Como fazer a gestão de crise no Marketing Médico

marketing médico

Assim como qualquer empresa, um consultório médico também está sujeito aos tempos de crise, que são difíceis de prever e podem abalar a saúde financeira. Porém, mesmo em meio a turbulência, o investimento em marketing médico precisa continuar.

Neste artigo, falaremos mais sobre como gerenciar esses momentos inesperados e como você deve se posicionar. Ficou interessado? Então, continue a leitura.

O que é gestão de crise?

Trata-se de um conjunto de ações que são definidas previamente para serem utilizadas em situações críticas, com o objetivo de resolvê-las ou, pelo menos, aliviar os seus impactos. Em grandes empresas esse protocolo costuma seguir os seguintes passos:

  • criação de um comitê de gestão de crise;
  • mapeamento dos riscos aos quais cada setor está sujeito;
  • identificação das áreas mais vulneráveis;
  • definição das providências que serão tomadas para cada tipo de problema;
  • seleção de um porta-voz para a empresa.

Ainda, esse planejamento visa dar transparência a empresa e também dar uma resposta a sociedade. Geralmente, a gestão de crise é pensada para antecipar problemas de grande repercussão, com exposição na mídia e que tenha o potencial de trazer prejuízos para a imagem da empresa.

Quando ela é necessária?

No caso dos consultórios médicos, clínicas, unidades de saúde e hospitais, as crises econômicas são os períodos que mais exigem um bom planejamento, como ocorre com a pandemia do novo coronavírus.

No entanto, outras situações críticas também podem produzir uma crise em organizações de saúde, como um desastre natural, uma tragédia local, um escândalo de corrupção em instituições públicas, etc.

Como fazer a gestão de crise?

Embora seja difícil prever a chegada de um momento crítico, a gestão de crise tem o objetivo de preparar o consultório e os colaboradores para lidar com a situação. Por isso, é realizado um planejamento baseado em possíveis dificuldades que podem ocorrer. A seguir, conheça algumas dessas etapas previstas nesse plano.

Política de prevenção

Criar uma cultura de prevenção é uma etapa importante na estratégia de gestão de crise e, quando realizada de forma adequada, é capaz de reduzir os prejuízos. Porém, exige um longo trabalho para mudança da sua mentalidade e dos seus funcionários.

Estabeleça parâmetros para identificar uma crise

Uma forma de se antecipar aos momentos críticos é estabelecendo indicadores limites que, quando ultrapassados, sinalizam um início de crise. Assim, você será capaz de acompanhar a evolução desses parâmetros e estar preparado para enfrentá-la. Ainda, para definir esses limites, considere as seguintes perguntas: 

  • O problema pode afetar a saúde dos seus funcionários, pacientes, familiares, visitantes ou a população local?
  • A situação pode prejudicar a imagem do consultório? Afetar a sua credibilidade?
  • O problema tem potencial para ser explorado pela mídia? 

Dessa forma, ao lidar com uma situação que produza uma resposta afirmativa para uma das questões acima, você coloca em prática o seu planejamento para gestão de crise.

Identifique as vulnerabilidades

Ao montar o seu plano, faça um mapeamento das áreas do consultório que estão mais suscetíveis e vulneráveis nos casos de uma crise. Com isso, você é capaz de se antecipar e limitar os possíveis danos que podem ocorrer.

Mantenha o plano e os contatos atualizados

O plano de gestão de crise não deve ser uma estratégia fixa, mas sim variável, de acordo com as mudanças que ocorrem dentro do consultório e também no mundo. Por isso, faça atualizações constantes no seu planejamento.

Da mesma maneira, atualize os contatos das pessoas indicadas no plano como responsáveis por agir nas situações críticas. Com isso, você permite que os profissionais sejam contactados rapidamente nas emergências.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Tenha uma estratégia de comunicação

Em tempos de crise, a forma como você se comunica com o seu público é determinante para o tamanho do impacto que o seu consultório sofrerá. Por isso, é de extrema importância elaborar uma boa estratégia de comunicação.

Ainda, o ideal é contar com profissionais experientes em situações críticas, pois já sabem como transmitir uma mensagem positiva para o público, funcionários, imprensa e todos os outros envolvidos.

Qual o papel do marketing médico em tempos de crise?

Segundo Philip Kotler, escritor americano e especialista no assunto, o marketing é a arte de descobrir oportunidades, desenvolvê-las e lucrar com elas. Por essa definição, percebemos que é uma estratégia essencial nos tempos de crise.

Por exemplo, durante a pandemia da Covid-19, o isolamento social é a maneira mais eficiente para parar o contágio. Com isso, as pessoas deixaram de sair das suas casas para buscar outros serviços, como a assistência médica.

Neste sentido, ter um consultório online, que investe em marketing médico digital se mantém vivo na memória dos pacientes, levando informações de qualidade e até realizando consultas por telemedicina, que foi autorizada nesse período.

Invista em marketing médico

Entretanto, com os prejuízos financeiros causados pela crise, os investimentos em marketing precisam ser mais assertivos e inteligentes. Por isso, apostar no marketing digital pode ser a melhor saída em razão do baixo custo. 

Ademais, em tempos difíceis, você deve fortalecer o relacionamento com seus pacientes. Contudo, o foco não deve ser promover o seu trabalho, mas sim desenvolver ações de branding sensíveis ao momento.

Outrossim, certifique-se de produzir artigos relevantes e de qualidade para o seu público. Caso a crise esteja relacionada à saúde, crie conteúdos que tratem do tema, mas que tenham uma mensagem positiva. Para essa estratégia de marketing de conteúdo, você pode usar tanto o blog quanto as redes sociais.

Da mesma forma, o e-mail marketing é uma ação que pode ser eficaz nesse período, com mensagens que esclareçam o seu posicionamento em relação à situação, cuidados com a saúde, ações de conscientização, etc. 

Ainda, se você possuía uma estratégia de marketing de longo prazo ativa antes da crise, recomendamos que o trabalho continue. Isso porque é um investimento que garantirá o futuro do seu negócio quando a situação crítica passar.

No entanto, um pequeno deslize na sua comunicação com o público, pode ser o suficiente para que as pessoas se esqueçam de todas as suas boas práticas, afetando a sua credibilidade e autoridade.

Por isso, recomendamos que a gestão de crise do seu consultório seja realizada por uma empresa especializada em lidar com essas situações. Assim, o trabalho passa a ser feito por pessoas experientes e aptas a realizar uma comunicação efetiva.

Enfim, antes da crise chegar, estabeleça um plano de gestão para enfrentá-la, evitando ser surpreendido. Da mesma forma, não deixe de investir no marketing médico, pois, quanto tudo passar, você manterá o seu posicionamento e as pessoas lembrarão de você.

Quer saber mais sobre marketing médico? Faça download do livro Clínicas Digitais e aprenda mais sobre o assunto.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: