Clínica popular: como elas vem crescendo no mercado

clínica popular

O tipo de clínica dita popular vem crescendo em nosso país. Trata-se de estabelecimentos médicos que oferecem consultas de qualidade a preços mais baixos do que em uma clínica convencional. O intuito é driblar a demora no atendimento médico via SUS bem como as taxas abusivas dos planos de saúde. Além disso, elas são voltadas para aquelas pessoas que não possuem poder aquisitivo suficiente para pagar as consultas médicas em uma clínica convencional.

Pode ser muito vantajoso para os profissionais da saúde abrir ou trabalhar em uma clínica nesses moldes. A crise no último ano impulsionou esse modelo de negócio que oferece consultas de qualidade de maneira rápida.

O objetivo é oferecer consultas baratas, de no máximo R$ 120, bem como um espaço para a realização de exames. Os exames, em geral, são 50% mais baratos. As clínicas já existentes não cobram por inscrição nem mensalidade, afinal, não querem ser confundidas com plano de saúde.

Como funcionam as clínicas populares?

Um indicativo do crescimento dessas clínicas é a queda no número de pessoas com plano de saúde: menos 1,3 milhão de pessoas.

Apesar do modelo de negócio ter sido pensado para classe C, pessoas com maior poder aquisitivo já estão aderindo às clínicas populares. Mas o que fazer para manter essa estrutura?

Para quem deseja se aventurar nessa área de clínicas populares, é necessário saber que precisa cortar diversos custos. A estrutura, em primeiro lugar, é mais simples, apesar de ter todo os equipamentos necessários. Os exames mais complexos são feitos em clínicas parceiras, com condições especiais, pois a demanda de pacientes é muito maior. As margens de lucro são menores e, como não há área hospitalar, o custo com equipamentos também é reduzido.

Outra maneira de driblar os problemas é aderir às franquias, as quais já possuem um nome consolidado no mercado e propiciam bom retorno financeiro. É uma forma mais sustentável e ao mesmo tempo que concede crescimento acelerado para quem deseja ingressar no ramo.

Além disso, mais uma questão que garante o sucesso do empreendimento é a localização estratégica, entre os maiores bairros da cidade de atuação, próximo a terminais de ônibus, postos de saúde e hospitais.

O modelo funciona, mas há desafios diários a fim de manter a clínica ativa e com qualidade. Apesar da estrutura mais básica, o objetivo é oferecer qualidade semelhante ao atendimento particular, bem como focar na rapidez do atendimento.

Vantagens para o profissional

Para os médicos que desejam trabalhar em ambientes assim também há vantagens. Normalmente a agenda é mais flexível e o médico irá montá-la de acordo com os outros locais que também trabalha. Apesar de a remuneração não ser tão alta, pode superar a de convênios médicos, por exemplo.

Logicamente, é preciso analisar as propostas das clínicas populares a fim de saber se vale a pena trabalhar nelas. É necessário esclarecer que não é fácil manter um negócio a tão baixo custo para os clientes, mas que há formas de chegar a esse objetivo sem precarizar tanto o atendimento como o salário da equipe médica.

É muito importante entender que, atualmente, para garantir seu espaço no mercado, o profissional da área da saúde deve estar sempre atualizado e investindo em ações que aumentem a visibilidade de sua clínica ou consultório, através de uma estratégia de marketing e de um bom atendimento e relacionamento com o paciente.

Você sabia que existem softwares médicos extremamente eficazes que auxiliam na gestão do consultório e no relacionamento com os pacientes? E que, inclusive, podem ajudá-lo na parte estratégica e no marketing do consultório? Já pensou se, no seu software médico, além de gerenciar seus pacientes, você pudesse também criar e conduzir o seu próprio site e blog?

No iMedicina nós oferecemos essa possibilidade! Conheça nossa proposta visitando a nossa página e entenda melhor como informatizar o seu consultório e atrair novos pacientes!

Quer ler mais sobre o assunto? Acesse o nosso blog!

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.