Possíveis problemas com CRM e como saná-los

Tempo de leitura: 3 minutos

Possíveis problemas com CRM e como saná-los

A consulta CRM é um dos mais importantes mecanismos da área da saúde capaz de comprovar a confiabilidade de um médico. Merecendo cuidado e muito zelo ao longo de toda a carreira, esta ferramenta é muito importante para o profissional firmar seu nome dentro da medicina.

O CRM – Conselho Regional de Medicina – é a instituição responsável pelo acompanhamento de todas as atividades médicas da classe exercendo, também, importante papel de fiscalizador das práticas da profissão e punindo os profissionais que não cumprem com seus deveres previstos em lei.

O código de ética aprovado pelo CRM é o documento que norteia todas as tomadas de decisão da categoria e por ser extremamente detalhado, e cheio de pormenores, é comum que mesmo os melhores médicos e profissionais da saúde acabem contraindo algum tipo de problema junto à instituição.

Visando a rápida solução desses problemas, neste artigo citaremos alguns dos mais comuns apontados pela consulta CRM e como deixar tudo em ordem. Continue lendo.

Código de ética e consulta CRM

Uma rápida leitura do código de ética dos profissionais de medicina evidencia o porquê de ser tão simples cair em problemas na consulta CRM. Extremamente detalhado, o documento trata dos princípios fundamentais da medicina e veda inúmeras ações e posturas não adequadas aos profissionais da classe.

A responsabilidade profissional de um médico é gigante! Além de tratar diretamente do bem mais preciso que existe que é a vida, o médico precisa manter-se sempre atento ao trato dos pacientes e de seus responsáveis, comunicando cada um dos procedimentos que estão sendo realizados e tomando decisões rápidas e pertinentes a cada situação.

O código de ética da medicina veda, inclusive, que qualquer ação ou procedimento seja realizado sem o expresso consentimento do paciente ou de seu responsável legal a não ser em casos em que a vida esteja em risco.

Desta forma, evidentemente, fica muito fácil se meter em problemas!

Resolvendo os problemas com o CRM

Qualquer problema a que o médico esteja ligado deverá ser julgado pelo órgão competente – o CRM. Em cada regional existem, inclusive, comissões de ética que trabalham justamente para a resolução dessas pendências.

Infelizmente é bastante comum que pacientes ou parentes se sintam lesados em atendimentos médicos. Em parte dessas consultas e procedimentos o profissional se quer tem culpa. Ainda assim, insatisfeitas, essas pessoas denunciam o médico que deverá passar por um procedimento interno a fim de ter sua causa auferida.

O médico, depois de avaliado e julgado seu caso ou falta, pode tanto ser considerado como inocente quanto pode contrair advertências ou até mesmo ser cassado devido à gravidade de seu ato.

No caso da cassação, consequência mais severa dentre todas, o profissional fica completamente incapacitado de exercer a carreira médica pelo resto da vida.

Ao realizar uma consulta CRM o paciente consegue saber se o médico está ativo ou inativo dentro do conselho. Nos casos em que este se encontre inativo, a credibilidade é diminuída, afinal, evidencia-se algum tipo de problema na carreira profissional do mesmo. Veja mais informações interessantes da categoria em nosso blog.