4 razões para fazer agora a informatização do consultório

informatização do consultório

Pare por um instante e pense o quanto a sua vida mudou com a chegada da tecnologia em muitas empresas. Me arrisco a dizer algumas dela que, com certeza, impactaram você. Começo pela revolução que a transformação digital gerou nos bancos. A ida às agências tem se tornando um evento raro em nossa vida (mesmo para realizar operações mais complexas).

E o que dizer das compras? Supermercado, livros, calçados, roupas e o que mais quiser estão em uma vitrine bem acessível a todos. Resumindo: nada de filas, nada de ficar carregando um tantão de sacolas… Se quiser, podemos listar uma série de outros incrementos em nossa vida: agendamento de viagens, uso de aplicativos de carona compartilhada.

Mas em algumas clínicas que visito por aí tenho a impressão de que esse ganho da tecnologia está restrito à vida pessoal. A informatização do consultório ainda é vista com muitas reservas.

“Afinal de contas, se tudo está indo bem até agora, por que preciso mudar?!”, costumo ouvir. Mas será que está dando tudo certo mesmo? É sobre isso que falaremos um pouco. Essa reflexão é tema de outro post que compartilhamos aqui no blog. Nele, destacamos o prejuízo financeiro que você já deve estar amargando por não recorrer à tecnologia para a sua rotina.

Recebi o pedido de alguns internautas para aprofundar a reflexão sobre esse ponto. E com base nas principais dúvidas levantadas por eles, resolvi preparar esse conteúdo. São 4 razões que farão você mudar de ideia até o fim de post. Topa o desafio?

 

Informatização do consultório gera maior segurança

O início das compras online no Brasil também trouxeram bastante insegurança. “Afinal de contas, digitar os dados do cartão por aí não é seguro”, muitos costumavam dizer. Esse mesmo receio cai sobre as soluções tecnológicas disponíveis para consultórios médicos. Mas há recursos cada vez mais modernos que ajudam nisso.

Em outro post aqui no blog, falamos sobre quatro dicas de segurança que permitem a softwares serem bem mais seguros do que o controle manual que você faz aí na sua clínica (com todo respeito, viu!). Primeiro porque você tem cópia das informações, a partir de backups na nuvem (como explicamos naquele conteúdo indicado).

Além disso, você pode ter acesso facilitado às informações a partir de usuário e senha. Basta um dispositivo qualquer com acesso à internet, que terá a um clique os dados que precisa (mesmo de madrugada ou fim de semana, para alguma emergência, por exemplo).

 

Informatização do consultório aumenta a produtividade

Um dos pilares de qualquer sistema de gestão especializado em clínica médica é ajudar na operação. Ou seja: tirar da sua rotina algumas tarefas, para que você consiga ter tempo de fazer o que ferramenta nenhuma ainda está preparando.

Por exemplo: em vez de ficar preocupado anotando informações ou atualizando o prontuário médico de cada paciente, a tecnologia reúne esses dados e entrega facilmente a você, sem ter a necessidade de gerenciar aquele arquivo de aço que fica lá no almoxarifado.

Isso falando apenas de uma atividade! Mas ao delegar para o software essas funções bem rotineiras, você acaba ganhando mais tempo para a análise estratégica de informações. Isso porque essas ferramentas estão preparadas para gerar relatórios que o auxiliam na tomada de decisão.

 

Informatização do consultório otimiza o seu tempo

Como uma consequência do item anterior, o seu tempo passa a ser melhor gerenciado com a chegada da tecnologia na sua clínica. Quer mais um exemplo? Você pode facilitar o sistema de agendamento de consultas e diminuir a necessidade do contato pessoal com a sua assistente.

O software médico pode “dar uma mão” na confirmação da consulta marcada. Sabe como? Pode enviar um e-mail ou SMS lembrando os pacientes do compromisso, na véspera, para evitar que hajam faltas por esquecimentos. Bem, você sabe muito bem o quanto isso impacta na ausência deles, não é mesmo? Ganha sua assistente e ganha você também!

 

Informatização do consultório ajuda na organização

Independente se sua assistente é organizada ou não, a tecnologia vai ajudar uniformizando no controle dos dados. Isso por vários motivos. Entre eles, ao criar campos obrigatórios para o preenchimento de informações, evitando que você tenha sempre que acionar o paciente para atualização, por exemplo.

Com software especializado, é possível também cuidar, de modo bem prático, dos prontuários médicos. Todos eles podem ser localizados a partir de mecanismos de busca, sem necessitar que sua assistente seja ou não organizada. Quem aí já ficou em apuros na hora de localizar um documento como esse sabe bem do que estou falando, né?

E aí, viu como sobram razões para você implantar um sistema de gestão especializado em clínica médica? Procure por softwares que tenham sido desenvolvidos por quem entende da rotina de um consultório. Nada de recorrer a qualquer opção. Afinal de contas, você colocará os dados mais valiosos que possui: as informações do seu negócio.

Ainda não está convencido(a)? Me conte porque nos comentários abaixo que eu irei esclarecer! Combinado?

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.