Coronavírus e o impacto nos profissionais liberais da saúde

informacao-covid-para-pacientes

*Nessa página você vai encontrar templates gratuitos com informações para seus pacientes sobre o Covid-19 para usar nas suas redes sociais (basta copiar e colar)

O Covid-19 é, provavelmente, um dos maiores desafios agudos que o sistema de saúde mundial já precisou encarar. Está sendo difícil para todos e este certamente será conhecido como um momento muito triste para a história da humanidade. 

É difícil falar sobre outros assuntos no momento e somos absolutamente contra usar esse ponto como oportunismo estratégico para os negócios. O momento exige um olhar humano. Como médico e líder de uma empresa que ajuda outros médicos a se posicionarem estrategicamente, me sinto na obrigação de compartilhar algumas visões que podem auxiliar esses colegas nesse momento difícil.

Nossa missão por aqui é ajudar os profissionais de saúde com os desafios em suas respectivas carreiras e profissões (profissionais de saúde também são humanos, por mais difícil que possa ser o entendimento desse conceito). E essa será também uma fase muito delicada para vários desses profissionais de saúde, em especial aqueles que não se prepararam para momentos de crise econômica e humanitária como essa. O momento é de pânico social, mas a cabeça de vários médicos está inquieta pensando também nos enormes impactos pessoais que sofrerão com esse momento.

Como estamos há anos lidando diariamente com médicos de todas as especialidades e conversando com essas pessoas de forma aberta sobre negócios e carreira, sabemos que são muitos os que possuem renda 100% ancorada em seu trabalho diário, como profissionais autônomos. Quase nunca hácobertura e segurança para momentos de crise. Nos sentimos na obrigação de falar sobre esse assunto de forma aberta.

Vários médicos vão sofrer com o impacto financeiro, com desbalanceamento de contas e com perdas significativas de investimentos realizados (tanto no consultório quanto fora dele). E o pior de tudo: vários vão tomar decisões precipitadas e erradas com base em pânico e emoção. 

A situação da medicina já não está simples: brigamos por melhores honorários, melhor qualidade de atendimento e mais respeito pela classe há anos. Vários colegas estão correndo risco de desconstruir tudo isso por decisões intempestivas, tomadas no calor do momento.

Um investidor experiente não fica em posição de desinvestimento após uma grande queda: ele atua da maneira oposta, comprada. Perde investimento e fica descrente com o sistema, aquele investidor que entra depois da alta já certa e sai depois da baixa já estabelecida. A bolsa é a mesma, mas o primeiro investidor a enxerga com bons olhos, o segundo só tem más lembranças.

O mesmo vai acontecer com consultórios: o desinvestimento agora vai causar recessão e fechamento de várias clínicas e consultórios, fazendo com que vários colegas se sintam obrigados a voltar para trabalhos ruins e que exploram sua mão de obra, no pós-crise. O momento é o de começar a se preparar para o retorno normal das atividades, que acontecerá daqui a algumas semanas ou meses.

A demanda reprimida vai precisar de ajuda e os pacientes que usam o sistema apenas de forma eletiva vão estar ávidos por auxílio médico. Não deixe os convênios e as grandes empresas lucrarem com essa oportunidade, enquanto o seu consultório se afunda em dívidas.

Esse desinvestimento em massa, causado por emoção e pânico nos preocupa muito. Você vai entender exatamente o motivo exato desse incômodo quando entender o porquê vários dos nossos clientes tiveram 10x mais visibilidade nos últimos diasdo que em períodos anteriores médios. Para te explicar o motivo, te darei antes uma pequena contextualização.

O iMedicina nasceu com 2 grandes objetivos:

  1. levar informação útil para pacientes, diretamente de seus médicos. Indiretamente, ao cumprir esse objetivo, acabamos gerando audiência para essas fontes confiáveis de informação em saúde (os profissionais médicos).
  2. ajudar médicos no planejamento estratégico de carreira para minimizar oscilações financeiras em momentos de crise e aumentar o faturamento financeiro no longo prazo.Fazemos isso com soluções de ponta a ponta, que cobrem toda a experiência dos pacientes quando em contato com serviços de saúde.

Para o primeiro objetivo (levar informações úteis para pacientes), criamos sites, ajudamos médicos com redes sociais e conteúdos. Criamos o maior portal de serviços de marketing de conteúdo para médicos do país.

É verdade: às vezes, somos criticados por lidar com um tema que é polêmico na classe médica. Esse é um fato.

Mas é exatamente em momentos como esse que vemos a importância do que estamos fazendo:

  • Vários dos nossos clientes estão sendo a fonte útil de informação para muitos pacientes que estão buscando dados sobre Conoravírus devido ao resultado do trabalho que realizamos há meses.A audiência de vários desses clientes está na casa dos vários milhares e o impacto desses médicos é surrealmente alto em momentos como esse.

A internet é uma fonte de busca de informações em saúde e é usada para procura de serviços médicos há anos. Quando um médico do iMedicina se destaca nas buscas por temas de sua especialidade, acontece uma troca muito justa: o paciente se informa com qualidade e o médico aumenta sua visibilidade e demanda por serviços.

De nada adianta sair correndo agora e tentar aproveitar a oportunidade: estamos falando de audiência construída tijolo a tijolo, por meses. Colhe o fruto agora aquele que investiu há 1 ano. E quando a crise passar, a capilaridade alcançada por esses profissionais será ainda mais alta. Nesse momento, é hora de não fazer como o investidor que entra depois da alta e se frustra depois.

A correlação que podemos fazer é com a própria epidemia: um paciente impactado por bons médicos passa a informação para 2 (dado hipotético, que acabei de inventar). Assim, um médico com 10.000 pacientes em sua audiência atinge 100.000 de forma muito rápida em momentos como esse, de alto “contágio de informação”. Um médico com 200 pessoas em sua audiência, às vezes, nem encontra espaço. O sistema controla esse avanço muito rapidamente, pois não atinge massa crítica para crescer sozinho.

Médicos que começaram a investir em criação de audiência há 1 ou 2 anos, agora, estão bem posicionados.

Para cumprir o segundo objetivo (auxiliar na carreira e na estabilidade), oferecemos soluções de gestão, marketing e relacionamento com pacientes, que ajudam na comunicação e fidelização de pacientes.

Isso gera um benefício de aumento de volume de negócios e faturamento, mas também tem seu lado social:

  • Diversos clientes estão usando nossas ferramentas de comunicação para notificar seus pacientes, dar orientações e para conduzir de forma mais próxima seus casos. Nesses momentos, os pacientes conseguem enxergar o cuidado e se sentem acolhidos, afinal, seus médicos estão por perto. Estamos conseguindo evitar muitas idas desnecessárias aos serviços de pronto-atendimento com a boa orientação de pacientes em canais efetivos.

Em momentos como esse, percebemos o lado humano do que fazemos aqui.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

O momento é de repensar ações e mostrar o caminho para mais profissionais. Se tivéssemos mais médicos preocupados com comunicação e marketing, teríamos mais canais e mais acesso para os pacientes. A informação, talvez, chegaria mais rapidamente até eles, nesse cenário hipotético. E não pense que esse não é um problema: os serviços vão atingir a lotação também por falta de educação e informação.

O que você pode fazer agora?

Através desse conteúdo, queremos ajudar de duas maneiras os profissionais de saúde que não se prepararam anteriormente, mas que estão enxergando que precisam sair da inércia e que vão sofrer com essa crise humanitária:

1. Templates GRATUITOS para você usar agora, para ajudar seus pacientes no curto prazo

Estamos oferecendo gratuitamente o acesso a alguns templates de posts que você pode usar em suas redes sociais, sem restrições, para informar seus pacientes sobre o Coronavírus.

Acredite: é muito diferente um paciente ler algo em um portal de informações genéricas (como o Globo, por exemplo) e ler algo do médico que ele confia. 

Os textos que estamos oferecendo podem ser modificados à vontade por você, com enriquecimento de dados. São focados no público leigo e tem a função de ajudar a entender melhor: quase ninguém entende a profundidade do que está acontecendo, portanto, não pense que o conteúdo é simples demais (ele apenas reflete o grau de maturidade do brasileiro médio para o problema). Usamos imagens diferentes para você usar em mais de um dia alertando para o mesmo tema, de uma maneira alternativa, pois chamam a atenção de pacientes com características diferentes.

A plataforma funciona de forma muito simples: você acessa, lê os conteúdos e escolhe os que quiser. Já existem alguns e estamos produzindo mais, logo, volte sempre a esse link e confira as novidades. Na categoria “Coronavírus”, todos estão sem direitos autorais.

O fluxo é o seguinte:

  1. Acesse a categoria “CORONAVÍRUS”
  2. Selecione os posts que deseja (você poderá editar depois de baixar) e adicione ao “carrinho de compra”
  3. Depois de selecionar todos os que deseja, vá para o carrinho e finalize a “compra”
  4. Na etapa final, vai aparecer o link para download dos textos e imagens, para você usar à vontade

O processo simula uma “compra”, pois nossa plataforma original foi adaptada para esse momento.

Use esse link aqui para acessar a plataforma.

Eles estão com a marca do iMedicina e você pode remover se quiser, sem problema algum. O objetivo é ajudar, não ganhar divulgação gratuita. Sinta-se livre para fazer o que quiser com esse conteúdo de base. Use as tags #medicosqueinformam e #imedicina para que mais médicos ajudem nessa divulgação e se juntem a você, SE quiser.

Em nossa base de e-mails, são quase 100.000 profissionais de saúde cadastrados e esperamos atingir cerca de 5 milhões de pacientes com essas informações. Use com o fim que desejar e não se preocupe, pois o conteúdo é seu a partir do momento que você o baixar.

Se quiser compartilhar mais conteúdos informativos com mais colegas, me encaminhe o template (texto e imagem) que faço questão de publicar nesse mesmo link, para que mais colegas tenham acervo de conteúdo para compartilhar.

Compartilhe o link dessa página em seus grupos de Whatsapp clicando aqui.

2. Criação de estratégia para que você tenha o maior aproveitamento possível durante esse período de eventual ociosidade

Sabemos que vários profissionais de saúde ficarão ociosos nesse período. Cirurgiões plásticos, dermatologistas, nutrólogos, gastros, oftalmos e muitos outros, apenas como exemplo. Vários médicos atendem apenas eletivos e não possuem mais contato com urgências. 

Esse é um momento de angústia, pois as contas chegam e o faturamento vai embora.Mas não é motivo para pânico. Use esse momento para busca de informações e estudo de áreas que podem te ajudar em eventos similares a esse, no futuro: geralmente não temos tempo para nos preocupar com essas coisas.

Queremos sugerir uma trilha de conhecimento que vai te ajudar:

  1. Clínicas digitais: uma leitura densa, de 250 páginas, que explica todas as estratégias usadas por essas clínicas que conseguiram se destacar em momentos de crise humanitária, como esse
  2. Curso de marketing médico: um curso direto, que explica como o conteúdo útil e informação médica de qualidade pode te ajudar a informar pacientes e conseguir resultados e mais visibilidade
  3. E-books diversos sobre gestão em saúde, para ajudá-lo a entender pontos em que você é deficiente ou que não teve oportunidade de aprofundar, pela correria do dia a dia

Ainda, estamos aumentando a disponibilidade de atendimento de nossos consultores especialistas em carreira médica e negócios. Eles são profissionais treinados para ajudar médicos a entenderem as melhores estratégias para seus consultórios conseguirem mais estabilidade.

A agenda deles está aberta, aqui. Basta preencher os dados para receber contato.

Se você é cliente do iMedicina e quer conversar sobre estratégias para esse momento, acione o gestor de conta através do e-mail e agende um horário diretamente com o profissional responsável pela sua conta. Como colega médico, coloco à disposição meu e-mail para te ajudar nos desafios que pudermos superar juntos: raphael@imedicina.com.br

Até hoje, já passaram milhares de médicos por esses consultores. Vários deles receberam ajuda e melhoraram os negócios. Não temos a intenção desesperada de vender nossas soluções: nossa intenção é minimizar estragos como o que estamos tendo agora. Se essa conversa ajudar você a ter mais clareza sobre o que fazer nas suas estratégias, nosso objetivo foi cumprido.

Portanto, aproveitamos o momento para reforçar nosso posicionamento nessas duas frentes: acreditamos que médicos com consultórios bem estruturados sofrem menos impactos. Acreditamos que informação útil é um dos maiores legados que podemos deixar e um dos melhores investimentos que podemos fazer.Considere esse momento de calmaria como uma oportunidade para se adaptar a essas novas realidades e minimizar problemas futuros.

A equipe do iMedicina deseja a melhor saúde para você, seus familiares e pacientes! Vamos juntos superar essa fase!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.