15 tendências interessantes da Medicina que logo estarão em seu consultório

tendências da medicina

O médico que deseja se diferenciar no mercado precisa incluir, entre suas prioridades, a constante pesquisa e o frequente olhar sobre as novidades da área. E acompanhar as tendências da Medicina é tarefa das mais desafiadoras, especialmente, a partir da revolução digital: todo dia, há novas ferramentas e modos de operação que simplificam a rotina do consultório, dão mais agilidade no trabalho realizado e precisão no armazenamento dos tantos dados que passam pela clínica.

Para encurtar o caminho de busca por essas tendências da Medicina, fizemos uma pesquisa profunda e nesse post daremos destaque ao que você precisa colocar no seu radar de informações para já se antecipar a esses movimentos de mercado. Dessa forma, sua clínica não será espectadora da transformação digital e, sim, participante ativa. Os resultados? Bom, nem é preciso dizer muito: uma marca quando larga na frente, tende a ter maior atenção por partes de seus consumidores. Se é assim no mundo dos negócios, não é muito diferente na área da saúde!

 

O que é transformação digital?

 

Você pode ter passado pelo parágrafo anterior e se deparado com esse termo e talvez nem ter dado a real atenção que ele merece. Na linha dos negócios, a transformação digital significa o processo pelo qual a empresa passa ao se posicionar como negócio digital. Engana-se quem pensa que isso está restrito ao mundo de engravatados e acionistas financeiros: empresas de todos os portes veem nessa abordagem uma oportunidade para se tornarem mais eficientes e alavancarem seus resultados.

 

Na prática, funciona da seguinte maneira: a partir de soluções tecnológicas, a empresa automatiza processos, aperfeiçoa seu modelo negócio e norteia suas ações com foco na experiência do usuário. Isso por si só viabiliza a criação de novos modelos de negócio e novas maneiras de interação e engajamento com sua equipe de trabalho e paciente, por exemplo.

 

Em outro post aqui do blog, nós mencionamos cinco práticas de mercado — possíveis a partir da transformação digital —, mas que ainda são ignoradas por 99% dos consultórios médicos. Só ali já dá para ter uma clara ideia de que a transformação digital veio para ficar, inclusive para revolucionar os consultórios médicos. Se você leu isso e imaginou uma clínica nos moldes do lendário filme Matrix, fique calmo, não precisamos de tanto. Antes de chegar lá, há meios fáceis de que a tecnologia dispõe para que você consiga trazer mais eficiência para a sua rotina.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

 

Tendências da medicina alinhadas à transformação digital

 

Para você ver que isso está mais próximo do que você pode imaginar, nós procuramos 15 tendências da Medicina que são bem interessantes e que logo estarão entrando aí em seu consultório. Os dados que você verá aqui neste artigo foram retirados do painel de novidades feito pela Legacy DNA, um grupo de marketing norte-americano que observa esses movimentos do mercado na área médica e sintetiza informações para ajudar outros consultórios.

 

Só para se ter uma ideia, a assistência médica no EUA representa um mercado que movimenta 3,8 trilhões de dólares por ano (também de acordo com a Legacy DNA) — maior que o Produto Interno Bruto de muitos países, inclusive o Brasil. Por movimentar essas cifras, o estudo foi feito considerando a realidade norte-americana, que serve de parâmetro para as demais nações, tendo em vista que de lá partem boa parte dessas tendências.

 

As tendências da medicina

 

  1. Processamento de dados eletrônicos: do total de valores gastos com assistência médica nos EUA no ano passado, 18% foram investidos nesse campo. O cruzamento de informações possibilita um olhar mais profundo sobre seus pacientes e garante uma atuação mais estratégica.
  2. Planos de saúde digitais e personalizados: outra novidade em alta é o surgimento de planos de saúde e contas, ambos digitais. Essa novidade fez com que os planos passassem a adotar serviços e planos personalizados, de acordo com o perfil de cada pessoa.
  3. Novo perfil do profissional da saúde: esses recursos favorecem a criação de uma geração de médicos mais abertos às possibilidades que a transformação digital, o que têm trazido mudanças significativas nos consultórios (como automação do processo de atendimento, por exemplo, usando tecnologia especializada).
  4. Armazenamento de informações: tão importante quanto ter dados organizados, é a possibilidade de armazená-los de forma segura. E essa é outra tendência na área médica. Estima-se que quase 13 milhões de enfermeiros e médicos já armazenem seus dados de modo digital.
  5. Atendimento remoto e feedback personalizados: a comunicação ágil e focada nos interesses dos pacientes é outra tendência da Medicina. Comunicadores instantâneos, e-mails, SMS e outros recursos têm sido cada vez mais usados em clínicas médicas para estreitas o relacionamento com seu público-alvo.
  6. Prevenção a doenças crônicas: o sedentarismo é uma das causas para o crescimento de enfermidades como doenças cardíacas, câncer e diabetes. Estima-se que até 2023, ocorrências relacionadas à essas doenças possam crescer em até 50%. De olho nisso, há muitos consultórios utilizando a tecnologia para compartilhar informações de prevenção com seus pacientes, de acordo com o perfil de cada um.
  7. Soluções focadas na terceira idade: as melhorias em tratamentos médicos têm contribuído para o aumento da expectativa de vida. Entender esse perfil pode o ajudar a direcionar esforços para melhoria de atendimento a esse público.
  8. Maior procura por saúde e bem-estar: atividades que ofereçam o bem-estar aos pacientes é outro recurso que está em alta. Nos EUA, por exemplo, só esse setor deve movimentar mais de 6,5 bilhões de dólares em 2018.
  9. Atendimento homecare: a complexidade de locomoção nos grandes centros urbanos e praticidade têm feito do homecare uma atividade cada vez mais procurada. Estima-se que em 2020 o mercado americano terá 1,3 milhões de pessoas com atendimento domiciliar.
  10. Surgimento de startups na área médica: só no primeiro semestre de 2014, o investimento público dos EUA destinou mais de 2,3 bilhões de dólares para financiar startups de saúde digital, o que sinaliza a interessante tendência que aquece também outros mercados. Isso nos mostra que mesmo clínicas e consultórios (como o seu, por exemplo), devem sim ser considerados negócios como em qualquer outra área.
  11. Privacidade e segurança de informações: com dados cada vez mais inseridos na modalidade digital, cresce a preocupação por privacidade das informações. As gigantes da área da saúde têm cada vez mais buscado por soluções que atendam a esse parâmetro.
  12. Telemedicina: esse recurso trata do uso das modernas tecnologias da informação para fornecer informação e atenção médica a pacientes e a equipes de saúde, localizados na maioria das vezes a centenas de quilômetros.
  13. Consultas em vídeo: estima-se que até 2018, deve crescer de 900 mil para 2,3 milhões o número de atendimentos feitos por médicos a pacientes nessa modalidade.
  14. Menor gasto com saúde: as tecnologias favorecem também a redução de custo, tanto que para 2020 é projetada uma diminuição de até 2% de gastos com saúde nos EUA.
  15. Ferramentas digitais e sem fio: recursos modernos e de simples utilização estão em alta e devem expandir a venda até 2018. Neste ano, é esperado vender 112 milhões de unidades.

Pelos números apresentados já deu para perceber que essas tendências da Medicina não estão tão distantes de se consolidarem, não é mesmo?

Continue nos acompanhando aqui no blog iMedicina e se inscreva em nossa newsletter para não perder nenhum de nossos artigos!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: