Os problemas do Mais Médicos para a saúde pública

mais médicos

Um projeto muito polêmico, mas que na prática trouxe muitos benefícios para a população, o Programa Mais Médicos com certeza dividiu profissionais e pacientes sobre os seus benefícios. Ainda assim, tanto tempo depois do seu lançamento, já é possível ter uma avaliação um pouco melhor dos seus pontos fortes e fracos. Com isso, o Mais Médicos foi um programa que veio em um momento necessário, mas que expõe mais fragilidades do sistema de saúde brasileiro.

Sem entrar nos pormenores, dá pra dizer que o Mais Médicos realmente diminuiu as filas de espera nos hospitais públicos. Porém, a qualidade dos atendimentos também ficou abaixo do que já era antes, ou seja, o que era ruim acabou piorando. Com isso, surgiu uma dúvida: como o Programa Mais Médicos poderia ser melhor utilizado? Para responder isso, primeiro precisamos entender seus pontos fracos.

Atendimento por contrato, mas quase um funcionário público

Não dá para negar que, para os médicos que entraram no programa, muitos benefícios surgiram. Entre os principais, estava a capacidade de entrar no programa sem se preocupar em ser mandado embora. Essa é a famosa lógica do funcionalismo público que reina no Brasil já há anos. A partir do momento em que a pessoa se sente acomodada, ela deixa de exercer seu trabalho com a mesma capacidade, com isso, os atendimentos perderam em qualidade e em muitos locais aconteceram diagnósticos equivocados.

Nessa conta, era preciso entrar não apenas o maior número de atendimentos no menor prazo de tempo, já que a essência do trabalho de um médico não está ligado a um atendimento rápido, mas sim a um atendimento competente. Dessa forma, o mais médicos expôs a população a diversos profissionais – estrangeiros ou não – que no começo até tinham boas intenções, mas ao perceber como as coisas funcionam, deixaram de lado o bom atendimento em troca do atendimento rápido.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Os problemas logísticos do Mais Médicos

Existe um problema ainda mais grave nos médicos que atendem pelo programa: a possibilidade de burlar a necessidade de certificação para se inscrever no programa. Embora a burocracia brasileira seja bem rígida e abrangente, a verdade é que ela sempre tem pontos cegos.

No caso do Programa Mais Médicos, apesar de precisar de vários requisitos para se inscrever, não há um protocolo fiel de atualização dos conteúdos do profissional. Com isso, vemos milhares de profissionais atendendo à população, mas sem a revalidação de seus diplomas, ou seja, sem autorização de atuar.

Além disso, como o Programa tem o objetivo principal de expandir a rede de médicos para locais que não tinham atendimento ou tinham atendimento de péssima qualidade, acaba que algumas regiões do Brasil têm médicos, mas não supervisão para eles. Dessa forma, milhares de profissionais atuam de maneira fora dos padrões, como melhor lhes convém, já que não há nenhum tipo de certificação acontecendo. Sem supervisão, alguns médicos continuam executando bem o seu serviço, mas nem todos têm a mesma intenção.

Gostou do artigo? Então curta, compartilhe e veja outras matérias sobre o Mais Médicos em nosso blog.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.