Vale a pena abrir uma clínica de odontologia no momento que estou vivendo?

odontologia

Para grande parte dos profissionais da área da medicina, chega um momento em que a ideia de abrir uma clínica própria parece muito promissora, por vezes até necessária. No caso de quem trabalha com odontologia, essa hora pode chegar bem mais cedo do que o esperado.

Alguns dentistas já saem da faculdade procurando meios de abrir um consultório particular, mas será que existe um tempo mais apropriado para dar esse passo? E na situação em que o Brasil se encontra, será que é prudente começar esse empreendimento?

A importância da odontologia para os brasileiros

É claro que ao escolher esse tipo de atuação, muitas coisas devem ser levadas em consideração; em especial, a competitividade. Esse fator pode ser um dos maiores problemas para quem está começando, mas por outro lado, a grande quantidade de clínicas indica a existência de um grande público.

Não é para menos: segundo uma pesquisa realizada pelo grupo Euromonitor Internacional, o nosso país possui o maior número de dentistas do mundo, com 15% do total global. Além disso, o mercado de higiene bucal brasileiro é o terceiro maior do planeta e cresce a cada ano, com constantes inovações de enxaguantes bucais, pastas e escovas de dente. Ou seja, a odontologia é uma profissão requisitada e tende só a crescer, mesmo com a crise.

Ainda que muitos brasileiros não tenham o melhor dos hábitos quando se fala em visitas ao dentista, é provável que cada paciente passe pelos menos algumas sessões em tratamento quando decide cuidar dos dentes. Isso para não falar na importância que damos para a estética do sorriso. Seja para tratar de problemas sérios, realizar cirurgias ou para alinhar e embranquecer os dentes, os brasileiros não deixam de integrar essa especialidade às suas vidas.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Como unir a odontologia ao empreendedorismo

A clientela interessada pode estar garantida, mas para manter uma clínica odontológica é preciso mais do que apenas um espaço e alguns profissionais. Não há como atuar por contra própria sem considerar os outros aspectos de ter uma empresa aberta, de relações com pacientes, funcionários e sistema, entre outros. Além do investimento inicial com local, equipamentos e outras despesas, é necessário tomar precauções com a burocracia básica, o que inclui registros, documentação e autorizações.

Depois de tudo certo, é tentador apenas começar a atender e deixar que o resto se desenrole, mas a clínica não vai ser conhecida sozinha e nem se expandir se não houver qualquer tipo de inovação. Por isso, softwares como o iMedicina podem ser usados para facilitar a manutenção de consultórios médicos e odontológicos e ajudar em seu sucesso.

O iMedicina oferece recursos para auxiliar desde o atendimento ao paciente até a gestão administrativa, financeira e estratégica da clínica. Alguns exemplos incluem agenda, gerenciamento de tarefas, prontuário eletrônico, módulo financeiro, módulo de estatísticas, módulo de marketing e relacionamento e muitos outros.

Cada um desses recursos são essenciais para o desenvolvimento e manutenção de clínicas para os profissionais da odontologia, bem como de outras especialidades médicas. Conheça nossa proposta visitando a nossa página e entenda melhor como informatizar o seu consultório e atrair novos pacientes!

Se você gostou desse artigo, não deixe de conferir mais alguns em nosso blog!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: