Quais os principais tratamentos que posso oferecer na clínica de fisioterapia?

clínica de fisioterapia

Como o fisioterapeuta é o profissional que estuda e diagnostica problemas que causam algum tipo de dano ao movimento, seja físico ou psicológico, sua clínica de fisioterapia deverá apresentar diversos tratamentos que possam auxiliar, melhorar e curar o paciente. Mas é importante focar em especializações, para preparar o espaço adequadamente e também focar na divulgação com os polos certos.

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional reconhece as seguintes especializações na área: acupuntura, fisioterapias cardiovascular, dermo-funcional, esportiva, do trabalho, neurofuncional, oncologia, respiratória, traumo-ortopédica, saúde da mulher, aquática, intensiva, osteopatia e quiropraxia.

Áreas Em Alta no Mercado para investir na sua clínica de fisioterapia

A gama de possibilidades da fisioterapia é grande, mas algumas áreas estão se destacando no mercado, com muita procura e sucesso. Listamos quatro sugestões:

– Fisioterapia Desportiva

Focada para o atendimento de atletas de qualquer modalidade, com prevenção e tratamento de lesões ocasionadas pelas atividades de alto impacto.

Com o trabalho contínuo do fisioterapeuta, o atleta mantém o equilíbrio, a flexibilidade, a força muscular, a potência, a resistência e a propriocepção. Já em casos de lesão, como contusões, distensões, fraturas, lesões em ligamentos, torções, tendinites, luxações e subluxações, o tratamento de reabilitação pode minimizar ou aniquilar qualquer possibilidade de consequências.

O trabalho é individualizado e realizado de acordo com a necessidade do atleta, da forma como ele se condiciona e o estado de seu corpo.

– Fisioterapia Neurológica

Essa especialidade cuida das lesões causadas por danos cerebrais, deficiências ou doenças degenerativas. O profissional precisa saber muito bem como funciona o cérebro e suas características, para atuar assim que a lesão é identificada pelo médico, minimizando suas consequências.

Ele atua em pessoas com o Mal de Parkinson, AVC, traumatismo craniano entre outros. Seu trabalho também foca em extrair ao máximo a potência dos neurônios saudáveis, para que possam ocupar as funções dos que estão lesados.

– Acupuntura:

O fisioterapeuta tem recebido técnicas de acupuntura para ampliar seus conhecimentos. O acupunturista não precisa ser formado em fisioterapia, mas essa modalidade tem causado grande procura nas clínicas.

O método vem da tradicional medicina chinesa, em busca da harmonia entre corpo e mente. Com os resultados tem sido positivo há anos, ela está sendo muito usada como auxiliar de outros tratamentos, para potencializar os resultados.

Como ela reativa o equilíbrio das partes doentes, pode ajudar a amenizar as dores provocadas pelas lesões, para que os outros tratamentos fisioterápicos sejam mais efetivos.

– Pilates

A atividade consegue unir pessoas que precisam de reabilitação, as que são interessadas em manter o corpo saudável e também as que detestam fazer atividades físicas.

A Clínica de Fisioterapia pode oferecer aulas de pilates individual ou em pequenos grupos, orientadas pelo profissional fisioterapeuta. Os exercícios incluem alongamento, aprimoramento da coordenação motora, desenvolvimento do equilíbrio, diminui o estresse, fortalece o corpo, melhora a respiração e traz relaxamento.

Como os movimentos são de baixo impacto e com pouca repetição, pode ser realizado por qualquer pessoa e servir de preparo corporal para outros tratamentos fisioterápicos.

Outros Tratamentos Procurados

Outros tratamentos vêm se destacando em clínicas de fisioterapia e que merecem atenção. Um deles é a microfisioterapia, uma técnica manual que indica a causa primária de uma doença ou sintoma, para estimular que o próprio organismo se cure. Indicada para quem tem alergias, alterações respiratórias, ansiedade, depressão, enxaqueca, fibromialgia, fobias, insônia, traumas emocionais e físicos, distúrbios hormonais e alimentares, agressividade e muitos outros.

A osteopatia também começa a ser procurada pelos pacientes que possuem dores nas articulações, cefaleias, hérnias de disco, ligamentos e músculos. O tratamento estimula as articulações para recuperação plena do corpo.

Já a fisioterapia geriátrica tende a crescer, conforme aumenta a quantidade de idosos no país. Cuida dos problemas comuns da idade, com maior fragilidade e propensão a infecções e doenças cardiovasculares, tumores e osteoporose.

É muito importante entender que, atualmente, para garantir seu espaço no mercado, o profissional da área da saúde deve estar sempre atualizado e investindo em ações que aumentem a visibilidade de sua clínica ou consultório, através de uma estratégia de marketing e de um bom atendimento e relacionamento com o paciente.

Você sabia que existem softwares médicos extremamente eficazes que auxiliam na gestão da clínica de fisioterapia e no relacionamento com os pacientes? E que, inclusive, podem ajudá-lo na parte estratégica e no marketing do consultório? Já pensou se, no seu software médico, além de gerenciar seus pacientes, você pudesse também criar e conduzir o seu próprio site e blog?

No iMedicina nós oferecemos essa possibilidade! Conheça nossa proposta visitando a nossa página e entenda melhor como informatizar o seu consultório e atrair novos pacientes!

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.