Prontuário eletrônico open source é seguro?

Prontuário eletrônico

Quando há a necessidade de escolher um serviço de prontuário eletrônico open source, algumas coisas costumam ser levadas em conta, como por exemplo: praticidade e investimento.

A praticidade, pelo fato de que um consultório online facilita a gestão da rotina e agiliza o trabalho dos atendentes. O investimento, pelo fato de que esses sistemas, geralmente, são de baixo custo.

Contudo, a segurança desses softwares é um ponto que precisa ser observado. Preservar os dados e a privacidade dos seus pacientes é um dos fatores mais importantes na escolha do software médico certo para seu consultório.

A segurança é um dos alicerces dos atendimentos médicos, principalmente quando se usa prontuários eletrônicos e telemedicina.

Há diversas opções de prontuários eletrônicos open source (código aberto) mas será que eles garantem a eficiência no armazenamento dos dados? Vamos analisar alguns pontos sobre esse tipo de sistema. 

O que é um software open source?

Vamos começar pelo básico: o que significa esse termo? Quando falamos em open source (código aberto, em tradução livre), são programas desenvolvidos de forma colaborativa, que dão livre acesso a qualquer usuário para distribuir e modificar os códigos, de acordo com a sua necessidade.

É possível, com eles, criar códigos a partir do código original, ou simplesmente reproduzi-lo livremente. Nem todo software open source é gratuito, mas o que geralmente chama atenção é o valor baixo das licenças e a possibilidade de alteração do código.

Gestão de software open source

O fato de a maioria dos softwares de prontuário eletrônico open source serem de baixo custo, não significa que são uma boa aposta para gerir os dados dos seus pacientes.

Os softwares de código aberto podem ser mais vulneráveis. Isso significa que, caso haja invasão do sistema, você não conseguirá controlar o acesso externo a tudo o que é salvo nos prontuários eletrônicos de sua clínica e seus pacientes podem ficar expostos.

Custo de operação

O custos de aquisição do software open source, quando há, é muito baixo, geralmente são gratuitos. Contudo, o custo operacional pode sair bem elevado.

O que ocorre é que é que para mantê-lo e para que o software funcione com tranquilidade, é necessário ter uma infraestrutura adequada e alguém da área técnica sempre disponível para que, em casos de problema, seja possível atuar rapidamente sem precisar parar a operação.

Os softwares privados, por sua vez, tem uma equipe preparada e o custo de operação muito mais baixo, já que é desenvolvido para um fim específico, em larga escala. Assim, é possível otimizar o processo e entregar por um valor mais em conta, um produto melhor e mais barato.

Falta de segurança

Um software médico com código fonte fechado é altamente protegido. Somente quem tem a propriedade pode acessar. Já nos sistemas abertos, qualquer pessoa que comprar pode utilizá-lo da maneira que achar mais conveniente.

Como não há garantia do próprio sistema, pode haver lacunas que facilitem o acesso de terceiros. Dessa forma, pode ser necessário um desenvolvedor extra para auxiliá-lo com a segurança, alterando suas versões e funcionalidades.

Além das invasões externas serem um problema de privacidade grave, o vazamento dos dados de seus pacientes pode trazer problemas legais para sua clínica ou consultório. 

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Um software open source não oferece suporte

Caso você opte por um prontuário eletrônico open source, não terá o recurso de suporte nem antes da instalação e nem se ocorrer algum problema.

Imagine que você escolheu um software open source que parece atender bem e migrou todos os dados de seus pacientes para esse novo sistema, provavelmente com a ajuda de um técnico ou desenvolvedor.

O suporte regular e o treinamento da equipe também vão precisar contar com o auxílio de técnicos independentes, o que às vezes pode custar a segurança das informações. O que deveria ser uma simples tarefa, se torna um grande trabalho, custando mais recursos financeiros e de mão-de-obra para o consultório.

Falta de atualizações dos sistemas

Se o software open source não conta com suporte, também não conta com atualizações na ferramenta. Essa falta de atualizações automáticas caminha para que os softwares se tornem obsoletos com o passar do tempo.

Isso compromete o desempenho do sistema e pode acarretar uma série de travamento e perda de dados. Além disso, sem atualizações, hackers e invasores têm um acesso ainda mais livre para explorar códigos e dados armazenados em seu sistema.

Necessidade de backups constantes

Com um prontuário eletrônico eficiente, o backup é realizado a cada 10 segundos automaticamente, para que todos os seus dados estejam protegidos e sem risco de perda.

Com um prontuário open source, há uma constante necessidade de backup manual para assegurar que seus arquivos fiquem salvos na nuvem ou em outro local de armazenamento.

Caso haja uma intercorrência durante o atendimento, o risco de perder as informações salvas são enormes.

Layout, navegação e hospedagem

A aparência, a funcionalidade e a navegação da sua plataforma provavelmente deixará muito a desejar, já que não foi desenvolvido para atender a classe médica especificamente.

Esses três fatores combinados podem acarretar na baixa experiência do usuário, e necessidade investimento à parte para otimizar o sistema da forma que te atenda plenamente.

Prontuário eletrônico iMedicina

Está procurando um prontuário online eficiente? O iMedicina oferece os melhores recursos e ferramentas disponíveis, de forma gratuita e desenvolvido especialmente para atender o consultório.

Os protocolos de segurança são avançada para garantir a confidencialidade dos dados de seus pacientes, a redução de custos e a produtividade da sua clínica.

O software conta com armazenamento em nuvem nos servidores da Amazon.  Além disso, os backups são feitos automaticamente, a cada 10 segundos, para prevenir a perda de dados ou os erros na rede.

Os dados ficam disponíveis para acesso em diferentes dispositivos móveis, e você pode acessá-los apenas utilizando a internet, independente de onde você estiver.

Você pode configurar o acesso dos profissionais cadastrados para que eles visualizem apenas o que é necessário para desenvolver o próprio trabalho.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue navegando no blog!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.