Dia do médico: Conheça os primeiros médicos de que se tem notícia

dia do médico

A medicina avançou muito ao longo dos séculos, e diferente da era tecnológica em que vivemos, um dia tudo isso teve um começo. Saiba mais sobre os primeiros médicos de que se teve notícia e curiosidades sobre o dia do médico.

Profissionais a serem lembrados no dia do médico

Antes de todos, o seu!

Que tal dar um presente que vai ser bom pra você também?

Preparamos uma série de e-books gratuitos para comemorar esse dia!

Se você gostaria de dar um baita presente para seus médicos, compartilhe com ele a nossa página de E-books Gratuitos que vão ajudá-lo a organizar melhor o consultório e, consequentemente, a sua clínica. São mais de 20 livros digitais! Tudo o que você precisa fazer é copiar e colar a mensagem abaixo no seu Facebook e marcar o médico:

Mensagem para dia dos médicos

“Olá Dr. Fulano!

Nesse dia especial, gostaria muito de agradecer pelo carinho e cuidado que você dedica aos seus pacientes. Encontrei na página do #iMedicina um presente especial para o seu dia! Espero que goste! É uma série de livros digitais que hoje estão gratuitos, para comemorar o seu dia, e para te ajudar no consultório! Receba com carinho o presente que eu e o iMedicina preparamos para você! Feliz dia do médico! 

Para acessar, use o link: https://imedicina.com.br/materiais-educativos

Abraços,

Seu nome”

 

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Bem… vamos à história!

Há registros ancestrais a respeito de práticas médicas pelo mundo, em lugares como China e Egito. As práticas antigas, no entanto, eram muito ligadas a explicações religiosas ou sobrenaturais. Foi Hipócrates, na Grécia, quem foi considerado o “pai” da medicina, desvinculando essa relação. Antes disso o faraó egípcio Imhotep era considerado o primeiro médico da história antiga.

Nascido em 460 a.C., Hipócrates descreveu clinicamente uma série de diagnósticos de diversas doenças, escreveu sobre epidemias e desenvolveu teorias e práticas. Uma delas foi a teoria dos humores – sangue, fleuma, bílis amarela e negra. O equilíbrio entre os humores é que manteria a saúde ou a pessoa seria levada ao estado de doença.

A ética pregada por ele ficou conhecida como o Juramento de Hipócrates, que os médicos até hoje perpetuam jurando solenemente no ato de formatura, prometendo exercer a profissão sob os preceitos da honestidade, caridade e ciência.

Os primeiros médicos nem sempre foram conhecidos com esse nome. Antes, os chamados cirurgiões barbeiros eram responsáveis por grande parte dos tratamentos, inclusive de soldados em guerras, e a prática ia de aplicação de ventosas e realização de sangrias com sanguessugas e escarificadores a pequenas cirurgias, além de corte de barba e cabelo.

No Brasil existem registros de que um médico já havia aportado junto com a esquadra de Cabral, em 1500. Seria o mestre João Menelau, que além de médico era cirurgião, além de astrônomo e astrólogo.

Com a chegada da Coroa Portuguesa, é que chega a educação formal. Dom João VI funda faculdades de Medicina na Bahia e no Rio de Janeiro, em 1808. Pela faculdade baiana, fundada meses antes da do Rio, passaram nomes como Nina Rodrigues, médico legista, psiquiatra e antropólogo. Apesar do nome, não era mulher. Raimundo Nina Rodrigues era seu nome completo.

Mas foi na Bahia que se formou também a primeira médica mulher no País. Rita Lobato era gaúcha, foi estudar primeiro no Rio de Janeiro com o irmão, também médico, mas concluiu o curso na Bahia. Precisou de autorização especial do imperador para estudar e suas aulas de anatomia aconteciam em separado dos colegas homens.

As três primeiras médicas a formarem-se em solo brasileiro eram do Rio Grande do Sul. Já o primeiro negro a formar-se por este estado foi Luciano Raul Panatieri, que nasceu bem depois, em 1897, formando-se já Faculdade de Medicina de Porto Alegre no ano de 1922.

A história das mulheres na medicina também é longa. Também ligadas a práticas religiosas, também está muito relacionada às parteiras, que por muito tempo foram as únicas autorizadas a chegar perto do corpo feminino, e muitas delas negras e índias, com pouco acesso a educação. Chás e rezas, com benzeduras, eram e ainda são muito presentes.

Dia do médico pelo Brasil e pelo mundo

No dia do médico além destes há muitos outros a serem lembrados. No Brasil, por exemplo, a data é comemorada em 18 de outubro em homenagem a São Lucas. Ele seria o protetor dos médicos. Escreveu um dos livros do Evangelho e também o dos Atos dos Apóstolos, com diversos relatos de curas e milagres presenciados. Ele também teria estudado medicina na Antioquia.

Em outros países, no entanto, o dia do médico se deve a outras razões. Nos Estados Unidos o “Doctor’s day” é em 30 de março, data em que se comemora a primeira anestesia em um paciente, realizada em 1842. Na Índia, a data é comemorada em 1º de julho, homenageando o médico Bidhan Chandra Roy, nascido em 1882. Ele nasceu e morreu no mesmo dia, com 80 anos. Na América Latina a data é lembrada em 3 de dezembro lembrando o nascimento de Carlos Finlay, médico que confirmou a forma de transmissão da febre amarela pelo Aedes aegypti.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: