O que fazer após o término da residência médica?

Portrait of a young nurse/doctor on a house call with face mask

Se você está no final da residência médica, certamente já se pegou pensando sobre o que fazer após o término dela.

De fato, muitas vezes esse grande marco na carreira médica vem carregado de ansiedade e preocupação.

Afinal, quais são os próximos passos para continuar evoluindo como médico? As opções são muitas, não há dúvidas.

E, de fato, suas escolhas no início da carreira terão grande influência na sua jornada. Elas irão gerar um forte impacto nas decisões futuras e definirão as direções que você pode seguir.

Para te ajudar na busca de caminhos adequados aos seus objetivos, preparamos este artigo com alguns insights importantes. Aproveite-os para sua evolução médica!

Aqui, você irá entender como e por que desenvolver uma estratégia após a residência médica. Além disso, você poderá acessar nossas cinco recomendações para criar uma jornada consistente e eficaz para seu sucesso como médico.

O que fazer após o término da residência médica?

Ainda que a residência seja um grande marco na sua carreira, existem inúmeras formas e opções para evoluir na especialidade.

De toda forma, não importa a sua escolha e a sua área. É fundamental ter uma boa estratégia que vise a atração e fidelização de pacientes.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, isso deve ser feito desde o início da carreira. Por isso, seu foco deve priorizar a qualidade e a confiança na relação médico-paciente.

Por que desenvolver uma boa estratégia ainda na residência?

De fato, ter uma estratégia para a sua carreira resulta em grandes vantagens para você e seus futuros pacientes.

Para o paciente, é muito bom ter um médico de confiança, que o acompanhe durante seu processo de saúde e saiba com quem contar.

Para o médico, existe a chance de criar uma base segura e fiel de pacientes, que já conhecem sua qualidade em relação à atenção e atendimento.

Outro fator relevante é a grande concorrência na sua área de atuação. Afinal, cerca de 30 mil médicos se formam a cada ano. Isso sem contar os residentes e os profissionais já estabelecidos na sua especialidade médica.

Por último, vale lembrar as novas formas de consumo dos serviços de saúde na atualidade. Toda essa modernidade e tecnologia só traz ainda mais motivos para que você tenha uma estratégia eficaz de atração e fidelização.

Como desenvolver uma estratégia após a residência médica?  

Agora que você já sabe o porquê de uma boa estratégia para a sua carreira, vamos apresentar cinco possibilidades sobre o que fazer após o término da residência médica.

Atue em clínicas já estabelecidas

Dividir um espaço com outros médicos em uma clínica é sem dúvida uma ótima opção para o início da carreira.

Um dos principais benefícios é a composição de uma base de pacientes. Afinal, é muito comum que essa seja uma preocupação sobre o que fazer após o término da residência médica.

Além disso, atuar em uma clínica reconhecida na sua área também contribui para que você construa autoridade para o seu próprio nome.

Lembre-se de que você estará ao lado de outros profissionais reconhecidos na área, mesmo estando no início da sua carreira médica.

Além do mais, essa atitude também gera outro grande benefício: a ampliação do seu networking na área da saúde.

Por último, estar em uma clínica já estabelecida te permitirá conhecer de perto uma metodologia para o crescimento do negócio. Isso fará com que você tenha um aprendizado constante. Isso é muito válido em todas as fases da carreira.

Prontuário Eletrônico Gratuito

Monte seu próprio consultório

Uma das opções mais comuns é a abertura de um consultório médico após a conclusão da residência. Essa, sem dúvida, é uma excelente maneira de construir uma autoridade como médico.  

De fato, abrir o próprio consultório pode ser um processo complexo e que demanda tempo, esforço e algum investimento.

No entanto, hoje existem novas opções que ajudam muito em todo o processo e rotina, como a atuação em um coworking, por exemplo.

Os softwares médicos também ganham grande destaque ao facilitar sua atuação como empreendedor.

Afinal, além do conhecimento da sua área de atuação, o médico ainda precisa ter boas noções de marketing e de gestão para manter um consultório de pé.

Se você deseja saber mais sobre as vantagens do software médico para as clínicas, não deixe de ler este artigo no nosso blog.

Considere os planos de saúde

Trabalhar com convênios de saúde é outra opção muito válida para quem está iniciando na carreira médica.

De fato, essa é uma ótima forma de ganhar visibilidade, atrair novos pacientes e ainda adquirir experiência médica.

Além disso, os planos de saúde oferecem uma vantagem na padronização dos métodos de agendamento de consulta e de cobrança.

Quando se está no início da carreira, atuar como médico de um plano de saúde pode deixar a rotina mais fácil e simples.

Desenvolva uma estratégia de atração e fidelização de pacientes

Antes de mais nada, não importa muito o local em que você escolha atuar. Ter uma estratégia de atração e fidelização de pacientes é um fator-chave para se tornar referência em uma especialidade.

Para isso, é muito importante seguir uma boa estratégia de marketing médico e relacionamento com o paciente, desde os primeiros anos de sua carreira.

Veja algumas dicas para ter excelência na sua estratégia:

  • gere valor para o paciente com o marketing médico;
  • realize um atendimento humanizado;
  • crie estratégias de fidelização de pacientes;
  • desenvolva uma presença online consistente e eficaz;
  • automatize o relacionamento com o paciente.

Todas essas dicas te deixarão um passo à frente para atrair e reter uma base sólida de pacientes. Além disso, elas serão um bom suporte para a construção do seu nome, de modo que você se torne uma referência e autoridade na sua área de atuação.

Para saber mais sobre marketing médico, não deixe de ler as estratégias vencedoras do iMedicina.

Inicie uma especialização

É muito difícil que a sua formação médica se restrinja apenas à graduação e a uma residência médica.

Os anos adicionais de R3, R4 ou as especializações são excelentes para fortalecer o currículo.

Veja abaixo algumas vantagens em seguir uma especialização:

  • fortalecer seu networking na área de atuação;
  • ampliar o acesso a diferentes instituições, clínicas e hospitais;
  • manter contato com preceptores e médicos já reconhecidos na área desejada;
  • expandir as possibilidades de atuação;
  • construir uma reputação e autoridade como médico.   

Conclusão sobre o que fazer após o término da residência médica

Neste artigo, você conheceu algumas possibilidades sobre o que fazer após o término da residência médica e como criar uma boa estratégia de atração e fidelização de pacientes.

Lembre-se de que seus primeiros anos como médico terão um impacto significativo em toda a construção da sua carreira. Eles definirão os seus próximos passos, as pessoas com as quais você crescerá junto e os mentores que você encontrará pelo caminho.

Por isso, escolha a melhor opção para você e mantenha o foco e a consistência de modo a conquistar seus objetivos profissionais após a residência médica.

Quer saber mais sobre atração e fidelização de pacientes? Faça agora mesmo download do ebook Clínica Digitais .

metodologia imedicina

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: