7 coisas que você está perdendo sem um prontuário eletrônico inteligente

você está perdendo sem um prontuário eletrônico inteligente

Não basta apenas informatizar o seu consultório, você precisa de um prontuário eletrônico inteligente, que realmente atenda as suas necessidades. Se você está gastando mais ou o mesmo tempo que usava com prontuários de papel, a proposta do seu sistema não é verdadeiramente inteligente.

Veja agora o que mais você está perdendo sem um prontuário eletrônico de qualidade:

 

Tempo

 

Se você ainda gasta bons minutos com dezenas de campos para preencher dados de pacientes em telas complicadas, você está desperdiçando tempo! Você perde tempo fechando a consulta para abrir seu aplicativo de preferência (Word, por exemplo) e copiar seu modelo de prescrição, já que ele não está disponível na base do software que você utiliza. Em seguida, você terá que repetir a tarefa de preenchimento de dados na prescrição e fará o mesmo, novamente, se houver algum pedido de exame.

Seu prontuário eletrônico também não é nada personalizado para a sua área de atuação, fazendo você perder ainda mais tempo tendo que editar campos e modelos de anamnese, adequando-os a sua especialidade. Você consegue imaginar qual o tempo total gasto com tarefas repetidas, edições, configurações e preenchimento de inúmeros campos de dados por semana no seu sistema?

Então, faça as contas e o resultado te mostrará imediatamente o que já desconfiávamos: você está perdendo tempo.

 

Eficiência

 

Sem um prontuário inteligente, sua performance profissional é prejudicada. Perdendo tempo com demandas que o seu prontuário deveria suprir – afinal é para facilitar a sua vida que você investiu em um software – você deixa de investir na qualidade do atendimento, diminuindo o seu desempenho em consulta, e isso interfere diretamente na satisfação do seu paciente.

Sua eficiência é comprometida quando você não possui as ferramentas adequadas para realizar o seu trabalho com qualidade: o seu prontuário não utiliza a sua linguagem na tela de consulta e você precisa de muitos cliques para chegar a onde quer.

Liberdade

 

Se o seu prontuário não entende a sua maneira de trabalhar e você tem que se adequar a ele, você está perdendo autonomia. Se você, profissional da área da saúde, já possui a sua forma de lidar com o preenchimento de anamneses, mas o seu software atual faz com que você tenha que preencher campos de dados que considera desnecessários ou repetitivos, você está tendo a sua liberdade de atuação comprometida.

Além disso, possivelmente, você não pode definir quais campos de preenchimento serão obrigatórios, nem criar os seus próprios modelos de prescrições, pedidos de exames e receitas para adicioná-los à base do sistema e economizar tempo.

 

Praticidade

 

Você está perdendo praticidade se não consegue acessar o seu prontuário de qualquer lugar a qualquer momento. Perde ainda mais se os recursos oferecidos pelo prontuário eletrônico que utiliza são complexos e sem inteligência alguma– termos e orientações que não fazem sentido para a sua especialidade.

Uma tela de navegação pouco prática também interfere na sua produtividade, pois exigirá grande parte do seu tempo para compreender o funcionamento do sistema antes mesmo de começar a usá-lo. Telas assim também aumentam as chances de erros no preenchimento dos dados do paciente, o que pode ocasionar conflitos e, consequentemente, prejuízo para o seu consultório ou clínica.

 

Qualidade

 

Se você gasta tanto tempo lidando com um sistema de prontuários ineficiente que acaba não oferecendo ao paciente um atendimento com a qualidade que ele merece, você perde na qualidade do seu atendimento. Pior ainda é quando você tem que utilizar outros recursos que o software não oferece para completar o seu atendimento.

Para saber alguma informação importante sobre o paciente, como os medicamentos já utilizados por ele, você terá que abrir cada prontuário anterior para fazer este levantamento e tudo isso no tempo curto de uma consulta. A qualidade de todo esse processo desenvolvido apenas por você é consideravelmente reduzida, porque você não está tendo nenhum auxílio realmente relevante do seu prontuário.

Com um prontuário inteligente, a qualidade do seu trabalho poderia ser triplicada, já que ele possui, em um só lugar, todos os recursos necessários para assegurar um bom atendimento.

 

Agilidade

 

Agilidade somada à qualidade e praticidade é igual a retorno garantido para o seu consultório. Quanto mais ágeis forem os processos operacionais no seu consultório, mais produtivo ele será. Se o seu prontuário eletrônico não te oferece agilidade, eliminando a necessidade de repetições e cliques redundantes, você perde tempo e paciência.

Você também pode perceber que o seu prontuário não é ágil se ele não te oferece todas as informações que você precisa na mesma tela de maneira simultânea. Isso porque o ato de fechar e abrir a tela de consulta, várias vezes seguidas, não é nada prático nem produtivo.

O ideal seria que, na mesma tela, todos os recursos fossem disponibilizados para você, evitando a perda de tempo e agilizando os processos recorrentemente necessários para o atendimento ao paciente.

 

Informações inteligentes

 

Acima de tudo: você está perdendo informações importantes! 

Um prontuário que não te permite agrupar dados que você considera relevantes para facilitar a visualização do quadro geral de um paciente ou do seu consultório posteriormente, não está disponibilizando a você informações e métricas extremamente importantes para que você avalie evoluções de pacientes, qualidade dos atendimentos e até a gestão administrativa e financeira do seu consultório ou clínica.

Agora que já sabe tudo o que está perdendo sem um prontuário eletrônico inteligente, imagine tudo o que poderia ganhar com um sistema que realmente atendesse as suas necessidades de forma completa e prática, tornando o seu dia a dia mais produtivo.

Existem algumas situações que você passa hoje no consultório, que poderiam ser solucionadas com a ajuda de um bom sistema de gestão e atendimento. Descubra clicando aqui se você enfrenta as 5 situações que mais causam transtornos em consultórios, e como você pode contorná-las!

 

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.