10 inovações que vão mudar o software médico para melhor

software médico

Um software médico, normalmente, sofre de uma falta de inovação que impede os médicos de avançaram em seus processos de saúde e fluxo de trabalho.

Ao contrário dos mecanismos de busca (Google, Bing e outros), redes sociais (Facebook e Twitter), aplicativos e celulares, os softwares de gestão médica estão presos no que chamamos de “pré-Internet”, onde seus fornecedores apenas controlam os dados e resistem a realizar melhorias na funcionalidade.

Os fornecedores – e desenvolvedores – de alguns sistemas médicos insistem em dizer que a coleta de dados, partilha de informações e outros recursos relacionados ao fluxo de trabalho já são o suficiente. No entanto, não é bem assim. Cuidar da saúde exige um conjunto altamente específico de recursos e ferramentas. Quanto mais, melhor!

É como se os desenvolvedores propagassem o mito de que não há necessidade de inovação, a fim de proteger os seus preços e evitar novos concorrentes inovadores.

E foi pensando nisso que separamos no post de hoje as 10 inovações que vão mudar (algumas já estão mudando) o software médico para melhor. Vamos lá?

 

10. Interoperabilidade

A implementação do software médico revolucionou o setor de saúde, mas há um objetivo ainda mais elevado a se alcançar: criar um sistema onde dados úteis podem ser compartilhados de um sistema para outro.

Imagine que seu paciente está de férias em Brasília e vai ao médico com uma dor no peito. Você conseguiria enviar facilmente o histórico do paciente, alergias e outras informações importantes? É isso que o mundo do TI chama de interoperabilidade.

Embora existam muitos desafios na implementação desse tipo de software interoperável, grandes esforços já estão sendo feitos para avançar nesse sentido.

 

9. Software Médico na Nuvem

Serviços baseados em nuvem já são comuns e são muito utilizados. Por conta da sua popularidade, vários softwares médicos começarão a oferecer suporte ao sistema de armazenamento em nuvem, o que é extremamente benéfico para clínicas e consultórios, especialmente para áreas subdesenvolvidas ou rurais.

 

8. Acesso Ultrarrápido

Com o avanço da tecnologia e o lançamento de hardwares mais potentes, acessar informações a partir de um software médico se tornará mais rápido. Com apenas alguns cliques do mouse, você terá acesso às informações que você precisa.

 

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

7. Terapia Digital

Terapia digital é importante para os pacientes que necessitam de cuidados, mas que não podem ir a uma clínica por motivos específicos.

Um software médico, juntamente com um site médico, vão fornecer cuidados ao seu paciente depois que ele sair do seu consultório médico e voltar para a casa. Essa inovação permitirá apresentar ao paciente uma lista diária de tarefas para que o mesmo possa cumprir, tudo através do seu consultório, sem se deslocar até ele.

 

6. Compatibilidade

Muitas vezes, um software médico é considerado apenas um substituto humilde da caneta e papel. E em certos casos, é até verdade, principalmente quando o software é carente de inovações. No entanto, com a inovação dos sistemas médicos, eles passarão a serem compatíveis com valores existentes, experiências passadas e necessidades futuras. Passarão a serem verdadeiros instrumentos de mudança.

 

5. Simplicidade

A complexidade dos programas para consultórios médicos, com suas interfaces confusas, criou uma percepção de que eles são ferramentas altamente complicadas. No entanto, com novos softwares médicos inovadores surgindo, a simplicidade está sendo prezada. Afinal, em pleno 2017, os sistemas complicados não tem mais espaço.

 

4. Recursos e Funções

Inicialmente, os softwares médicos eram utilizados apenas para a comunicação. As pessoas autorizadas podiam acessar e ler os documentos que seus colegas escreveram, mas não havia nenhum recurso ou função adicional. No entanto, hoje em dia os softwares estão inovando cada vez mais e a tendência é só aumentar. Gerenciamento de tarefas, gestão de pacientes, controle financeiro, marketing de consultório e outros recursos e funções estão se tornando cada vez mais comuns em softwares médicos.

 

3. Dados Mais Acessíveis

Os softwares médicos mudaram completamente a forma como os profissionais de saúde armazenam seus dados e arquivos. E à medida que esses softwares estão inovando cada vez mais, dois fatores importantes mudarão. O primeiro é que o problema da perca de arquivos de papel desaparecerá. O segundo é que dados mais acessíveis torna menos provável que você deixe passar alguma informação importante.

 

2. Auxílio na Redução de Erros

Quando se trata da prescrição de medicamentos, por exemplo, o software médico poderá lhe indicar com base nos registros médicos quais medicamentos o seu paciente é alérgico. É claro que, a decisão final ainda partirá do médico, mas com esta inovação os profissionais poderão tomar decisões com o auxílio de um sistema inteligente.

 

1. Criptografia

Como todos sabem, a Internet não é um ambiente 100% seguro. E por conta disso, se tornará mais comum ainda sistemas médicos baseados na Web utilizando criptografia (mesma técnica utilizada em bancos online) para proteger seus dados e informações.

E você, já utiliza um software médico inovador? Deixe seu comentário!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: