O essencial sobre prontuário digital para clínicas

O essencial sobre prontuário digital para clínicas

A Medicina está em constante evolução. A profissão já agregou diversas tecnologias no decorrer da história, a maioria muito benéfica para o paciente e para o setor. Um exemplo disso é o prontuário digital. 

À primeira vista, trata-se apenas da versão virtual do clássico prontuário do paciente. Contudo, esse software vai além. Ele inclui diversas tarefas capazes de revolucionar o dia a dia de todos os envolvidos: médico, paciente e profissionais de uma instituição de saúde.

A mudança mais simples a ser observada é a facilidade de não ter mais que lidar com pilhas de papéis guardados em arquivos. Com isso, a cada consulta, não ter que perder tempo precioso na procura pela ficha do paciente.

Com um clique, o prontuário digital já mostra todas as informações essenciais para a condução do atendimento. Isso inclui o histórico de doenças, os medicamentos utilizados, os exames prescritos, as alergias e diversos outros dados importantes.

Vale lembrar que essa facilidade não é nova. O software de prontuário já existe desde a década de 1960. No entanto, a matéria foi regulamentada no Brasil apenas em 2018 ( Lei nº 13.787/2018).

No entanto, o simples fato de não precisar guardar papéis não é a única vantagem do prontuário digital. Vamos te mostrar mais detalhes sobre ele. Acompanhe. 

Funcionalidades do prontuário digital

Para implantar esse tipo de ferramenta no consultório, é necessário analisar o que cada opção disponível no mercado oferece.

No prontuário digital criado pelo iMedicina, por exemplo, foram acrescentadas diversas outras atribuições, a fim de facilitar ainda mais o trabalho do médico e deixar as informações do paciente organizadas. 

Assim, o software oferece os dados do paciente em forma de “timeline”. Com isso, as informações mais recentes podem ser vistas no topo. Além disso, também é possível acrescentar notas rápidas e fazer o upload de arquivos, como laudos de exames e fotos. 

Quando é preciso realizar a impressão do prontuário, ela pode ser feita de forma personalizada. Isto é, com os dados do profissional, da clínica, logotipo e outras características próprias do local. 

Tudo isso pode ser acessado por multiplataformas: computador, celular e tablet, por exemplo. 

Mais uma boa notícia é a possibilidade de experimentar gratuitamente todas essas facilidades. 

Prescrição eletrônica no prontuário digital

Outra atribuição incluída no prontuário digital do iMedicina é a prescrição eletrônica. Isso é possível por meio da parceria feita com a empresa Memed, que oferece esse tipo de serviço. 

Dessa forma, na mesma página do prontuário, sem precisar deslogar, o médico já pode iniciar a prescrição. São mais de 60 mil medicamentos cadastrados, inclusive os de alto custo, em que o profissional já tem acesso ao formulário do Sistema Único de Saúde (SUS) e à Classificação Internacional de Doenças (CID). Com isso, o preenchimento do documento se torna mais rápido.

O médico nem precisa pesquisar por todo o nome do medicamento. Ao iniciar a digitação, já são oferecidas as opções. Porém, há a possibilidade de editar a posologia e outros detalhes. Além disso, quando o paciente possui uma alergia a alguma substância, e o remédio tem esse químico, a ferramenta indica o risco.

Também é possível realizar a prescrição de exames, com cerca de 2,8 mil deles já pré-cadastrados. 

Prontuário Eletrônico Gratuito

Muitas outras tarefas

Não para por aí: um software médico, além do prontuário, pode agregar diversas outras funcionalidades que contribuem para agilizar o dia a dia dos profissionais de saúde.

Um exemplo é o agendamento eletrônico. Com ele, o próprio paciente marca a sua consulta, sem precisar ligar para a instituição em horário comercial. Isso auxilia as recepcionistas, que podem focar a atenção no atendimento presencial de qualidade.

Após a consulta, o software também pode ser utilizado para enviar lembretes automáticos de retorno. Isso mostra ao paciente a preocupação da clínica com sua saúde. Além disso, os lembretes evitam falhas na agenda: quando se deixa o retorno agendado, mas o paciente esquece. 

O software do iMedicina também oferece relatórios de finanças. Os profissionais podem ver de maneira clara o que foi recebido e o que foi gasto com despesas fixas ou variáveis. Dessa maneira, é possível traçar estratégias para que a clínica sempre fique no azul. 

Prontuário digital mais seguro

A permissão do uso do prontuário digital não significa que um dos pilares da Medicina, o sigilo profissional, ficou para trás. É extremamente importante manter os dados dos pacientes sempre em segurança. 

Por isso, o CFM exige que os softwares possuam garantia de segurança 2 (NGS2), que requer uma assinatura eletrônica do médico, criada pelo certificado digital padrão ICP-Brasil.

O sistema criado pelo iMedicina cumpre com essa exigência e vai além. É utilizado um nível de proteção bancário e, mesmo com as diversas funcionalidades, apenas o médico visualiza as informações de saúde do paciente. A equipe administrativa só tem acesso aos demais dados não sigilosos. 

A hospedagem da plataforma é feita na Amazon AWS, HIPPA Compliant, conhecido por ser o mesmo servidor da NASA. 

Também não se pode esquecer do backup, realizado duas vezes por dia, além do salvamento automático a cada dez segundos. É a proteção necessária para evitar a perda dos dados por problemas técnicos com os computadores ou quedas de acesso à Internet, por exemplo. 

Prontuário digital gera vantagens para o paciente?

Durante todo esse texto, você viu como o prontuário digital pode facilitar o trabalho do médico e também dos demais colaboradores da instituição de saúde.

Todavia, não só eles saem ganhando: os pacientes também usufruem dos benefícios.

Ao não ter que procurar por um papel em meio a pilhas de arquivos, resta mais tempo para o médico se dedicar à consulta e ouvir todo o relato do paciente: suas queixas, medos e opiniões. 

Além disso, existe a garantia de segurança no atendimento médico. Como mencionado acima, o sistema faz a interligação dos dados do prontuário, como no caso da alergia, com as informações dos medicamentos no momento da prescrição eletrônica. Isso evita que um remédio, que pode ser prejudicial à saúde do paciente, seja receitado. 

É importante lembrar ainda sobre a praticidade no agendamento de consultas. Com ele, o paciente pode marcar sua consulta a qualquer momento e ter mais calma para analisar os horários disponíveis.

Tudo isso gera um resultado essencial: o encantamento e a fidelização do paciente. Afinal, ele ficará admirado com toda a facilidade oferecida e a atenção disponibilizada no atendimento. Consequentemente, pode-se esperar recomendações da clínica para amigos e familiares.

Portanto, mais do que uma versão virtual da antiga “ficha”, o prontuário digital auxilia em diversas áreas da gestão hospitalar, inclusive contribuindo para a boa imagem da instituição. 

iMedicina conta com um prontuário digital completo, gratuito e de fácil manuseio. Você pode começar sem custo e ir avançando quando achar necessário. A gratuidade não expira e a plataforma não tem limite de usuários. Por isso, pode ser utilizado por clínicas e consultórios de todos os tamanhos! Cadastre-se já e conheça todos esses benefícios!

metodologia imedicina

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: