Descubra por que é arriscado não usar um software para clínicas

software médico

Levar uma clínica ou consultório para o sucesso e independência financeira depende de ao menos duas coisas: excelentes profissionais e um bom software médico.

Prestar um bom atendimento faz parte do primeiro ponto, mas um atendimento de excelência por si só não promove a estabilidade desejada. Existem outras séries de processos que precisam ser organizados e gerenciados da melhor forma possível.

Quem opta por fazer a gestão no papel ou em softwares gratuitos, abre espaço para que imprevistos e erros aconteçam. Uma vez que dados e informações importantes são perdidas, seja por conta de problemas no software ou desastres naturais, a clínica é completamente afetada. E é aqui que o software para clínicas entra para brilhar.

Ao ouvir falar sobre software médico, documentação de registros de forma eletrônica pode ser a primeira coisa que vem à sua mente. Enquanto a função de prontuário eletrônico é crucial – e deve ser um dos recursos principais do sistema médico – existem outros recursos que um software de gestão médica completo pode oferecer.

No post de hoje, listamos os maiores riscos de não usar um software para clínicas.

Vamos lá?

 

1. A falta de comunicação

Calendário de parede, registros médicos em papel armazenados em gavetas que ficam trancadas, planilha de gastos impressa e consultas registradas na agenda de papel.

Se você se identificou com alguma parte citada acima, as chances da sua clínica falhar na comunicação são grandes. Ainda mais nos dias de hoje, onde a comunicação em rede está facilitando a vida de muitos profissionais em diferentes áreas.

Quando você tem um software médico na nuvem, os dados e informações são acessíveis de qualquer lugar, a qualquer hora. Você pode gerir os processos internos da sua clínica de qualquer lugar, seja enquanto estiver em casa ou preso no trânsito.

Se você está voltando das suas férias, você pode acessar a sua agenda totalmente integrada ao sistema antes mesmo de sair de casa e verificar quais são seus próximos compromissos e consultas marcadas, por exemplo.

Se alguma consulta é cancelada de última hora, a sua secretária simplesmente atualiza o status da consulta no sistema e você automaticamente recebe uma notificação.

Se você está a caminho da clínica e gostaria que seus funcionários adiantassem algum trabalho até você chegar lá, você pode acessar o gerenciador de tarefas do software médico e atribuir tarefas aos seus respectivos responsáveis.

Esses são alguns dos recursos do software médico que automatizam alguns processos internos e, consequentemente, melhora a comunicação de toda a clínica.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

 

2. Armazenamento de dados ineficaz

Muitas clínicas ainda utilizam o sistema de gestão em papel para armazenar o histórico médico de seus pacientes e uma série de outras informações importantes.

O sistema de gestão em papel é considerado completamente ultrapassado nos dias de hoje. Os arquivos em papel exigem uma gestão mais controlada e, uma vez que algum documento é armazenado fora do seu devido lugar ou atualizado com informações incorretas, problemas e até erros médicos graves poderão surgir.

E não é só isso, já que organizar os documentos, manter as informações atualizadas e em segurança leva muito mais tempo a partir de um sistema de gestão em papel.

Definitivamente, o sistema de gestão em papel está ultrapassado e o software de gestão médica está substituindo-o de vez, principalmente por conta do seu recurso de prontuário eletrônico, o qual permite um armazenamento de dados mais seguro.

 

3. Passar a imagem de uma clínica “desatualizada”

À medida que mais pacientes são atendidos por médicos que utilizam softwares em suas clínicas e vêem como eles podem se comunicar, bem como armazenar as suas informações de forma mais segura, muitos deles começarão a procurar apenas médicos que estão fazendo o uso dessas tecnologias. E é aí que está o problema.

Se você não utiliza um software médico em sua clínica, você pode estar contaminando a imagem do seu negócio com uma aparência de idade das cavernas.

No mundo em que vivemos, onde quase tudo está conectado, se a sua clínica não utiliza um sistema eletrônico, automaticamente ela é vista pelas pessoas como uma clínica que parou no tempo, ou seja, está desatualizada no quesito tecnologia.

Ter um software médico na sua clínica lhe dá uma vantagem competitiva e lhe permite se diferenciar dos outros, podendo até conquistar os pacientes dos seus concorrentes.

 

Informatize-se já com um software médico!

Enfim, a adoção de um software médico para a sua clínica te livrará desses riscos, melhorando a comunicação dentro do seu negócio, fornecendo um sistema de armazenamento de dados mais seguro e ainda criando a imagem de uma clínica informatizada para o seu negócio. Ainda tem dúvidas de como o software médico inteligente pode evitar essas situações arriscadas em sua clínica ou consultório? Deixe seu comentário!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.