18 de outubro, dia do médico: saiba como essa data foi escolhida

dia do médico

O papel do médico, como profissional responsável pela promoção da saúde da população, incentivo a uma vida saudável e prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças, é imprescindível em nossa sociedade, por isso, nada mais justo do que dedicarmos um dia em sua homenagem. O Brasil comemora o Dia do Médico em 18 de outubro, data em que também é celebrado o Dia de São Lucas, o santo protetor dos médicos, mas a data pode variar ao redor do mundo.

 

Antes de falar das origens, que tal dar um presente para os médicos que você conhece?

Preparamos uma série de e-books gratuitos para comemorar esse dia!

Se você gostaria de dar um baita presente para seus médicos, compartilhe com ele a nossa página de E-books Gratuitos que vão ajudá-lo a organizar melhor o consultório. São mais de 20 livros digitais! Tudo o que você precisa fazer é copiar e colar a mensagem abaixo no seu Facebook e marcar o médico:

Mensagem para dia dos médicos

“Olá Dr. Fulano!

Nesse dia especial, gostaria muito de agradecer pelo carinho e cuidado que você dedica aos seus pacientes. Encontrei na página do #iMedicina um presente especial para o seu dia! Espero que goste! É uma série de livros digitais que hoje estão gratuitos, para comemorar o seu dia, e para te ajudar no consultório! Receba com carinho o presente que eu e o iMedicina preparamos para você! Feliz dia do médico! 

Para acessar, use o link: http://imedicina.com.br/materiais-educativos

Abraços,

Seu nome”

 

A origem do Dia do Médico no Brasil

A escolha do dia 18 de outubro para homenagear os médicos no Brasil tem origem cristã. Nessa data, a Igreja Católica comemora o Dia de São Lucas, um santo que em vida foi médico e, por isso, é considerado o protetor dos médicos pelos católicos.

O estabelecimento do Dia do Médico no Brasil é atribuído a Eurico Branco Ribeiro, um conhecido médico paranaense. Entretanto, não existem informações exatas sobre quando a data foi estabelecida no país.

O idealizador do Dia do Médico no Brasil nasceu em Guarapuava, em 1902, se formou em Medicina pela Faculdade de Medicina de São Paulo, em 1927, foi professor de cirurgia e fundou o Sanatório São Lucas, em São Paulo. Além de médico, ele foi escritor e filantropo e também era um cristão devotado. Assim, surgiu seu interesse pela vida de São Lucas, levando-o a pesquisar sobre essa figura cristã, o que resultou em alguns livros a respeito do santo.

O primeiro foi lançado em 1969. “Médico, Pintor e Santo” é uma obra de quatro volumes com mais de 600 páginas. Nela, Ribeiro cita que a Universidade de Pádua, na Itália, começou o seu ano letivo de 1463 em um dia 18 de outubro para homenagear São Lucas, que foi anunciado patrono do “Colégio dos Filósofos e Médicos”.

O médico paranaense ainda lançou mais duas obras sobre São Lucas: “O Livro que Lucas não Escreveu”, em 1969, e “Lucas, o Médico Escravo”, em 1974. Seus estudos e publicações fizeram com que fosse considerado um dos maiores entendedores de São Lucas em todo o mundo.

Dia do Médico e São Lucas

São Lucas, padroeiro dos médicos na religião católica, foi um dos quatro evangelistas do Novo Testamento. Em ordem cronológica, seu evangelho é o terceiro, após os evangelhos de Mateus e Marcos. Ele também escreveu o “Ato dos Apóstolos”, que serve como complemento do evangelho. Embora Lucas não tenha convivido pessoalmente com Jesus, seus textos são baseados nos depoimentos de pessoas que foram testemunhas da vida e da morte do Messias cristão.

Além de médico, acredita-se que São Lucas também era pintor, historiador e músico. Considerado patrono dos médicos desde o século XV, ele teria estudado Medicina na Antioquia, cidade onde também teria nascido. A Antioquia era uma cidade que hoje está localizada em um território sírio. Na época de Lucas, a cidade foi um dos centros mais importantes da civilização helênica na Ásia Menor. O médico não era hebreu e sim gentio, denominação dada a todo aquele que não seguia a fé judaica, tendo posteriormente se convertido ao cristianismo. Ele teria vivido no século I d.C., mas não se sabe com exatidão a data de seu nascimento, bem como a data de sua morte.

Na verdade, não há informações precisas sobre a vida de São Lucas, mas acredita-se que ele morreu aos 84 anos. Não se sabe com clareza se a data 18 de outubro se refere ao seu nascimento ou à sua morte.

Mesmo sem provas documentadas, para a Igreja, existem provas indiretas de que ele foi médico, sendo possível encontrar as principais delas na própria Bíblia. A primeira está na epístola aos colossenses, quando São Paulo se refere a ele como “Lucas, o amado médico”. Lucas e Paulo teriam sido grandes amigos. Referências históricas também dizem que Lucas foi um médico bondoso, abnegado e que se dedicava aos seus pacientes.

Outro indício de sua profissão está na terminologia usada por ele mesmo em seus escritos. Em algumas passagens, Lucas usa termos e palavras que mostram certa familiaridade com a linguagem médica da época. Esse indício se tornou objeto de estudos críticos comparativos entre os textos dos evangelhos de Marcos, Mateus e Lucas, sendo indicado pela Igreja Católica como relevante na comprovação de que São Lucas foi mesmo médico.

O Dia do Médico pelo mundo

A escolha do dia 18 de outubro como Dia do Médico – e de São Lucas como patrono desses profissionais – é comum em vários países de base cristã, entre eles: Itália, Portugal, França, Espanha, Bélgica e Polônia, além do próprio Brasil.

Embora existam relatos de que a Inglaterra também comemore essa data em 18 de outubro, ela ainda não foi reconhecida oficialmente no Reino Unido, já que existe uma petição no site do parlamento britânico pedindo a instituição de uma data para celebrar esses profissionais e o trabalho que desenvolvem junto à comunidade.

Mas existem diversas nações ao redor do mundo que homenageiam seus médicos em datas diferentes.

Os Estados Unidos comemoram o Dia do Médico (Doctor’s Day) em 30 de março, data em que a anestesia foi administrada pela primeira vez em um paciente em 1842, pelo Dr. Crawford W. Long, no estado da Georgia. Existem registros de que os americanos comemoram essa data desde 1930, quando foi criada pela esposa de um médico na Georgia, a sra. Eudora Brown Almond. A primeira comemoração do Dia do Médico no país teria sido realizada pelas esposas de alguns médicos em Winder Georgia, no nordeste de Atlanta, capital da Georgia. Entretanto, o dia só foi oficializado em 1990 pelo então presidente George W. Bush, através de uma lei.

No Canadá também se comemora o Doctors’ Day, mas no dia 1º de março, data que marca o nascimento da Dra. Emily Stowe, primeira mulher a ser médica no país. A data é oficial desde o ano de 2011.

O dia 1° de julho foi escolhido para a comemoração do Dia do Médico na Índia, em homenagem ao Dr. Bidhan Chandra Roy, um grande médico indiano, que cursou medicina no Medical College Calcutta, na University of Calcutta. Ele também foi Ministro-chefe de Bengal Ocidental durante 14 anos – de 1948 até morrer aos 80 anos, em 1962. Foi um médico respeitado e fundou cinco cidades: Bidhannagar, Durgapur, Kalyani, Habra e Ashokenagar. Ele recebeu a mais alta condecoração civil do país. Nasceu e morreu no dia 1° de julho, por isso a escolha da data.

No Irã, o Dia do Médico Nacional é comemorado no aniversário de Avicena. Esse país usa um calendário diferente, sendo que o dia Shahrivar iraniano corresponde ao nosso dia 23 de agosto. Avicena escreveu aproximadamente 450 tratados sobre variados assuntos. Apenas 240 deles sobreviveram, sendo 150 sobre filosofia e 40 sobre medicina. “The Book of Healing”, uma grande enciclopédia filosófica e científica, é sua obra mais famosa, juntamente com “The Canon of Medicine”, texto médico padrão utilizado em diversas universidades medievais.

Diversos países da América Latina, como Argentina, Uruguai, Cuba e Paraguai, celebram o Dia Internacional del Médico em 3 de dezembro, em homenagem ao médico de origem cubana Dr. Carlos Finlay, responsável por comprovar a teoria de que a febre amarela se propaga através do mosquito Aedes aegypti, salvando milhares de vidas no continente e impulsionando as pesquisas médicas na América tropical. A data foi estabelecida pelo Pan American Medical Congress, em 1933, em Dallas, nos Estados Unidos. O evento coincidiu com o centenário do nascimento do médico (03 de dezembro de 1833).

A Venezuela celebra el Dia del Médico Venezolano desde 1955 no dia 10 de março, data de nascimento de José María Vargas, que, além de médico, foi presidente da República, inovador da medicina no país e o primeiro reitor da Universidade Central da Venezuela.

Já o México comemora em 23 de outubro el Dia del Médico. A data foi escolhida como forma de celebrar a inauguração do Establecimiento de Ciencias Medicas, em 1833, uma instituição de ensino superior responsável por desenvolver a medicina nacional.

Podemos ver que o Dia do Médico é celebrado em todo o mundo, geralmente em datas que comemoram os avanços da medicina ou que celebram grandes nomes da área, reconhecendo a importância global dessa profissão para a coletividade.

Importância do Dia do Médico

A comemoração do Dia do Médico é uma forma da sociedade como um todo reconhecer e homenagear o trabalho desse profissional, que dedica a sua vida ao bem-estar e à minimização dos sofrimentos da população. É uma data simbólica, que nos permite agradecer os sacrifícios e a dedicação de cada médico que já cuidou de nós.

Além da grande responsabilidade que essa profissão exige, muitos médicos enfrentam muitas dificuldades todos os dias, como a falta de recursos e de estrutura em muitos hospitais do Brasil. Mais do que um reconhecimento da importância dessa classe, o Dia do Médico é também uma data para se pedir mais investimentos na área da saúde e por condições de trabalho adequadas.

Se você gostou desse artigo, confira outros textos sobre medicina em nosso blog!

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.