O que você perde usando um software médico offline em sua clínica

Sofware-medico-offline
Powered by Rock Convert

Antigamente, a maioria das pessoas vivia em casas que eram unidades independentes. Hoje, muitas pessoas (pelo menos nas cidades) vivem em condomínios fechados.

Uma vez que as famílias vivem em uma sociedade fechada, todos eles compartilham de uma grande infraestrutura e também pagam por uma série de comodidades comuns, como piscina, parque, campo de futebol e segurança “pessoal”.

Conceitualmente, o software médico off-line é semelhante à casa independente. E o software médico baseado na nuvem é semelhante à sociedade fechada.

Ao buscar por “software médico” no Google, você vai se deparar com duas opções:

  1. Softwares baseados na Web
  2. Softwares off-line

O software off-line (ou software de desktop) é instalado em um computador a partir de um CD. Após a sua instalação, ele reside localmente como parte do sistema operacional. Já o software baseado na Web, é um software que roda na nuvem. Para acessá-lo, o sistema requer duas coisas básicas: acesso à Internet e um navegador Web. Além disso, o sistema pode ser acessado por smartphones e tablets também.

Cada tipo de software oferece seus benefícios. No entanto, o software off-line acabou se tornando uma tecnologia ultrapassada, especialmente com os avanços tecnológicos.

Acompanhe-nos agora e saiba quais são os maiores perigos de se utilizar um software médico off-line e o que você perde utilizando-o em sua clínica. Vamos lá?

 

1. Segurança

Um dos principais riscos de se utilizar um software médico off-line está, obviamente, relacionado à segurança das informações dos pacientes e da própria clínica.

Armazenar todas as informações dentro do computador da clínica pode acabar gerando uma grande dor de cabeça. Além da possibilidade do HD se corromper e os arquivos serem perdidos, desastres naturais podem fazer você perder tudo.

 

2. Atualizações

Ok, você está utilizando um software off-line e ele está pedindo uma atualização para voltar a funcionar normalmente. O que você fará enquanto o software estiver indisponível? A maioria das atualizações de softwares off-line demora, principalmente se a atualização é grande e o usuário utiliza uma Internet de baixa qualidade.

Obviamente, você ainda poderá cuidar do paciente. No entanto, se o atendimento depende dos registros médicos que estão arquivados no software, atender seus pacientes nesse tempo sem o acesso ao sistema será completamente impossível.

 

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

3. Compatibilidade

Assim como qualquer outro software local, o software médico off-line exige especificações para funcionar corretamente sem sobrecarregar o computador.

Antes de realizar a instalação, é necessário fazer uma análise completa do seu sistema atual e verificar se o processador, memória RAM e espaço livre no HD atendem pelo menos os requisitos mínimos do software. Sem falar que, alguns softwares não são compatíveis com alguns sistemas operacionais, principalmente Mac e Linux.

 

4. Suporte

Ao adotar um software off-line para a gestão da sua clínica, vez ou outra você terá que gastar dinheiro contratando empresas especializadas em TI para solucionar problemas.

Normalmente, as empresas que oferecem softwares off-line não possuem serviços de atendimento ao cliente de qualidade. No máximo, você terá suporte por e-mail, mas terá que solucionar o problema do seu software sozinho – ou pagar para alguém.

 

5. Mobilidade

No mundo em que vivemos, onde se tem acesso a quase tudo pelo celular, a mobilidade é algo extremamente importante em um sistema médico.

No entanto, com o software médico off-line, só é possível acessar os dados de seus pacientes e informações importantes do seu negócio enquanto se está na clínica.

Em casos de emergência, por exemplo, o acesso rápido aos registros médicos é extremamente importante. E com o sistema médico off-line, você precisaria se deslocar até a sua clínica para acessar essas informações.

 

Software médico off-line Vs. baseado na nuvem: Qual a melhor opção?

A resposta é bem simples: o software médico baseado na nuvem é a melhor opção!

O software médico baseado na Web oferece mais segurança, não requer atualizações, é compatível com qualquer sistema operacional e hardware, oferece um serviço de suporte de alta qualidade e pode ser acessado de qualquer lugar a qualquer hora.

Escolher um software médico para a sua clínica não é realmente uma tarefa fácil, especialmente por conta das muitas opções disponíveis no mercado. No entanto, ao procurar por um sistema de gestão médica, dê preferência para as soluções baseados na Web (nuvem), evitando assim correr os ricos citados ao decorrer do post.

Ainda tem alguma dúvida sobre o software médico off-line? Deixe seu comentário!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: