10 mitos sobre software médico: desmistificados!

10-mitos-sobre-software-medico-desmistificados

Definitivamente, o software médico não é necessariamente algo novo para o setor de saúde, mas ultimamente está ganhando muita popularidade, parcialmente por conta dos seus benefícios e pela capacidade de simplificar determinadas ações e tarefas.

Com as organizações de saúde adotando softwares de gestão médica, muitas informações são repassadas de forma imprecisa e completamente distorcidas. Eis que então surgiram mitos sobre o software médico, os quais serão desmistificados agora!

Com isso mente, separamos no post de hoje os 10 mitos sobre software médico!

Vamos lá?

 

1. Um software médico é mágico!

Enquanto um software médico pode trazer mais eficiência e reduzir os erros em seu consultório, eles não são “mágicos”. Na verdade, o único responsável por fazer a “mágica”, juntamente com um software médico, é você mesmo. Como o software de gestão médica afetará o seu consultório vai depender da maneira como você utiliza-o.

 

2. A relação com o paciente é afetada negativamente

Um dos principais mitos envolvendo um software médico é que o sistema vai lhe impedir de dar a atenção que os pacientes merecem. É como se o sistema lhe prendesse a tela do computador em vez de conversar com o paciente e fornecer um atendimento aprofundado. No entanto, a verdade é que você pode fornecer um melhor atendimento com um software de gestão médica.

Com um clique do mouse você pode puxar informações sobre diabetes, por exemplo, e mostrar ao paciente na tela e discutir sobre um plano de ação, imprimindo todas as instruções para ele. Enfim, um software médico só vai melhorar o seu atendimento.

 

3. Todos os softwares médicos são os mesmos

Outro mito comum é achar que, pelo fato do sistema ser classificado como um “programa”, que todos são iguais. A verdade é que cada software médico oferece benefícios e recursos diferentes. Por exemplo, apenas porque um software permite que você gerencie suas tarefas de forma simples e rápida, não significa que outro software terá o mesmo recurso. Todo software tem o seu diferencial.

 

4. A transição do papel para a eletrônica será longa

Este é um mito/medo muito comum. Portanto, antes mesmo de utilizar uma versão de demonstração de um software, você deve se informar detalhadamente de como as coisas vão acontecer, do início ao fim. Você deve ser capaz de fazer toda a transição do papel para o software tão rapidamente ou tão lentamente quanto você precisa.

Por exemplo, você pode começar a adicionar apenas novos pacientes. Se quiser começar devagar, basta catalogar dois pacientes de manhã e alguns à tarde durante as primeiras semanas. Não há necessidade de digitar tudo de uma vez.

Depois que você aprender a usar o sistema e ter todos os seus pacientes ativos registrados corretamente, você vai notar um aumento da eficiência e entender verdadeiramente o porquê você fez a migração para o software.

 

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

5. Software médico é um pesadelo para implementar

O nível ao qual um novo software de gestão médica interromperá o andamento do seu consultório pode ser determinado antes da compra. Este é o ponto onde escolher o software médico certo para o seu consultório fará diferença em sua experiência.

Trabalhar com uma equipe que investe tempo e experiência não só na instalação e treinamento, mas também no suporte pós-implementação, só evitará pesadelos.

 

6. Resistência do pessoal

Este não é exatamente um mito, mas realidade. O maior obstáculo para qualquer nova implementação pode ser a resistência à mudança do pessoal e dos próprios médicos.

No entanto, alertar o pessoal sobre a mudança desde o início, comunicar abertamente as razões para implementar o software de gestão médica e os seus benefícios gerais, muitas vezes eliminam essa resistência pessoal à mudança.

 

7. Usar um software médico é caro e afetará minha produtividade

O custo de se ter um software de gestão médica por dia é menor do que comprar um café e um sanduíche na Starbucks.

Usar um software médico de qualidade em seu consultório pode ser um verdadeiro programa de eficiência e produtividade, já que o sistema possui inúmeros recursos.

 

8. O fornecedor do software possuirá seus dados

Isso nunca acontecerá. Nenhum fornecedor/desenvolvedor de software armazenará seus dados sem sua permissão. Os registros são seus e ninguém terá acesso.

 

9. Softwares médicos são muito complicados

As organizações de saúde têm gerenciado registros médicos de pacientes da mesma forma por longos anos, fazendo manualmente a entrada de informações, fazendo cópias, mantendo gráficos, arquivos, etc…

É claro que, a ideia de aprender a utilizar um novo programa parece assustadora no início. No entanto, os softwares médicos não são complicados ou difíceis de usar e, além disso, melhoram a eficiência do escritório e o atendimento ao paciente.

 

10. Softwares médicos apresentam um risco de segurança

Muito pelo contrário! Os profissionais de saúde precisam de credenciais de login para acessar o software. Além disso, os dados são salvos, na maioria das vezes, em nuvem, o que significa que tudo está protegido a ocorrências infelizes, como inundações e incêndios, o que poderia facilmente arruinar seus registros em papéis.

Enfim, estes são apenas alguns dos mitos comuns sobre software médico. Se você acreditava em alguns deles, reveja seus conceitos, pois a adoção de um software de gestão médica está em constante evolução, se popularizando cada vez mais.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.