Farmácia Popular: como elas auxiliam a sociedade e o trabalho dos médicos?

Tempo de leitura: 3 minutos

Farmácia Popular: como elas auxiliam a sociedade e o trabalho dos médicos?

Farmácia Popular do Brasil é um programa de iniciativa do Governo Federal que procura ampliar o acesso da população a medicamentos que são necessários para o tratamento de doenças com grande ocorrência no país.

A lei foi criada em 13 de abril de 2004 e permite a existência de unidades próprias de Farmácia Popular vinculada às secretarias de saúde, contam com cerca de 112 itens entre medicamentos e outros artefatos que são distribuídos gratuitamente a população a partir da prescrição médica. O indivíduo interessado em aderir ao programa deve comparecer a uma unidade munido de documento com foto juntamente com a receita médica ou odontológica que seja coberta pelo programa.

Em 2006, a lei se expandiu e houve a adesão do programa “Aqui Tem Farmácia Popular” em drogarias e farmácias particulares, que disponibilizam medicamentos para hipertensão, diabetes e contraceptivos com até 90% a menos dos valores cobrados normalmente, ou seja, o usuário paga até 10% do valor de referência estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Como funciona o sistema de Farmácia Popular

O sistema funciona a partir do credenciamento das farmácias nas secretarias de saúde do seu município que pretendem levar o benefício da aquisição de remédios para mais lugares e pessoas a um baixo custo. Qualquer cidadão pode ter acesso ao programa, independente da sua condição financeira.

Nas farmácias populares também são oferecidos medicamentos para o combate de outras doenças que atingem a população brasileira, como a osteoporose, rinite, asma, Parkinson e glaucoma. Além disso, para os idosos com incontinência urinária foi incluída a distribuição de fraldas geriátricas.

O programa da Farmácia Popular tem como objetivo oferecer acesso a tratamentos para a população que busca assistência no SUS, mas tem dificuldade em manter o tratamento pelo alto preço de alguns medicamentos.

O programa está disponível para mais de 2,5 mil municípios e secretarias de saúde visando oferecer benefício à sociedade que necessita de determinados medicamentos para manter a saúde em dia. Inclusive a farmácia popular pode ser benéfica tanto para a sociedade quanto aos médicos.

Quais benefícios o Programa Farmácia Popular pode trazer aos médicos

O Programa de Farmácia pode ser vantajoso ao profissional da saúde, pois muitos pacientes podem pagar as consultas sejam particulares ou por convênios e adquirir os remédios gratuitamente pelas secretarias de saúde.

Assim fica mais leve para o bolso do consumidor e como consequência irá optar em manter o tratamento com o médico particular responsável. Ainda ressalta-se que muitas dessas doenças nas quais são distribuídas os medicamentos, os tratamentos costumam ser longos e necessitam de agendamentos de consultas com frequência, podendo ser extremamente benéfico ao profissional, já que os medicamentos de uso prolongado devem ser adquiridos na farmácia de 30 em 30 dias.

Além disso, facilita ao profissional na prescrição de medicamentos para as determinadas doenças que são atendidas pelo programa. A farmácia popular então é um programa que pode facilitar o acesso da população a medicamentos e aos médicos, sendo benéfico para ambos os lados.

Se você gostou desse artigo, continue navegando no nosso blog. Aqui você vai encontrar esse e outros assuntos que envolvem a secretaria de saúde da sua cidade!