Principais especialidades dos centros médicos

As principais especialidades de um centro médico

O centro médico foi criado para reunir uma série de especialidades médicas em apenas um lugar. Ele pode ser voltado a um público específico ou a uma função do corpo humano. Segundo dados do Conselho Federal de Medicina (CFM), mais de 50% dos profissionais brasileiros estão concentrados em sete especialidades médicas. E é sobre algumas delas que falaremos.

A alternativa de fazer um centro médico é boa não só para os pacientes, que encontram todos os serviços que precisam em somente um lugar, fidelizando sua permanência com o especialista, mas também para os médicos, que conseguem dividir custos com os colegas e têm possibilidade de aumentar sua clientela. Confira as principais especialidades disponíveis em um centro médico.

Especialidades

A cardiologia é a especialidade médica que diagnostica e trata doenças do coração e do sistema circulatório. A modalidade segue em duas frentes principais: cardiologia preventiva e curativa. A estimativa é de que haja aproximadamente 12 mil médicos desta especialidade no Brasil hoje. Curiosidade: a cardiologia intervencionista do nosso país é símbolo mundial de excelência em procedimentos terapêuticos não cirúrgicos.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Já a ginecologia é a modalidade que trata as doenças do sistema reprodutor feminino. Já a obstetrícia cuida especificamente das fases da gravidez até o parto. Segundo o CFM, o Brasil tem mais de 25 mil destes especialistas, perdendo somente para os pediatras. Os médicos desta especialidade têm uma alta empregabilidade em todas as regiões do Brasil, nas redes pública e privada, principalmente por conta de crescimento de programas voltados à saúde da mulher.

O clínico geral é o médico que analisa o corpo humano por completo e é capaz de diagnosticar e, em alguns casos, encaminhar o paciente ao especialista do centro médico. Todo estudante que se forma em Medicina recebe o título de clínico geral. Este profissional tem um campo de atuação diverso e sua contratação é bastante exigida em hospitais e na rede pública de saúde, para atuar em postos de saúde ou programas de visitas em casa.

O médico pediatra cuida das enfermidades de crianças e adolescentes, desde quando a pessoa nasce até atingir a maioridade, com ênfase na prevenção e no tratamento de doenças, em vacinas, em amamentação e em prevenção de acidentes. A estimativa é de que haja cerca de 36 mil especialistas desta área no Brasil, 18 profissionais a cada 100 mil habitantes, mais do que o recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O ortopedista é o médico especializado em ossos, ligamentos, tendões, articulações e músculos. Por conta do amplo campo de atuação, este especialista pode optar por diversas modalidades de especializações, como cirurgia, medicina esportiva ou estudar uma parte específica do corpo. O Brasil possui pouco mais de 10 mil ortopedistas e 95% desses especialistas são homens.

Exames

Muitos centros médicos decidem incorporar à sua lista de serviços os exames. Isso não somente ajuda o faturamento da clínica aumentar, mas também fideliza o paciente. Os mais comuns de serem encontrados são os de diagnóstico por imagem (como ressonância magnética, ultrassom e tomografia computadorizada) e de análises clínicas (exames de sangue, fezes, urina e outras secreções produzidas pelo corpo humano).

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: