depois, é interessante que tenhamos constância em sua divulgação.

Se você não tem uma marca e não sabe por onde começar, avalie soluções digitais como fiverr.com, wedologos.com.br ou mesmo o logovia.com.br.

Se já tem uma marca bem estruturada e chegou a hora de começar a fazer o seu trabalho de divulgação, uma estratégia simples pode te ajudar a fortalecer sua marca e te tornar uma opção quando algum paciente, dentro do seu público-alvo, decide buscar mais informações ou agendar consulta em sua especialidade:

O Google oferece a possibilidade de criar Banners para exibição, no que chama de Rede de Display, de forma muito barata. Essa é, talvez, uma das estratégias que mais ajudam a tornar uma marca conhecida no mercado digital, com baixo custo.

Sugerimos que você tenha um anúncio ativo, em banners, apontando para seu site principal, com foco em sua região geográfica específica e para seu público-alvo demográfico. O objetivo dos Banners deve ser aumentar a exposição do seu nome e conceito, ao mesmo tempo que oferece a possibilidade para usuários conhecerem mais sobre o seu negócio com 1 clique de distância.

Algo como deixar seu consultório visível para pessoas que são seu público-alvo, só esperando o momento em que elas vão querer escutar um pouco mais sobre o que você tem a dizer.

Dessa forma, você passa a ter uma presença sólida e vai estar cada vez mais presente no Mind Share de seus possíveis pacientes, quando o assunto for a sua área de atuação.

Esses anúncios não costumam oferecer resultados diretos tão efetivos (possuem uma efetividade menor do que anúncios em texto, que são disparados quando o paciente busca por aqueles termos), mas são ótimos para consolidar seu nome no mercado. Estimativas apontam que empresas que trabalham esse tipo de conteúdo conseguem resultados 6% maiores do que as que não possuem estratégias nesse sentido.

Para criá-los, acesse sua conta do Google Adwords e clique para criar nova campanha. Selecione a opção “Apenas na Rede de Display” e siga o passo-a-passo para configurar sua campanha. Não é necessário ajuda de especialistas para fazer isso… com 10 minutos sua primeira campanha vai pro ar!

consultório google 

Estratégia #10 – Divulgação patrocinada de artigos de topo de funil em redes sociais

Na estratégia #7 sugerimos a compra de anúncios para as páginas principais de um site. Aqui, a ideia é semelhante, porém, visa levar tráfego para o blog.

Como você viu na estratégia #4, marketing de conteúdo é uma ótima maneira de conduzir seu visitante até um conhecimento mais aprofundado sobre a sua área de atuação ou um problema específico.

O grande problema da estratégia #4 isolada é o tempo que ela vai levar para começar a dar resultados, uma vez que não depende tanto de você, mas sim dos buscadores, como o Google.

Logo, para acelerar os resultados e avaliar mais rapidamente o retorno desse funil de conteúdo criado na estratégia #4, podemos divulgar os artigos de entrada do funil (topo de funil, como você aprendeu nesse artigo) em nossas redes sociais.

Ao invés de contar apenas com o alcance orgânico, sugerimos usar o patrocínio (ou impulsionamento) dessas publicações.

Para fazer isso, basta criar um post em seu Facebook com uma chamada para o artigo e divulgando o link. Depois, clique sobre o botão para impulsionar a publicação.

Agora, basta definir o orçamento e o público-alvo. Use as mesmas regras que sugerimos antes: entre 20 e 30 mil pessoas, filtrando raio e características demográficas que mais se interessariam por aquele assunto.

consultorio facebook

Como são artigos informativos e de interesse público-geral, costumam ter alta aceitação e são muito bem vistos pelo público geral!

Além disso, não forçam a barra com venda de serviços, afinal, são direcionados para conteúdos.

Só se certifique de que existem links nesses artigos apontando para artigos mais aprofundados e que seu telefone e links para o site principal estão nos menus do seu blog. No iMedicina, fazemos isso de forma automática pra você, quando cria seu primeiro artigo.

Estratégia #11 – Vídeos no blog e no site principal

 Se seu site ou blog, mesmo depois de ter um tráfego razoável de visitantes, não é capaz de gerar pacientes para seu consultório (baixa taxa de conversão)… avalie a possibilidade de criar vídeos e colocá-los no corpo dessas páginas!

Sites que contém vídeos possuem maior probabilidade de indexação positiva pelo Google, além de oferecerem proximidade com o visitante, aumentando os resultados de todas as estratégias anteriores.

Para isso, basta enviar o vídeo para o Youtube e colar o link em seu site, que ele vai ser exibido na página desejada.

Adicione vídeos às páginas de seu site e também aos artigos, para conseguir cada vez maior audiência. O vídeo também é algo muito interessante para a área de saúde, pois dá a chance do paciente te conhecer um pouco mais, antes de agendar uma consulta. Isso facilita a conexão entre vocês e oferece mais proximidade à relação digital.

Para o vídeo de seu site principal, explique mais sobre sua área de atuação, especialidades e serviços oferecidos. Ao final, faça uma chamada para que a pessoa deixe um contato no formulário do site ou clique sobre o link para agendamento online, para marcar uma avaliação com você, em seu consultório. 

Estratégia #12 – Super artigos com foco em rankeamento e tráfego orgânico

Pare para pensar: quantas vezes você já se entreteu com um artigo na internet, extremamente completo e aprofundado, que te deu uma sensação de “ótimo tempo investido”? Acredito que não foram muitas as vezes, concorda?

(tomara que esse esteja valendo o seu tempo! =)

Esses artigos existem e são verdadeiros achados no meio de tanta porcaria digital que vemos por aí. Além de entregarem conteúdo útil e de qualidade, possuem uma grande tarefa por trás dos holofotes: são os que mais facilmente atingem o topo do Google.

Artigos com mais de 3000 palavras são ótimas referências. Para você ter ideia, até esse ponto do texto, acabemos de atingir 4860 palavras.

Alguns detalhes devem ser levados em consideração para facilitar a leitura e a indexação, mas não se atenha a detalhes. Os mais importantes são os seguintes:

  • Escaneabilidade: separe os parágrafos em blocos menores, para facilitar a leitura, coloque intertítulos e cabeçalhos no meio do conteúdo, para separar os conteúdos. Utilize imagens para quebrar as áreas do artigo.
  • Lembre-se de usar a palavra-chave de forma homogênea e sem excessos, ao longo do texto. Evite o uso excessivo para não parecer que o conteúdo foi “feito para ranqueamento”. O Google tem uma inteligência artificial que identifica páginas que fazem isso… e as pune, obviamente. O segredo é escrever sobre o assunto, lembrando de citar o termo em foco, quando fizer sentido na frase em que você está. A palavra-chave desse artigo que estou escrevendo, por exemplo, é “estratégia”. Veja como a utilizei ao longo do texto de forma orgânica, e não forçada.
  • Escreva sobre termos que possuem um alto volume de busca, em sua região. Para isso, lembre-se do Planejador de palavras-chave que te mostramos lá atrás!

Recomendamos que escreva pelo menos um desses artigos por mês, cada um sobre as palavras mais importantes para o seu negócio. Essa é uma ótima #estratégia! (rsrs)

Estratégia #13 – Resgate de pacientes antigos e atrasados

Essa estratégia é importante para evitar que você invista capital em atração de novos pacientes, mas acabe perdendo dinheiro ao não fazer retenção dos antigos.

O ideal, aqui, é que todo paciente tenha uma data de retorno já definido quando termina uma avaliação (seja agendado assim que sai do consultório). No entanto, isso muitas vezes não é possível… geralmente deixamos na mão dos pacientes a lembrança para retornar para uma nova consulta.

Aqui, a tecnologia pode novamente te ajudar: automatize essas ações e não perca mais seus pacientes. Através do iMedicina e de outras ferramentas, como o Mailchimp, por exemplo, você pode definir sequências de e-mail para serem enviadas em datas específicas, lembrando seus pacientes de retornarem para consulta.

relação médico paciente

No iMedicina, se você coloca o paciente na agenda, enviamos e-mails com antecedências programadas. Se você não coloca o paciente na agenda, tem a possibilidade de marcar um retorno aproximado (3 meses, 6 meses… por exemplo). Assim, também, enviaremos lembretes nas datas corretas, inclusive com links para o seu sistema de agendamento online, para facilitar ainda mais a vida de deus pacientes!

E o mais importante: você cria os e-mails uma única vez e não tem mais trabalho com isso! Ao final da consulta, basta avisar para o sistema qual a sua programação para cada paciente que nós fazemos o restante!

email marketing consultorio

Assim, você tem a certeza que seus processos estão sendo executados e que o melhor está sendo feito pelos seus pacientes e pelas suas estratégias.

Conclusão:

Hoje, falamos sobre 13 estratégias para melhorar os resultados do seu consultório. Esperamos realmente que tenham sido úteis e que você esteja com uma nova visão sobre o assunto!

Sabemos que o assunto que cobrimos aqui foi só a ponta de um iceberg. Continue sempre voltando ao nosso blog para receber mais e mais informações como essas! Vamos sempre trazer o que há de mais novo em estratégias para consultórios, para o blog do iMedicina!

Se quiser aprofundar ainda mais nesses tópicos, conheça o meu livro “Clínicas Digitais”. São mais de 250 páginas de conteúdos contextualizando toda essa revolução que estamos vivendo, com muitos exemplos e casos práticos de como as coisas acontecem.

Para você ter ideia, só em janeiro de 2019 foram mais de 2000 unidades vendidas. O livro está sendo um super sucesso e acredito que você também irá gostar! Acesse a página dele para mais informações.

Tenho certeza que vai ver muito valor nesse conteúdo!

Queremos ver você cada vez com mais resultado positivo no consultório!

Vamos que vamos!

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.