Otimização de campanhas no Google Ads: entenda o papel do médico e do especialista

Google Ads

Você, certamente, já ouviu falar em publicidade médica, certo? Talvez esse seja um assunto que gere muito temor devido ao mau uso feito por aí. Contudo, é possível fazer tudo com ética e sem riscos (se quiser entender melhor, leia mais sobre o assunto em nosso blog). Uma dessas formas é através da otimização de campanhas no Google Ads, você conhece essa plataforma?

Mas vamos do começo! Você já deve ter notado como é cada vez mais comum pesquisarmos tudo que precisamos na internet. Seja para pedir comida, tirar uma dúvida de português ou se matricular num curso novo, a internet se tornou uma fonte de informações, compras e serviços quase ilimitada.

Quando falamos da área de saúde, a cada dia mais médicos tem se preocupado com a presença nesse ambiente. E não é à toa, pense em como é extremamente cômodo e rápido para o paciente agendar uma consulta online.

Se o assunto é informação na internet, certamente o domínio absoluto é do Google. A empresa se tornou sinônimo de pesquisa, afinal, ninguém diz “pesquise tal coisa num motor de busca”.

O Google possui sua própria plataforma de publicidade: o Google Ads. Através dele, anunciantes podem oferecer seus produtos ou serviços para quase qualquer pessoa na internet. Mas vamos com calma…

Afinal, o que é Google Ads?

Você já sabe que se trata de uma plataforma de anúncios para praticamente toda a internet. Na verdade, a definição dada pela própria empresa é que o Ads é “uma solução de publicidade on-line que as empresas usam para promover os seus produtos e serviços na Pesquisa Google, no YouTube e em outros sites na Web”.

Se estamos falando de publicidade online, a primeira pergunta é onde exatamente esses anúncios aparecem. Para isso, é preciso compreender que o Google trabalha com algumas redes distintas: display, pesquisa, shopping, vídeo e campanhas em apps.

Nesse artigo, vamos falar apenas das duas primeiras. Isso porque shopping, vídeo e apps não se adequam aos anúncios médicos sobre os quais estamos focando.

Rede de Display

Você provavelmente já teve a experiência de estar navegando na internet e, ao abrir um site, se deparar com um grande anúncio gráfico. Ou então, rolar a página para baixo e ver vários desses anuncios na parte lateral do site. Essa é a rede de Display do Google.

Uma extensa rede de sites variados (são mais de 2 milhões) que cobre cerca de 90% dos usuários da internet do mundo.

Rede de Display
Fonte: globo.com

A questão, na rede de Display, é que nem sempre ela é uma boa opção. Por se tratar de anúncios que vêm até você quando você não está procurando o serviço, eles são bem mais complexos.

Você precisa despertar a atenção do possível paciente, influenciar sua consideração e, aí sim, levá-lo a agendar uma consulta. É o que chamamos de “jornada do paciente”! Para entender mais, leia o artigo que já escrevemos sobre esse assunto.

Isso não significa que essa rede só deve ser utilizada em estratégias robustas e completas. O Display pode ser um ótimo aliado para trabalhar a marca do seu consultório, o que chamamos de “Branding”. Por hoje, não vamos nos estender sobre essa rede, você verá que há uma rede melhor e mais simples na qual focar.

Rede de Pesquisa

Pense em outra situação agora: você precisa agendar uma consulta com um dermatologista e por isso pesquisa “dermatologista em São Paulo” no Google. O resultado que você encontra é este:

Rede de Pesquisa

Notou que existem resultados que são anúncios e resultados orgânicos? Esses anúncios constituem a rede de pesquisa do Google. A melhor parte de anunciar aqui, é que o paciente está procurando por você! Ele quer um dermatologista em sua cidade e tudo que você tem que fazer, é dizer “estou aqui”.

Mas o que exatamente devo esperar das minhas campanhas?

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que a qualidade do seu anúncio irá impactar diretamente nos seus resultados. E com isso não estamos falando apenas do texto ou da imagem que irá ser veiculada, mas de toda a estratégia criada.

Isto é, o ideal é que você possua bons anúncios, que apontem para um site que apresente bom conteúdo, seja voltado para conversão e esteja alinhado com seus objetivos. Ah! Tudo isso também deve estar atrelado com seu orçamento. Quanto menos você investe, mais tempo vai levar para que os resultados apareçam.

Além de uma boa estratégia, lembre-se também que tudo isso leva tempo! O próprio Google recomenda que as primeiras otimizações sejam feitas de uma a duas semanas após a configuração inicial da sua campanha.

Considerando que esse processo irá se repetir (otimização > maturação > otimização > maturação), é normal que suas campanhas demorem, pelo menos, dois meses até estarem funcionando plenamente.

Cumprido esses requisitos, você pode já esperar os resultados! Tudo depende agora da sua especialidade e do local em que você está inserido.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Especialidades mais populares e cidades maiores costumam ter grande facilidade em alcançar grandes volumes de resultados. Contudo, não precisa se desesperar só porque você não é um pediatra atendendo em São Paulo. O melhor jeito de ter certeza do que esperar é conversando com um especialista no assunto. Ele pode te ajudar a não sonhar demais e nem subestimar seus resultados.

E já que falamos em especialista, você deve ter notado que a tarefa é mais difícil do que parece, certo? É por isso que existem especialistas em mídias digitais que podem te auxiliar e colocar tudo no eixo correto.

De toda forma, há sempre a possibilidade do médico fazer tudo sozinho. Se você gerencia sua própria conta de Google Ads, o ideal é se especializar mais no assunto e entender de toda a estrutura da plataforma.

“Mas não há nada que eu possa fazer para melhorar minhas campanhas?”

Agora trataremos mais a fundo com o modelo de parceria, em que o médico atua junto com um profissional de mídia em suas campanhas. Mesmo nesse caso, há algumas dicas para que você possa ajudar a deixar sua campanha ainda mais incrível.

Lembre-se que sua ajuda só será, de fato, uma ajuda, se feita em conjunto com o especialista que já gerencia sua campanha. A comunicação deve ser clara para que um não atrapalhe o outro.

Na prática, é preciso diferenciar otimizações das campanhas de mudanças estratégicas, mesmo quando estas são leves.

Mudanças estratégicas

Quando você muda o orçamento de uma campanha, pausa uma campanha ou um grupo de anúncio ou altera o local definido, isso é uma mudança estratégica!

Você está dizendo que quer aumentar, diminuir ou cessar o investimento em determinadas áreas que atende. Essas alterações devem ser feitas com muito cuidado e, de preferência, pelo especialista em mídia. Este profissional possui mais experiência e pode evitar que algum movimento errado seja feito.

É importante que o médico converse sobre sua estratégia e, sempre que possível, explicite as vias para acertar o alvo. Afinal, é ele quem melhor entende seus objetivos e sabe o caminho que quer percorrer e aonde chegar. As campanhas são apenas um meio para o sucesso.

Otimização das campanhas

Como citamos, apesar da possibilidade do médico poder colaborar na melhoria de suas campanhas, geralmente a forma mais segura é que isso seja feito de modo indireto. Isto é, o médico envia as sugestões para o especialista em Ads para que ele avalie e diminua o risco de erros. Esse trabalho em parceria é ideal e facilita muito a evolução dos seus resultados.

A primeira dica de otimização é adicionar mais palavras-chave. Talvez você esteja olhando para suas campanhas e perceba que não está anunciando para um público importante. Ou talvez você veja que há um sinônimo comum que não está sendo usado. Isso é importante porque ninguém conhece tão bem o seu público e sua especialidade quanto você.

Outra dica é a análise de termos de pesquisa. O Google permite que você veja o que as pessoas têm pesquisado para chegar até você. Analisando essa lista você pode adicionar palavras-chave negativas para que somente o seu público ideal chegue até você.

Para que esse processo seja mais eficiente, é bom que você identifique apenas os termos chave e não frases inteiras que as pessoas pesquisam.

A terceira e última dica é a otimização de anúncios. Geralmente, quem é especialista em campanhas possui bons conhecimentos em copywriting e conhece técnicas para otimizar os textos dos anúncios. Contudo, pode ser que o médico saiba de diferenciais que o destacam e que ainda não foram testados nos anúncios. Por isso, vale repassá-los ao especialista.

Por que o Google Ads é uma ótima opção?

Aqui no iMedicina já configuramos e gerenciamos centenas de campanhas. Alguns clientes estão conosco há anos e mantém seus resultados constantes por muito tempo. Em toda a nossa experiência, já constatamos inúmeras vezes casos de clientes que optaram por não fazer Google Ads e tiveram resultados bem inferiores aos outros profissionais.

Vejamos, por exemplo, o caso de dois médicos Cirurgiões Vasculares que trabalham na mesma cidade. Nos meses de dezembro de 2018 e janeiro de 2019, o médico que investia em Google Ads teve 2069 novas visitas em seu site. Isso em apenas dois meses! O outro médico, que não investia, teve 107 novas visitas no mesmo período. Isso significa que um teve cerca de 20 vezes mais acessos do que o outro.

Lembre-se que o Google Ads é uma divulgação na hora certa, no lugar certo e para a pessoa certa. Está dentro das regras de publicidade médica do CFM e é extremamente rápido.

Há quem opte por colocar o site no ar e esperar até que ele apareça organicamente na primeira página do Google. O problema é que além de demandar um trabalho de SEO muito bem feito, esse processo demora muitos meses e pode não funcionar, já que a concorrência é bem maior aí…

E agora? Por onde eu começo?

Como falamos, esse serviço é mais fácil de se encontrar do que parece. Aqui no iMedicina possuímos vasta experiência na gestão de Google Ads. Temos uma rotina de otimização de contas e estamos sempre buscando resultados melhores para os nossos clientes PRO (para conhecer, acesse nossa página de planos).

Além disso, estamos em frequente contato com o suporte do Google para resolver quaisquer problemas ou bugs que possam surgir.

Lembre-se de que tudo isso é sobre atrair mais pacientes de uma forma segura e constante. Essa plataforma é apenas uma, dentre os muitos canais de aquisição (se quiser conhecer outras, já falamos sobre isso também). É sempre importante zelar pelo bom funcionamento de tudo para alcançar os resultados esperados.

Sobrou alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário aqui embaixo e leia outros artigos em nosso blog.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.