Marketing pessoal do médico: como construir o seu sem se vender comercialmente

marketing pessoal do médico

Com a chegada das plataformas digitais, o marketing digital passou a ser uma prática comum na rotina de clínicas médicas. Porém, quando se fala em fazer o marketing pessoal do médico, dificilmente o assunto é bem recebido pelos profissionais.

Contudo, é possível construir uma estratégia sem ações apelativas ou que prejudiquem a imagem do médico. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura deste artigo. A seguir, explicaremos tudo sobre o assunto.

O que é marketing pessoal?

Quando falamos de marketing, estamos falando de práticas que visam divulgar um produto ou serviço, despertar o interesse e/ou encantar o cliente. Embora não seja o único objetivo, o mais comum é que o resultado esperado seja a venda de um serviço ou de um produto.

Talvez, esse conceito de marketing seja o responsável pelo estranhamento dos profissionais quando o tema marketing pessoal é abordado. No entanto, a proposta deste estratégia é melhorar a imagem do profissional junto ao seu público.

Além disso, saiba que é perfeitamente possível fazer o marketing pessoal do médico sem transmitir a mensagem de autopromoção. Isso porque o trabalho consiste em fortalecer a imagem do profissional a fim de atrair e fidelizar pacientes.

Ademais, se você desenvolve o marketing da sua clínica ou consultório, entenda que fazer o seu marketing pessoal é tão importante quanto. Prova disso, é que essa é uma prática muito utilizada por grandes empresas e empresários.

Ainda, ao buscar por profissionais de saúde, as pessoas desejam, entre outras coisas, encontrar um médico com experiência e conhecimento na sua área de atuação. Porém, nem sempre tais informações estão disponíveis.

Neste sentido, ao construir o seu marketing pessoal, você divulga os seus diferenciais, apresentando para os potenciais pacientes o seu domínio e autoridade em determinado assunto, além de se tornar uma referência para outras pessoas.

Por que é importante fazer o marketing pessoal do médico?

Segundo levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM), há um considerável aumento no número de novos médicos no Brasil, chegando a meio milhão de profissionais formados. Além disso, apenas em 2018, foram concedidos mais de 200 mil títulos de especialista.

Ainda, com esta estatística fica evidenciado o tamanho da concorrência no setor. Dessa forma, é necessário buscar alternativas para se diferenciar no mercado e para conquistar novos pacientes. A seguir, listamos alguns dos fatores que explicam a importância de fazer o marketing pessoal do médico.

Captação de novos pacientes

Na busca por um profissional de saúde, os pacientes levam em consideração diversos aspectos que variam de importância para cada pessoa, tais como, qualidade do atendimento, localização, custo, experiência do profissional e extensão do currículo.

Com o fácil acesso à informação, basta uma simples pesquisa para encontrar esses dados que irão pautar a decisão. Porém, quando o paciente não consegue achar esse tipo de informação, o provável é que ele opte pelo seu concorrente.

Assim, quem consegue construir uma boa estratégia de marketing pessoal tende a se diferenciar no mercado e consegue conquistar e fidelizar pacientes.

Credibilidade

Os profissionais de saúde que possuem ampla experiência e um vasto conhecimento transmitem mais confiança para os pacientes. Por isso, podemos afirmar que a realização do marketing de pessoal do médico também aumenta a sua credibilidade.

Fortalece a sua marca

Assim como o seu consultório, você também é uma marca. A forma como se relaciona com seus pacientes, o seu estilo, a maneira como se expressa, suas características físicas e o seu nível de conhecimento são elementos que compõem sua identidade.

Desse modo, para ter uma marca forte e valorizada pelas pessoas, é imprescindível investir no seu marketing pessoal. Caso contrário, mesmo que você tenha muitos diferenciais, eles não serão conhecidos pelo público. 

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Agora que você conhece a importância de fazer o marketing pessoal do médico, é importante conhecer maneiras de iniciar essa estratégia sem parecer que você está se vendendo comercialmente. Quer saber como? Continue a leitura.

Como fazer o marketing pessoal do médico sem se vender comercialmente?

A prática da Medicina é pautada por princípios éticos que regulam todas as ações desempenhadas pelos profissionais. Com o marketing não é diferente. Por isso, é necessário desenvolver estratégias que não firam esse código.

Então, para facilitar a construção do seu marketing pessoal, listamos um passo a passo com algumas medidas que irão agilizar esse processo e evitar a ocorrência de erros. 

1) Defina seus objetivos e os valores que deseja destacar

Quais foram os percalços encontrados para alcançar o nível de experiência e o grau de conhecimento que você tem hoje? Qual é a sua história? Quais os valores que norteiam o exercício da sua profissão?

No marketing, o storytelling é uma das ferramentas mais utilizadas pelas empresas, pois, consiste em contar uma história e as pessoas se conectam com esse tipo de conteúdo. Por isso, a sua vida é parte essencial do processo de construção da sua marca.

Assim, para elaborar uma estratégia eficiente, defina os objetivos que espera alcançar com ela, descubra quem é o público que você deseja atrair para o consultório e conheça os diferenciais dos seus concorrentes.

2) Dedique-se ao marketing digital

Com a popularização da internet, é possível afirmar que a maioria dos seus pacientes está, em algum momento do dia, conectado à rede. Por isso, é impossível desconsiderar o potencial deste canal na sua estratégia.

Com isso, você passa a ser facilmente encontrado pelo seu público. Assim, seu currículo será amplamente conhecido, passando a ser um diferencial. Então, utilize as redes sociais, construa o seu próprio site e use o e-mail marketing.

3) Produza conteúdos autorais

A melhor forma de compartilhar o conhecimento acumulado é promovendo a saúde da população através da produção de conteúdos autorais. A internet se tornou a principal fonte de informação sobre temas relacionados à saúde.

Então, você não deve ignorar o potencial de alcance da rede. Ademais, ao elaborar uma boa estratégia de marketing de conteúdo, seus artigos se transformam em uma importante ferramenta para a atração e fidelização de pacientes.

4) Estabeleça um relacionamento com os pacientes

O tipo de relacionamento entre médico e paciente é o que costuma determinar a fidelidade dele ao consultório. Por isso, não basta apenas investir na divulgação do seu currículo. Para conseguir manter os seus pacientes, você também deve traçar ações de marketing de relacionamento.

Porém, a rotina de um médico não é fácil e costuma ser repleta de compromissos. Dessa forma, é necessário buscar alternativas para ter um canal de comunicação ativo com os pacientes. Para isso, utilize o e-mail marketing.

Ainda, essa ferramenta permite que você compartilhe seus artigos e postagens com o seu público, segmente os pacientes por temas de interesse, envie lembres e confirmações de consultas e até felicitações por datas comemorativas. Tudo de forma automatizada.

5) Conheça as normas do CFM para fazer o marketing pessoal do médico

O Conselho Federal de Medicina (CFM) regulamenta o marketing médico através do Manual de Publicidade Médica. Dentre outros vetos, a norma proíbe:

  • divulgação de preços, formas de pagamento e parcelamentos dos valores de consultas, exames e tratamentos;
  • uso de fotos dos pacientes, mesmo que haja o consentimento deles;
  • utilização de termos que indiquem superioridade, tais como, “o melhor”, “o mais eficiente”, “o único” e semelhantes;
  • criação de propagandas sensacionalistas que prometem resultados ou que associam o sucesso do tratamento a um determinado equipamento;
  • divulgação de especialidades que não possui.

Enfim. fazer o marketing pessoal do médico se tornou uma estratégia imprescindível para quem deseja se destacar da concorrência e ser reconhecido pela sua experiência e capacidade técnica.  Então, siga nossas orientações e não perca essa oportunidade de conquistar pacientes.

Quer saber mais sobre o assunto? Baixe nosso Guia Definitivo do Marketing Médico e comece a colocar suas estratégias em prática!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: