Dentista recém-formado: conheça os melhores caminhos para seguir

odontologia

Finalmente chegou a hora que todo estudante de odontologia tanto espera! Começar a colocar em prática tudo que aprendeu e se tornar um profissional da área, independente e responsável pelos próprios pacientes.

Mas depois de tantos anos estudando e estagiando em diversas áreas, muitas vezes surgem dúvidas com relação a qual caminho seguir para conquistar o sucesso na carreira. Qual será o mais indicado?

Para ajudar profissionais recém-formados que passam por esta situação todos os anos, preparamos este artigo especial, indicando quais são os melhores caminhos a seguir na odontologia nos dias de hoje. Vamos lá!

Qual área da odontologia seguir?

Alguns estudantes de odontologia recebem um verdadeiro chamado, e ainda nos primeiros anos de faculdade já são capazes de decidir qual área mais lhe interessa. Mas isso não acontece com todo mundo. Afinal, são tantas as áreas e especialidades que é normal surgirem dúvidas.

O primeiro passo, portanto, é procurar conhecer na prática qual o cotidiano dos profissionais em cada área. Busque eventos e encontros de dentistas nos quais seja possível fazer um networking.

Buscar por cursos e especializações também é primordial, pois garante mais segurança na profissão e abre as portas para possibilidades muito mais amplas. Isso sem falar no conhecimento de outros profissionais que podem ajudar a dar aquele empurrãozinho na carreira.

É importante também que o jovem dentista tenha sempre em mente que a constante atualização será algo primordial para se destacar em sua carreira, já que na área de odontologia tudo muda tão rápido, com o surgimento de novos equipamentos, técnicas e formas de diagnóstico e tratamento cada vez mais eficientes.

Além disso, é sempre indicado que o recém-formado comece sua vida profissional atuando na clínica geral. Assim, mesmo depois de altamente especializado em outra particularidade, será capaz de ter uma visão macro da odontologia, oferecendo aos seus pacientes um atendimento superior.

Locais para trabalhar na odontologia

Assim que se começa o curso de odontologia, praticamente todos os estudantes sonham em abrir seu próprio consultório e atender seus pacientes de forma exclusiva.

Porém, além de precisar de um alto investimento, não é algo muito fácil de manter, principalmente no início da carreira, quando não se tem muito prestígio e não se tem muitos pacientes.

Mas a boa notícia é que este não precisa ser o único caminho para o sucesso. Profissionais extremamente bem-sucedidos atuam em consultórios de clínicas, na área acadêmica como professores ou até na área pública, por meio de concursos públicos em todo o país.

Há uma demanda crescente de profissionais de odontologia nestes locais menos comuns, enquanto a quantidade de consultórios se multiplica a cada ano. Portanto, é possível se manter atualizado, trabalhar com foco em uma especialização e ainda conquistar o sucesso financeiro partindo para locais menos procurados por outros dentistas recém-formados.

O verdadeiro segredo para se conseguir a realização profissional dentro da área de odontologia, é encontrar uma área que realmente interesse, especializar-se nela e estar em constante atualização para garantir o melhor atendimento possível.

Independente do caminho escolhido é importante que o profissional da área da saúde enxergue o seu consultório como um empreendimento que precisa de atenção estratégica. É preciso investir parte do seu tempo para planejar ações para divulgação do consultório e aumento da qualidade do atendimento.

Investir em uma boa gestão pode impactar bastante nos resultados que o consultório te oferece todo mês. Por isso, é importante começar a pensar em investir em tecnologia para centralizar todos os processos do consultório – administrativo, financeiro e estratégico – em um só lugar: um software de gestão e marketing para consultórios.

No iMedicina nós oferecemos essa possibilidade! Conheça nossa proposta visitando a nossa página e entenda melhor como informatizar o seu consultório e atrair novos pacientes!

Gostou de saber mais sobre o assunto? Então mantenha-se informado através de outros artigos como este.

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.