Importância do CNES no Brasil

cnes

O CNES é o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde e precisa ser feito por todos os estabelecimentos públicos, privados e conveniados, seja pessoa jurídica ou física. O primeiro passo é entrar em contato com o gestor local como as Secretarias Municipais e Estaduais de Saúde.

É interessante ler a legislação presente no site do CNES, na opção Institucional/Legislação. Lá estão todas as fichas FCES para preenchimento além de um Manual que guia tal preenchimento.

Importância do órgão

O CNES é de extrema importância para a sociedade e para a profissão médica.

O objetivo do órgão é propiciar aos gestores públicos e privados o conhecimento da rede assistencial, capacidade instalada a fim de que possam tomar decisões assertivas e planejar a partir de um mapeamento assistencial de saúde. Além disso, o CNES também integra aos Sistemas de Informação do Ministério da Saúde, propicia o controle de custeio que o MS repassa para a infraestrutura de estabelecimentos de saúde, ajuda na gestão e tomada de decisão quanto ao Sistema Único de Saúde.

É um instrumento completo para avaliação dos estabelecimentos de saúde do Brasil, não importando se são privados ou públicos. Isso é essencial para auditorias, que verificam as conformidades e usos dos locais.

Para além de um banco de dados o CNES apresenta informações como estrutura, número de leitos, entre outros pontos que embasam projetos e ações de gestão de saúde. Logicamente que para isso o CNES precisa de atualização constante para que de fato cumpra o seu papel.

Aplicativos CNES

O Cadastro também possui aplicativos que facilitam os processos nos estabelecimentos de saúde.

• SCNES – Aplicação local: esse aplicativo faz a captação de dados municipal e estadual. Além disso, é possível acessar as regras de cadastro e manutenção definidos pelo Ministério da Saúde. Tanto os responsáveis pelo estabelecimento quando os profissionais da saúde podem acessar, assim como Mantenedoras, Gerência/administração e Equipes de Saúde da Família.

• Ele também agrega as informações do CADSUS WEB, faz a atualização de informações por meio da internet, exporta informações diariamente para as secretarias e MS, entre outras funções importantes:

• SCNES – Simplificado: Com menos funções que o anterior, esse aplicativo permite a exportação para Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Estadual de Saúde, agrega informações do Cartão Nacional de Saúde, permite cadastro de Estabelecimentos Consultório Isolado NÃO SUS.

• CNES – NET: possui os dados atualizados da base histórica cadastrada e transmitida para SCNES e BD Nacional. Existem subáreas para cada profissional, como a do gestor local, gestor nacional e área pública no site CNES. O gestor local autoriza a troca de gestão, faz cadastro de estabelecimentos, consulta de histórico de profissionais, solicita base de dados, entre outras ações. Na área de gestor nacional é possível cadastrar usuários, adesão a programas, certificar hospitais e consultas históricos de profissionais. Na área pública é possível consultar estabelecimentos, equipes, profissionais, gestores cadastrados, entre outras ações.

Todos os aplicativos do CNES visam facilitar os processos e registros nos estabelecimentos médicos.

Indo além da burocracia…

Apesar de a preocupação com o CNES ser extremamente relevante e necessária, gerir um consultório vai muito além de documentações, números e burocracias: estar a frente de um empreendimento deste porte envolve muitas outras questões que não podem ser negligenciadas, como a gestão administrativa, estratégica e financeira do consultório.

Você precisa entender que está gerenciando um empreendimento que precisa de atenção estratégica e, portanto, o marketing deve fazer parte da sua visão de negócio. Além disso, o controle financeiro do consultório deve ser apurado para que você entenda claramente o retorno que está tendo sobre os investimentos que tem feito.

Lidar com tudo isso sozinho não é tarefa fácil, afinal, você ainda tem dezenas de atendimento por dia para realizar. É aí que entra a tecnologia: você pode usá-la para automatizar a maior parte das ações necessárias para uma boa gestão do consultório, controle financeiro,  marketing digital e relacionamento com o paciente.

Você sabia que existem softwares médicos extremamente eficazes que auxiliam na gestão do consultório e no relacionamento com os pacientes? E que, inclusive, podem ajudá-lo na parte estratégica e no marketing do consultório? Já pensou se, no seu software médico, além de gerenciar seus pacientes, você pudesse também criar e conduzir o seu próprio site e blog?

No iMedicina nós oferecemos essa possibilidade! Conheça nossa proposta visitando a nossa página e entenda melhor como informatizar o seu consultório e atrair novos pacientes!

Quer mais conteúdos sobre o tema? Acesse o nosso blog!

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.