Como Escolher o Tipo de Prontuário Certo para Você?

prontuário

Uma das principais ferramentas de trabalho para profissionais de saúde, o prontuário do paciente tem passado por várias transformações tecnológicas. De um simples registro em papel, foram desenvolvidos sistemas totalmente informatizados, oferecendo agilidade e eficiência.

Porém, seja pelo medo da mudança ou pelos inúmeros recursos oferecidos, estes profissionais se deparam com muitas dúvidas na hora de escolher a melhor ferramenta. Para ajudar nessa tomada de decisão, preparamos este post explicando tudo sobre o tema.

O que é um prontuário?

Trata-se de um conjunto de documentos essenciais para a rotina de um consultório médico, pois nele constam todas as informações referentes ao paciente. Assim, o atendimento é orientado com base nos dados ali inseridos.

Quando surgiram os primeiros modelos de prontuários médicos, eles eram em papel e revolucionaram a forma como o histórico de saúde de um paciente era organizado. Contudo, com a inovação tecnológica, esses registros passaram a ser em prontuários digitais.

Diante dessa novidade, muitas questões foram levantadas sobre a necessidade da digitalização do consultório e sobre os reais benefícios promovidos por esta tecnologia. Então, entenda as diferenças entre o formato tradicional e o eletrônico.

Prontuário de papel x prontuário eletrônico

Atualmente, temos percebido a grande maioria das atividades profissionais passando por uma verdadeira revolução digital. Com a medicina não é diferente e, por isso, tudo o que diz respeito à atuação dos médicos também têm migrado para o ambiente virtual.

Porém, o uso do papel é uma prática ainda comum e que tem os seus benefícios, principalmente quando pensamos nos profissionais mais experientes e que não são tão antenados em tecnologia como os mais jovens.

Por isso, uma das principais vantagens de manter os registros em papel é a não exigência de habilidades específicas para seu uso. Além disso, é possível considerar a fácil disponibilidade deste material e que não é preciso treinar a equipe para utilizá-lo.

Então, agora que você entende os benefícios do prontuário de papel, precisamos falar sobre as desvantagens. Uma delas é a constante dificuldade de entendimento dos registros feitos pelo médico por parte da equipe, reduzindo a eficiência deste formato.

Ainda, a falta de mobilidade e a necessidade de arquivar fisicamente todos os históricos médicos tornam a manutenção do uso do papel uma atitude complexa, dispendiosa e desnecessária.

Por outro lado, a contratação de um prontuário digital elimina todas estas desvantagens, além de oferecer diversos recursos que são integrados aos registros do paciente, tais como, prescrição de medicamentos, agendamento online e o fácil acesso às informações.

Neste sentido, é importante avaliar as limitações dos registros em papel e os requisitos para informatizar o atendimento das clínicas médicas. Apesar de não existir certo ou errado nessa comparação, as vantagens do prontuário eletrônico são evidentes.

O que considerar antes de escolher o formato ideal?

Agora que você já entendeu as diferenças entre os tipos, está na hora de conhecer os aspectos que precisam ser considerados ao escolher pela contratação de um fornecedor para a informatização do seu sistema.

Afinal, uma ferramenta digital de prontuário não deve ser apenas um serviço para registro de informações e para digitalização de documentos. Para justificar o investimento, é preciso buscar um software médico que facilite toda a rotina do consultório.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Portanto, preparamos uma relação de itens que você precisa considerar antes de decidir pela aquisição de uma ferramenta.

1) O sistema oferece um bom nível de segurança?

Assim como toda ferramenta que está baseada no ambiente digital, o sistema de prontuário eletrônico precisa estar protegido contra ataques cibernéticos e também deve minimizar os riscos da perda de informações.

Apesar de ficarem sob a guarda dos profissionais de saúde, os registros médicos pertencem ao paciente e não podem ser compartilhados, repassados ou divulgados sem o consentimento expresso dele ou de seu responsável.

Por isso, é muito importante observar o nível de segurança oferecido pelo fornecedor. Neste sentido, os sistemas que armazenam as informações na nuvem são considerados mais seguros, principalmente se oferecem a proteção por criptografia.

2) O software é fácil de usar?

Atualmente, qualquer sistema que se preze oferece uma interface amigável e intuitiva, ou seja, o uso da ferramenta é prático e não necessita de um longo período de treinamento ou adaptação. 

3) Existem cases de sucesso de outros clientes?

Os cases de sucesso são os feedbacks positivos de pessoas ou empresas que já fazem uso da ferramenta. Então, procure se informar sobre as experiências reais de outros clientes, pois eles já testaram o produto que você está pretendendo adquirir.

4) Quais são os recursos essenciais que a ferramenta precisa oferecer?

Basicamente, um bom prontuário eletrônico oferece recursos que abrangem toda a rotina do consultório médico, integrando todas as informações e facilitando o trabalho da equipe. Neste sentido, é importante considerar os seguintes serviços:

  • agendamento de consultas online;
  • coleta de dados para elaborar o perfil do cliente;
  • integração com ações de marketing para captar novos pacientes;
  • gerenciamento administrativo e financeiro da clínica;
  • agilidade e praticidade na busca por informações.

5) Posso testar o sistema antes da compra?

Apesar de parecer estranho, o teste gratuito de softwares é uma prática comum do mercado, o que também se aplica aos prontuários digitais. Quando é possível testar a ferramenta, são diminuídos os riscos de contratar um serviço que não se adapte à sua rotina.

Quais são as vantagens do prontuário digital?

Se você chegou nesta parte do post, significa que já entendeu o benefício em ter um sistema informatizado e também que já sabe como escolher aquele que mais se encaixa no seu perfil. Então, vamos apresentar as principais vantagens percebidas no uso de uma boa ferramenta.

Ainda, a primeira delas é a otimização e a facilidade na inclusão e busca de informações referentes ao histórico de saúde do paciente, tornando o acompanhamento mais prático e agilizando o atendimento.

Ademais, um serviço de qualidade oferece a gestão e a organização efetiva da agenda de atendimentos de cada profissional de saúde do consultório, promovendo o aumento da produtividade por meio da gestão do fluxo de pacientes e da centralização das informações.

Outra vantagem é o armazenamento de dados on-line que traz mais segurança para o médico e para o paciente, além da redução de custos. Quando se fala em proteção, os melhores sistemas hospedam os seus dados em servidores com alto nível de segurança.

Além de todos esses benefícios, também é importante mencionar que os prontuários eletrônicos mais eficazes do mercado disponibilizam:

  • controle da rotina de administração financeira;
  • gerenciamento de toda a gestão do consultório;
  • integração dos dados com recursos de marketing para a criação de estratégias de captação de novos clientes;
  • ferramentas para estreitar o relacionamento com os pacientes, promovendo o encantamento e a fidelização.

Portanto, você tem a sua disposição todas as informações necessárias para escolher o melhor sistema de prontuário eletrônico. Navegue pelo nosso blog e saiba  mais sobre esse e outros assuntos importantes para o seu consultório.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: