Prontuário eletrônico do paciente: é mesmo seguro?

prontuário eletrônico

Quando se trata da informatização da saúde, há uma abundância de benefícios que um consultório pode desfrutar. Na verdade, 56% dos médicos que usaram softwares de prontuário eletrônico forneceram significativamente um melhor cuidado médico do que aqueles que utilizaram a gestão em papel, de acordo com um estudo realizado pelo Journal of General Internal Medicine (Jornal da Medicina Interna Geral).

Normalmente, o prontuário eletrônico permite que seus provedores armazenem informações atualizadas sobre seus pacientes, envolvendo condições, tratamentos, testes, prescrições e, principalmente, seus registros médicos. Se um consultório utiliza um prontuário eletrônico, automaticamente ele participa de uma rede para armazenar os seus arquivos com segurança. E por ser um software médico e estar na Internet como qualquer outro site, eis que surge a dúvida:

O prontuário eletrônico é realmente seguro?

Sistemas de prontuário eletrônico oferecem muitos benefícios, incluindo a redução de custos, melhoria na qualidade dos cuidados médicos que os pacientes recebem e otimização do tempo. Então, obviamente espera-se que esses sistemas também proporcionem maior segurança em relação à gestão de papel tradicional.

E é sobre isso que iremos falar no post de hoje. Acompanhe-nos agora e saiba se o prontuário eletrônico do paciente (PEP) é realmente seguro. Vamos lá?

Como os dados podem estar em perigo?

Como acontece com quaisquer informações computadorizadas, a preocupação sobre hackers roubando informações médicas de pacientes e dos próprios consultórios é bem comum. No entanto, existem várias medidas que os médicos e consultórios podem tomar para evitar isso – veremos logo mais no post.

No prontuário eletrônico, você tem os registros médicos de todos os seus pacientes, incluindo informações pessoais. Agora, imagine que você está utilizando um software de gestão médica totalmente inseguro e os seus dados, de alguma forma, vazam.

Esses dados podem significar muito para você, bem como para outras empresas, os chamados Corretores de Dados. Basicamente, os Corretores de Dados coletam essas informações pessoais e vendem para outras empresas dispostas a comprá-las.

Uma vez que os seus dados vazaram, seja por conta de ataques de hackers ou não, os Corretores de Dados terão acesso aos mesmos. O nome, endereço, telefone, e-mail e muitas outras informações pessoais dos seus pacientes estarão vinculados em um banco de dados pertencente a essas empresas.

No entanto, embora a chance dos ladrões roubarem dados de softwares inseguros é grande, no prontuário eletrônico baseado na nuvem isso é praticamente impossível.

O quão seguro é o prontuário eletrônico?

O prontuário eletrônico é, definitivamente, o meio mais seguro de armazenar as informações dos seus pacientes e do seu consultório. Aqui está o por quê:

  • Criptografia. O prontuário eletrônico é totalmente criptografado com os recursos de segurança mais recentes. Devido a isso, as informações médicas dos pacientes e dados do seu consultório estarão mais seguros.
  • Logins e senhas. O prontuário eletrônico não só será mantido em um sistema criptografado, mas também será protegido com um nome de usuário e senha. Desta forma, você poderá controlar facilmente quem pode acessar o sistema, de modo que sempre que alguém precisar acessar alguma informação, um nome de usuário e senha será exigido pelo software médico.
  • Armazenamento em nuvem. Seus dados não serão mais armazenados embaixo da sua mesa. O prontuário eletrônico baseado na Web hospeda os seus arquivos na nuvem e tudo que você precisa para acessá-los é um smartphone, tablet ou computador com um navegador Web. Com o armazenamento em nuvem, além de mais segurança, o sistema dá a capacidade de acesso a partir de qualquer lugar e a qualquer momento – estando conectado à Internet.

3 dicas para garantir mais segurança ainda

Como vimos, o software de prontuário eletrônico, por si só, já é seguro o suficiente. No entanto, existem algumas maneiras de garantir mais segurança ainda. Aqui estão elas:

  • Complementos para o navegador. Para evitar que as suas informações sejam compartilhadas com terceiros enquanto você visita outros sites, experimente utilizar extensões em seu navegador. O Adblock Plus e o Ghostery funcionam bem e podem bloquear rastreadores ocultos que coletam dados do usuário.
  • Esqueça o acesso ao Wi-Fi público. Sua loja de café favorita não é o lugar ideal para fazer coisas importantes e sensíveis em seu computador. Essas redes abertas, obviamente, não exigem senhas, o que facilita a entrada de hackers.
  • Senhas fortes. Utilize senhas difíceis e longas, que envolvam caracteres, números e letras. Evite sequências como “12345” – uma das senhas mais utilizadas no mundo, acredite ou não. Senhas mais complexas são mais difíceis de quebrar do que a sua data de aniversário, por exemplo.

Conclusão – Recapitulando

O prontuário eletrônico baseado na Web é o software médico mais seguro disponível hoje, pois conta com recursos avançados de segurança (criptografia), é protegido por logins e senhas, e ainda oferece o armazenamento de arquivos em nuvem, promovendo assim mais segurança do que o sistema de gestão em papel tradicional. Uma outra dica interessante é ficar longe de softwares médicos gratuitos.

E se você ainda tem alguma dúvida sobre como o prontuário eletrônico médico é seguro, ou sobre como escolher o prontuário ideal para o seu consultório, deixe seu comentário e se interaja conosco. Logo iremos lhe responder!

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.