Como economizar em propaganda usando marketing de conteúdo no consultório?

parallax-service2

A boa e velha propaganda como nós conhecemos está sob suspeita de ser… ineficaz! Sim. É verdade. Consultórios e clínicas estão em um mercado cada vez mais competitivo e precisamos ir um pouco além para conseguir melhores resultados.

O mundo de hoje nos apresenta tantas informações, que cabe a nós, profissionais de saúde empreendedores, o desafio de criar estratégias eficientes para dar visibilidade à nossa marca, fugindo daquelas chavões que não convencem ninguém:

“a melhor clínica da região…”

“o maior especialista…”, e por aí vai!

Em contrapartida a esse modelo, surgiu o marketing de conteúdo, como uma maneira de engajar o público do seu consultório (seja ele um paciente ou ainda um potencial consumidor de seus serviços).

Por que ele se diferencia? Essa modalidade acredita que pela criação de conteúdo relevante é possível atrair, envolver e captar novos pacientes, a partir da percepção positiva que será agregada à sua clínica.

O nome disso: Inbound Marketing.

Lendo isso, você pode até imaginar:

“Deve ser tão complicado que não quero nem fazer ideia de como executar isso na prática, certo?”

Errado! Não que seja simples de realizar, mas o marketing de conteúdo no consultório é o meio mais eficiente para aproximar potenciais pacientes e fidelizar os que já estão contigo, a partir de estratégias eficazes e que valerão bem mais o seu investimento do que ficar pagando o anúncio no seu jornal de bairro ou folheto para distribuir na padaria.

 

4 passos para aplicar o marketing de conteúdo no consultório

Para ajudá-lo a tirar do papel um plano que posicione a sua clínica naquilo que há de mais moderno em termos de divulgação, listamos 4 passos bem simples mas altamente eficazes que farão sua clínica estar bem posicionada na vitrine virtual:

  1. Tenha um blog!

Nada de pensar que isso é coisa de adolescente! Ter um blog significa um formato que está cada vez mais no gosto dos internautas. Em vez de somente ter um site institucional, apresentando quem é você, seu currículo, a localização e a estrutura de sua clínica, ter um blog te permite dispor de um espaço para expor conteúdos altamente relevantes e, principalmente, de interesse do seu público. O formato blog faz com que o conteúdo seja mais leve e informal, evitando fazer textos de propaganda, que geram grande rejeição.

Há templates gratuitos de blog, ou seja, modelos prontos para você escolher um que combine com o seu estilo, o de seu consultório e com o tema que você irá escrever. Embora haja características mais informais, não podemos exagerar nesse item, para não perder a ética e a seriedade que pedem temas relacionados à saúde.

2. Invista em conteúdo

Feito o blog, é o momento de abastecê-lo de conteúdo. Uma recomendação para isso é estabelecer uma rotina que não o sobrecarregue, mas que também o mantenha atualizado. No mínimo, dedique-se a escrever quatro artigos por mês.

Por exemplo: se você for um especialista em alergias, você pode escrever artigos falando sobre os cuidados com os períodos secos ou alimentos que aumentam a pré-disposição para agravar o quadro, etc.

Considere também que junto ao texto sejam colocadas imagens. A boa ilustração contribuirá para a assimilação do conteúdo por parte dos internautas. Há inúmeros bancos de imagens gratuitas na internet, sem direitos autorais, procure por esse termo no Google e encontrará opções que disponham de fotos que poderá utilizar nos seus posts dentro do blog.

  1.  Conheça seu público

Um ponto bem importante também é desenvolver conteúdo com base no seu público, para evitar escrever textos que só podem ser lidos por pessoas que tenham a mesma bagagem de conteúdo que você. Quando se conhece bem o público, tem-se um direcionamento claro sobre como escrever para ser compreendido e não para impressionar com termos e expressões que não são claros.

Aí está uma chave do marketing de conteúdo no consultório: desenvolver materiais pensando em quem vai ler (em suas necessidades, no conhecimento que possui). Saber disso ajuda a compreender o quão detalhado ou não deve ser seu conteúdo. Um bom exercício: sabe a simplicidade que você usa ao falar para um paciente com maior dificuldade de compreensão? Se funciona com ele, poderá funcionar no artigo!

  1. Adeque seu tom

Esse é outro ponto importante, e de certa forma falamos sobre ele em alguns itens anteriores. Quando falamos em produzir conteúdo para o blog, pode dar impressão de que precisaremos adotar uma linguagem descolada e jovial, cheia de termos do “internetês”. Não é bem assim: adequar o tom é falar com clareza e usar linguagem acessível para quem vai ler o conteúdo.

Outro cuidado que se deve ter é para não produzir conteúdos com linguagem técnica demais, de modo que todos tenham que ler com um dicionário ao lado. Seja moderado ao adotar o formato da comunicação que você fizer, para respeitar os princípios do marketing médico.

Viu só? Não é complicado executar uma estratégia de marketing de conteúdo no consultório. Apenas requer a escolha dos caminhos certos e seguir com disciplina neste trajeto traçado.

Para entender melhor o que é isso na prática, damos como exemplo esse próprio blog: aqui desenvolvemos conteúdo para melhorar a gestão de clínicas médicas, falando sobre como fazer uma administração eficiente, cuidar bem das finanças e promover o marketing e relacionamento, com o que há de mais moderno nos mecanismos de tecnologia.

Continue navegando para perceber essa diferença e coloque em prática essa estratégia. Pode ter certeza que os resultados virão!

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.