Como impulsionar seu consultório com a ajuda das Redes Sociais

Redes sociais

Cerca de 2.8 bilhões de pessoas usam redes sociais para compartilhar suas vidas, seus pensamentos, conectar-se com amigos e familiares e ler notícias e informações relevantes.

Apesar de terem sido criadas para cultivar relacionamentos pessoais, médicos podem utilizar as redes sociais para encontrar novos pacientes e desenvolver estratégias de negócios.

Isso porque centenas de milhares de pessoas buscam informações sobre saúde e sobre seus médicos nessas plataformas, tornando-as uma forma excelente para aumentar seu reconhecimento e atrair novos pacientes.

Vá ao Google e pesquise “melhor [sua especialidade] em [sua cidade]”. Seu nome aparece no topo das pesquisas? Se não, está na hora de investir mais na sua presença digital.

Como os profissionais de saúde se destacam na internet

Procure as pessoas mais relevantes na sua área. Dê uma olhada nos primeiros sites que aparecem. Eu aposto que nenhum deles é um livro ou artigo científico, mas conteúdos mais amigáveis, como blog posts, site próprio, vídeos no Youtube e perfis nas redes sociais.

O compartilhamento de informações e conhecimento é uma ótima forma de se posicionar no mercado, e conteúdos amigáveis são indiscutivelmente mais atraentes.

A grande maioria das pessoas nunca vai ler aquele seu artigo ou publicação em uma revista científica. Para atingi-las é preciso produzir conteúdos de fácil entendimento, que sejam úteis e que estejam em um formato que elas consumam. Postagens em redes sociais, por exemplo, são uma ótima forma de fazer isso.

Quando você compartilha informações úteis relacionadas à sua especialidade nas redes sociais de forma consistente, você se torna uma fonte relevante, alguém a quem as pessoas vão recorrer porque domina determinado assunto.

Por que ter presença digital?

À medida que você passa a ser considerado um expert, cada vez mais pacientes vão te encontrar utilizando as ferramentas de busca. Invista na sua carreira. Facilite para que as pessoas te encontrem quando estão procurando por um especialista bom como você.

Essas plataformas podem ser usadas para diferentes objetivos, como:

    • Atrair novos pacientes: aumentando sua presença digital, você consegue alcançar pessoas que não saberiam sobre você e seu trabalho de outra forma.
    • Tornar-se referência em sua especialidade: postando conteúdos informativos, interessantes e úteis, mais as pessoas irão te procurar quando tiverem alguma dúvida e você irá se destacar cada vez mais como referência na sua área de atuação. Quanto mais conhecimento você compartilhar, melhor para sua imagem.
    • Construir relacionamento: o relacionamento médico-paciente é algo íntimo. Nas redes sociais é possível construir a confiança antes mesmo do paciente pisar no seu consultório. Muitas pessoas vão procurar o máximo de informações possíveis sobre um especialista antes de se consultar com ele, não seria legal que elas encontrassem informações que você mesmo publicou? Assim, você tem a oportunidade de ter um maior controle sobre o que as pessoas leem sobre você.
    • Compartilhar informações relevantes: ao ler seus conteúdos informativos e relevantes, as pessoas terão mais confiança de que você realmente sabe o que está fazendo. As redes sociais podem ser usadas para compartilhar dicas sobre saúde que serão relevantes para sua base de pacientes.
    • Promover a qualidade das informações sobre saúde disponíveis: as pessoas procuram informações sobre saúde na internet o tempo inteiro. Mas a maioria dos dados que elas encontram foi escrita por leigos, sem nenhum compromisso com a verdade. Criando e compartilhando conteúdo de relevância e exatidão científica, você está contribuindo com a medicina e com a população que, em geral, estará melhor informada.
    • Direcionar tráfego para seu site e/ou blog: Se você possui um blog e posta nele com frequência (e se não possui, deveria), as redes sociais podem te ajudar a constituir uma audiência. Compartilhando suas postagens nas suas redes sociais, um maior número de pessoas poderá lê-las e até mesmo compartilhá-las com seus seguidores no seu próprio perfil, aumentando o seu alcance. Além disso, fazer postagens específicas para as redes sociais ajuda a construir uma audiência que pode ser facilmente direcionada para o seu blog.

A visibilidade que as redes sociais proporciona é grande. O custo das ações online são bem baixos e, com uma boa estratégia e execução, podem gerar retornos surpreendentes. Então, por que não investir?

Escolhendo uma rede social

Você resolveu investir na sua presença digital e vai começar a adotar as redes sociais para impulsionar seus esforços? Ótimo! O primeiro passo é definir quais redes sociais utilizar.

Com uma variedade considerável de plataformas, o que você deve ter em mente nesse momento é o que faz mais sentido para a sua estratégia.

Cada um desses sites é diferente, funcionando melhor para alguns tipos de conteúdo do que para outros. Selecione quais redes sociais trabalhar tendo em vista os seus objetivos.

Também é importante ver onde estão os profissionais de maior referência na sua área. Se eles estão no Instagram, você deveria estar lá também!

Conheça um pouco sobre as principais redes sociais.

Facebook

O Facebook é acessado por 93% de todos os usuários da Internet, por isso, é bastante recomendável que se tenha uma página (página é diferente de perfil).

Nele é possível publicar, compartilhar e interagir com os outros usuários. Os conteúdos variam entre fotos, textos e vídeos. Como as postagens orgânicas atingem aproximadamente 5% do público, é necessário impulsionar algumas publicações para ter mais alcance.

O Facebook é uma excelente ferramenta para compartilhar informações relevantes e compartilhar postagens do seu blog, além de outros conteúdos que você achar interessante.

Instagram

O Instagram conta com 36% de todos os usuários da Internet e é uma das redes sociais que mais cresce no mundo. São mais de 1 bilhão de usuários cadastrados e 500 milhões o acessando diariamente.

Sua popularidade se dá pela facilidade em compartilhar postagens, que podem ser fotos ou vídeos acompanhados de textos. É uma rede visual, por isso, é importante que você invista em imagens atraentes e personalizadas.

É também muito interessante por contar com o recurso de Stories, onde é possível divulgar rapidamente vídeos e fotos para todos os seus seguidores. É uma ótima plataforma para compartilhar pequenos textos, imagens e vídeos informativos, para engajar com seus seguidores e tirar dúvidas rápidas sobre sua especialidade e atuação.

LinkedIn

Com 71% de todos os usuários da Internet, é a rede social para conexões profissionais mais popular. É excelente para divulgar seu currículo, procurar parceiros e referências na sua área, além de fazer o seu marketing pessoal.

Youtube

O Youtube é acessado por 55% de todos os usuários da Internet. É um site de compartilhamento de vídeos sobre os mais diversos assuntos, que, em conjunto, atingem uma média de 1 bilhão de visualizações diárias. É uma ótima opção para quem deseja criar conteúdos mais densos e de qualidade, de uma forma mais fácil de ser consumida. É ótimo para gerar maior visibilidade.

Twitter

Muitas pessoas pensam que o Twitter já teve os seus dias de glória, mas a verdade é que 79% de todos os usuários da Internet estão presentes nessa rede social. Sua popularidade se dá por oferecer conteúdos em tamanhos reduzidos, sendo cada publicação limitada a 280 caracteres, além de ser uma rede caracterizada pelo alto engajamento entre os usuários.

Independentemente de quais redes sociais você escolha para atuar, o importante é que elas tenham uma coerência entre si (se você utilizar mais de uma) e também com o que as pessoas encontram no offline, ou seja, dentro do consultório.

Além disso, a periodicidade é um importante elemento para o desenvolvimento de uma estratégia consistente e efetiva.

Dicas: o que fazer e o que não fazer nas redes sociais

Existe muita dúvida quanto à que postura adotar nas redes sociais, o que postar e com qual frequência fazê-lo. Por isso, separamos algumas dicas que vão te ajudar a não ficar tão perdido.

1. Tenha um perfil profissional

Uma das dicas mais importantes: tenha um perfil profissional! Se for no Facebook, faça uma página, se for em alguma das outras redes sociais, tenha seu perfil profissional separado do seu perfil pessoal.

Por quê? Bom, já pensou um paciente entrando no seu Instagram querendo saber mais sobre sua atuação e encontra uma mistura de fotos das suas últimas férias, da academia e daquela reunião de família? Não é legal, além de não ser nada profissional. Em seu perfil profissional devem ser postadas apenas coisas relacionadas ao seu trabalho.

Seja profissional nesse perfil, coloque uma foto em que é possível te reconhecer, informe sua especialidade, para que você seja visto como referência e disponibilize um link para o seu site ou blog.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

2. Poste informações verdadeiras

Garanta que as informações postadas nas suas redes sociais são verdadeiras. Para isso, é importante que você esteja envolvido no processo de criação, seja escrevendo ou revisando e aprovando o conteúdo criado por outra pessoa. Lembre-se: a internet já está cheia de notícias falsas, e informações equivocadas atrapalham a relação de confiança com o paciente e o seu posicionamento como referência.

3. Fique atento aos direitos autorais

Direitos autorais são os direitos que todo criador de uma obra intelectual tem sobre a sua criação. Isso quer dizer que, além de não ser interessante, copiar o conteúdo de alguém pode causar muita dor de cabeça.

Poste conteúdos originais nas suas páginas e, se for compartilhar o conteúdo de alguém, peça permissão para essa pessoa antes e dê os devidos créditos.

Caso você queira desenvolver seu próprio conteúdo (textos e imagens), mas não tem tempo para dedicar, você pode contratar alguém ou alguma empresa.

Aqui no iMedicina, vários dos nossos clientes contratam nosso serviço de Redes Sociais e recebem todos os meses textos e imagens exclusivas para suas páginas.

4. Cuidado com o que você compartilha, curte e comenta

Nas maioria das redes sociais é possível acompanhar as atividades de outros usuários. Por isso, é importante ter muito cuidado com o que se compartilha, curte e comenta quando estiver utilizando um perfil profissional, pois você pode responder por isso, mesmo não sendo o autor.

A impressão de que na internet é permitido falar de tudo sem qualquer tipo de consequência é falsa.

Então, não curta ou promova conteúdo impróprio, evite seguir perfis desrespeitosos e comentar algo que possa ser interpretado como violação de direitos.

5. Cuide da sua imagem

Seja prudente e mantenha uma boa postura, seja nas suas postagens, comentários ou respostas aos seus pacientes.

Antes de fazer qualquer uma dessas ações, pense: eu diria isso para um paciente no meu consultório?

6. Faça posts simples, diretos e regulares

Os conteúdos postados por você nas suas redes sociais serão, em sua maioria, lidos por pessoas legais no assunto. Então, opte por conteúdos simples, fáceis e diretos. Seja claro e objetivo e evite textos muito extensos. Caso queira aprofundar mais em algum assunto, faça um blog post.  

Além disso, planeje suas publicações e as faça com certa regularidade. Deixe seus seguidores saberem que haverá um constante compartilhamento de conteúdos interessantes  no seu perfil e que, por isso, vale a pena segui-lo.

7. Seja engajado

Redes sociais são baseadas na interação. Interagir é a chave para uma estratégia de sucesso nessas plataformas.

Ninguém quer seguir alguém que só faz algumas postagens e não volta para responder comentários e nem segue outras pessoas. Então, seja engajado. Responda os comentários feitos nas suas publicações de forma pessoal e siga outros perfis – pessoas na sua região, da sua área de trabalho, outros médicos, organizações médicas e associações. Muitas pessoas te seguirão de volta automaticamente.

8. Considere posts patrocinados

Pagar para que seus posts sejam impulsionados significa alcançar um público específico, selecionado com base em dados demográficos e sociais que são relevantes para você.

É muito mais fácil atingir um possível paciente com postagens patrocinadas do que simplesmente esperando ele encontrar seu perfil por acaso.

Atenção às regras do CRM

Fazer postagens regulares e de qualidade em redes sociais como Facebook, Twitter e Instagram é a chave para aumentar sua reputação online. Mas deve-se ter cuidado para não violar nenhuma das regras do CFM e acabar comprometendo a sua carreira. 

Com a popularização do uso das redes sociais por médico, o Conselho resolveu estabelecer regras para a comunicação, propaganda e marketing, bem como os parâmetros para conduta nas redes sociais. Todas as informações estão nas resoluções 1.974/11 e 2.126/2015.

Separamos algumas delas para você ficar atento ao utilizar as redes sociais:

    • É proibido realizar consultas, diagnósticos ou prescrever. As redes sociais não substituem uma consulta. O médico pode, no entanto, prestar informações, dar entrevistas e publicar artigos sobre assuntos médicos com fins estritamente educativos;
    • É proibido expor pacientes. Evite postar fotos de atendimentos, consultas, procedimentos e até mesmo uma selfie. Caso deseje postar, é preciso uma autorização prévia deles antes;
    • Anúncios médicos devem conter, obrigatoriamente, o nome do profissional, sua especialidade, o CRM e o número da qualificação (RQE), quando for o caso;
    • É proibido postar imagens de antes e depois. Também fica proibido garantir, prometer ou insinuar bons resultados do tratamento ao paciente ou aos seus familiares;
    • É proibido se promover como único que realiza algum procedimento ou o único que utiliza determinada técnica ou equipamento.
    • Deve-se evitar a autopromoção e o sensacionalismo;
    • É proibido usar expressões como “o melhor”, “o mais eficiente”, “o único capacitado”, “resultado garantido” ou outras com o mesmo sentido;

As punições por má conduta nas redes sociais vão de advertência, censura confidencial ou pública, até a cassação do direito de exercer a profissão. Melhor ficar atento!

Não tenho tempo para criar conteúdo, e agora?

Como já falamos anteriormente, é fundamental que suas postagens nas redes sociais sejam frequentes e de qualidade – isso inclui o conteúdo e a imagem. Fazer uma boa utilização dessas plataformas requer tempo e dedicação.

Sabemos que tempo é uma coisa preciosa e em falta para a categoria médica. Porém, esse não devia ser um motivo para não investir nessa estratégia.

Existem opções para quem deseja uma estratégia de redes sociais consistente mas não pode se dedicar pessoalmente para isso. Procure ajuda profissional! Você pode contratar um freelancer ou uma empresa para fazer isso por você.

Aqui no iMedicina somos especialistas em marketing voltado para médicos. Todas as postagens são pensadas e feitas com exclusividade. Analisamos o perfil de cada um de nossos clientes e produzimos conteúdos relevantes e de acordo com suas estratégias.

Quer ver alguns exemplos?

Dra. Paula Woo – Instagram

A estratégia da Dra. Paula Woo envolve um postagem regular no blog e no Instagram. Em 5 meses, o perfil da pediatra teve um crescimento de aproximadamente 23% no número de seguidores.

Instagram Dr. Filippo Savioli
Facebook Dr. Filippo Savioli  

O Dr. Filippo Savioli começou a realizar suas postagens personalizadas em novembro, e em menos de três meses já alcançou um aumento de 50% do seu alcance. Sua estratégia está pautada em postagens frequentes no blog, no Facebook e Instagram.

Instagram Dr. Fabio Sguissardi
Facebook Dr. Fabio Sguissardi   

A clínica Cervicale, do Dr. Fabio Sguissardi começou o Instagram há pouco tempo, e em menos de um mês conseguiu passar dos 1.000 seguidores, de acordo com o perfil de público-alvo pretendido. Em sua página do Facebook são postados conteúdos personalizados e também são compartilhados os artigos do blog.

Alto retorno, porém a longo prazo

Com conteúdos originais e chamativos, você pode esperar bons resultados. O investimento em redes sociais é baixo, considerando a visibilidade que proporciona, e tem um bom retorno.

Contudo, é preciso tempo. Seu Facebook e Instagram não vão bombar do dia para noite. É preciso paciência para realizar as ações, acompanhar o que está funcionando e o que deve ser repensado, e amadurecer a estratégia.

Em longo prazo, é possível conquistar maior tráfego para seu site, um maior número de seguidores engajados que estão interessados no que você tem a dizer e, claro, uma agenda mais cheia como consequência de todas as ações empregadas.

Quer saber mais sobre como utilizar as redes sociais para atrair mais resultados? Acesse o nosso WebSeminário gratuito sobre o assunto clicando aqui!

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
iMedicina Software Gratuito - Conheça!
Clínicas Digitais | Conheça o Livro
Materiais Educativos Gratuitos para Clínicas e Consultórios

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.