Prontuário eletrônico: para que serve?

Prontuário eletrônico

Seu consultório médico ainda utiliza prontuário de paciente na modalidade física? Talvez seja o momento de dar um passo a frente e adotar o prontuário eletrônico, conhecimento também como PEP.

Diferente dos prontuários físicos, onde as informações e dados dos pacientes são incluídos de maneira manual, o prontuário eletrônico é totalmente digital e promove uma gestão de dados muito mais modernizada, atualizada e 100% segura.

No conteúdo a seguir você entenderá melhor o que é e para que serve o prontuário eletrônico, além suas principais vantagens quando comparado aos prontuários físicos. 

Fique conosco e boa leitura!

O que é e para que serve o prontuário eletrônico

Como dito logo no início do artigo, o prontuário eletrônico nada mais é do que uma versão eletrônica e totalmente digital do prontuário clínico do paciente. Ele serve para armazenar as informações do atendimento de forma segura e integrada em sistemas de computador.

Apesar de também ser disponibilizado por meio de softwares instalados localmente no equipamento do consultório, as melhores opções são as que oferecem o software em nuvem, ou seja, sem servidores locais. Isso significa que ele poderá ser acessado de qualquer lugar com internet, desde que haja login e senha.

A solução focada em prontuário eletrônico é indicada tanto para consultórios de médicos iniciantes na carreira, quanto àqueles que já possuem forte experiência e alto volume de pacientes. 

A escolha, assertiva e contundente, promove uma verdadeira revolução nos processos gerenciais e administrativos do consultório, que oferece atendimento ágil, com segurança e, principalmente, focado em uma melhor experiência para o paciente.

6 vantagens de utilizar o prontuário eletrônico em seu consultório

Ao considerar a implementação de um sistema de prontuário eletrônico no consultório médico, muitos profissionais sentem-se receosos ao considerar o investimento financeiro, bem como a necessidade de reformulação total de seus processos.

Porém, é preciso enfatizar que o prontuário eletrônico resume-se como um investimento que traz retorno a curto prazo, capaz de aprimorar os atendimentos, otimizar o uso de recursos e, também, possibilitar o crescimento do consultório de forma organizado e moderna.

Elencamos, a seguir, algumas das principais vantagens em implementar o prontuário eletrônico na sua clínica. Saiba agora!

1. Otimização de tarefas

Preencher manualmente um prontuário é uma tarefa que demanda tempo, principalmente quando se trata de uma consulta inicial. O tempo gasto é relativamente grande em cada atendimento, uma vez que o médico necessita preencher informações similares.

O prontuário eletrônico otimiza tais tarefas, já que possui modelos que podem ser cujas informações similares podem ser preenchidas manualmente, como dados profissionais do médico, por exemplo.

Sendo assim, ao apostar em um PEP, você, médico, pode ganhar tempo no atendimento e utilizá-lo para o que mais interessa: atender as necessidades do seu paciente com proximidade e atenção, sem se preocupar com preenchimentos de receita e formulários.

2. Segurança de dados e informações

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) aplicada a saúde prevê que os dados dos pacientes devem ser mantidos em sigilo, podendo ser utilizados somente quando houver autorização do mesmo. Isso reforça a preocupação dos consultórios médicos em manter a proteção das informações constantes no PEP.

Nos prontuários físicos há dificuldades em manter total sigilo dos dados, uma vez que os documentos podem ser facilmente consultados por pessoas não autorizadas, mesmo quando armazenados em ambientes restritos. As possibilidades de terceiros extraírem informações confidenciais dos prontuários do paciente e utilizá-las para fins ilegais são reais.

Com o prontuário eletrônico não há esse risco. Os dados e informações são armazenados na nuvem, com acesso permitido somente por senhas. Apenas os profissionais envolvidos no tratamento têm acesso ao PEP.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

A segurança do software em nuvem permite que questões técnicas, como queda de energia elétrica, manutenção de equipamentos e demais ocorrências, não comprometam a integridade das informações, que seguirão disponíveis para acesso, em sua totalidade.

3. Prontuário eletrônico com informações integradas

Visando um tratamento e acompanhamento mais incisivo e satisfatório, é fundamental que você, médico, tenha acesso ágil a todas as informações do seu paciente. Se a cada nova consulta novas informações são obtidas, é interessante que a haja uma centralização, de modo a facilitar consultas posteriores.

Aqui, o PEP mostra-se efetivo, já que todos os dados do prontuário, bem como prescrições, receitas médicas, resultados de exames e terapias mantém-se no mesmo sistema e podem ser facilmente consultados.

A integração das informações permite a geração de relatórios, gráficos e análises médicas com muito mais assertividade e eficiência.

Um detalhe importante está relacionada ao compartilhamento de informações através de interconsultas. Casos nos quais o paciente é acompanhado por uma equipe multidisciplinar exigem que o histórico de consultas e terapias seja transmitido com segurança e agilidade – demanda que também é absorvida pelo prontuário eletrônico.

4. Acessibilidade remota

Existem alguns casos, principalmente quando falamos em atendimentos de urgência e emergência, nos quais o médico necessita consultar o prontuário do paciente, mesmo que esteja distante da clínica. 

Os prontuários físicos dificultam tal acesso, uma vez que geralmente as informações estão armazenadas no almoxarifado da clínica.

Nestas situações, a acessibilidade do prontuário eletrônico demonstra vantagens. Afinal, o acesso é universal e pode, inclusive, ser realizado a partir de tablets e smartphones.

Se o seu paciente passa por complicações de saúde enquanto você está viajando ou durante um feriado, por exemplo, não há dificuldades. Basta acessar o PEP, colher as informações necessárias e prestar atendimento por telemedicina ou encaminhá-lo ao médico de urgência.

5. Otimização de espaço físico

Segundo o Conselho Federal de Medicina, todos os prontuários de clientes devem ser armazenados pelo período de 20 anos. Sendo assim, durante todo este tempo a clínica médica é obrigada a manter os documentos em fácil acesso, num ambiente específico para o arquivo. 

Com o alto volume e rotatividade de pacientes, fica simples imaginar a grande dificuldade dos profissionais em manter tais prontuários armazenados por tanto tempo. 

Além de contratar uma equipe administrativa para manter o espaço sempre higienizado e organizado, há a dificuldade em expandir o espaço físico da clínica. Um ambiente dedicado ao arquivo poderia ser utilizada para ampliação da sala de atendimento ou recepção, por exemplo.

Utilizando o PEP, todos os prontuários físicos podem ser eliminados – uma vez que os dados estão armazenados digitalmente.

6. Digitalização das informações registradas

Prontuários, receitas e prescrições médicas criadas manualmente encontram alguns obstáculos, envolvendo principalmente a legibilidade das informações.

Ao adotar um prontuário eletrônico, há a facilidade de o profissional prescrever eletronicamente, evitando quaisquer erros acerca da informação registrada.

A assinatura digital também distancia possíveis fraudes na emissão de laudos e receitas médicas. Afinal, os documentos só podem ser emitidos pelo próprio profissional, que precisa adquirir seu certificado digital em uma unidade certificadora ICP- Brasil.

E então, o que achou do prontuário eletrônico? Percebeu como adotá-lo em sua rotina pode contribuir, de maneira excelente, com a qualidade dos seus atendimentos? Trata-se de uma ferramenta crucial para quem deseja se destacar no segmento médico! Continue navegando no blog e saiba mais sobre o assunto.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.