Relacionamento com paciente: saiba como otimizá-lo no consultório médico

relacionamento com paciente
Powered by Rock Convert

Quando o assunto é relacionamento com o paciente, muitas pessoas acreditam que se trata apenas de fazer um bom atendimento na hora da consulta. Porém, na Medicina, o conceito é profundo e a base de tudo é o objetivo de construir um relacionamento pautado na confiança, que atraia e fidelize o paciente ao consultório.

Afinal, na área da saúde, a qualidade sempre precisa vir em primeiro lugar. Por isso, médicos devem ir além do senso comum sobre o que é relacionamento e, na verdade, trabalhar para que a experiência do paciente seja a melhor possível, do início ao fim do ciclo, já que o bom relacionamento mantém o paciente voltando ao consultório sempre que ele precisar.

A boa notícia é que é pequenas mudanças são capazes de encantar e construir uma relação sólida. No entanto, elas devem ser consistentes e implantadas não só durante a consulta, mas também desde antes do agendamento do horário e depois que o atendimento acaba.

Certamente é algo que demanda tempo e atenção dos profissionais. Contudo, é possível otimizar várias dessas ações para que essa estratégia flua com facilidade no seu consultório.

Neste texto você verá as dicas de como tornar seu atendimento cada vez melhor, com atividades simples e mais ágeis. Acompanhe!

Otimização desde a pré-consulta

Não espere alguém chegar ao seu consultório para começar a tratá-lo bem. Desde a fase de arguição da jornada do paciente, você já pode oferecer um diferencial e facilitar a chegada dele até lá.

Boas estratégias de marketing médico são muito eficientes para conduzir o paciente durante a decisão e agendar a consulta com você. Um site médico e conteúdos relevantes nas redes sociais, por exemplo, podem ser úteis para tirar dúvidas antes da consulta.

A ferramenta que auxilia a otimizar a marcação do horário é o agendamento online. Essa facilidade permite que o paciente faça seu próprio agendamento e a secretária não precisa passar horas ao telefone para executar essa tarefa.

Ainda há mais: também é possível implementar o serviço de lembretes de consultas. Com ele, o envio automático de e-mails ou SMS lembram o paciente de agendar o retorno e diminui o número de faltas por esquecimento.

Tarefas como essas, que mantém o relacionamento com o paciente ativo mas demandam muito tempo de trabalho, podem ser automatizadas com um software de prontuário eletrônico. Assim, a atenção da equipe pode ser melhor aproveitada em outras atividades.

O relacionamento com paciente durante a consulta

Confira algumas formas de otimizar o relacionamento com o paciente também durante a consulta.

Mostre que você conhece seu paciente

Não é só na Medicina, em todo tipo de atendimento, as pessoas gostam que o profissional tenha tanta atenção que até “lembre” de algumas características importantes. Na área médica, isso é ainda mais especial.

Ao demonstrar que se recorda das principais queixas relatadas em consultas anteriores, assim como os medos relacionados a um determinado tratamento, por exemplo, o paciente se sente acolhido. 

Todavia, você deve estar se perguntando sobre como se lembrar disso em meio a tantas pessoas que você atende diariamente. É simples: use um prontuário eletrônico

Com um clique, você já recebe todas as informações daquele paciente, como as enfermidades, medicamentos prescritos, alergias e tratamentos feitos. Dessa forma, fica muito mais fácil se atualizar sobre o quadro clínico daquela pessoa e proporcionar o melhor atendimento a ela.  

Foque no essencial no relacionamento com paciente

Sim, otimização também está relacionada com gestão de tempo. A ideia é fazer o que não é importante de forma mais rápida e focar no que é fundamental em todo o período restante.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Um software médico completo te ajuda nessa tarefa:

  • prescrições mais ágeis com a integração do bulário eletrônico ao prontuário;
  • documentos pré-prontos para anamnese, atestado e outras impressões;
  • armazenamento digital de toda a informação da consulta.

O tempo poupado será destinado a focar na pessoa que está ali na sua frente. Ouvir atentamente o que ela tem a dizer, fazer um exame físico mais detalhado, explicar aprofundadamente sobre os remédios e tratamentos prescritos e, caso você goste, até mesmo conversar e deixar o relacionamento com paciente mais humanizado. 

Bulário eletrônico

Outro momento em que a agilidade também é importante é na hora de prescrever. O prontuário integrado à prescrição eletrônica te dá acesso a um banco de dados com mais de 6 mil medicamentos. Assim, você economiza tempo e, como dito anteriormente, foca no essencial: o paciente.

Pós-consulta

A construção de um bom relacionamento com paciente não termina assim que a consulta acaba. O “pós” também é essencial para fidelizar o paciente e existem diversas ações que podem ser executadas no cumprimento dessa estratégia.

Quer saber como otimizar tarefas após o atendimento? Acompanhe a seguir!

Relacionamento com o paciente: é preciso saber o que melhorar

A primeira tarefa a fazer no pós-consulta é entender o que o paciente achou de sua experiência no consultório.

Com os resultados de uma pesquisa de satisfação, toda a equipe se informa sobre o que está indo bem e, com isso, reforça essas medidas. Também entende o que não é muito apreciado pelos pacientes. Então, chega a hora de trabalhar para melhorar esse ponto.

É possível fazer a pesquisa por telefone ou presencialmente, no entanto, o ideal é utilizar uma ferramenta de Net Promoter Score (NPS), oferecida pelos melhores softwares médicos.

O sistema libera um e-mail automático, com o tema da pesquisa em questão, logo após a consulta presencial ou por telemedicina. O paciente vai respondê-la com uma nota de 0 a 10 e fazer comentários, se quiser. Tudo isso, com poucos cliques, de maneira ágil e poupando o tempo da equipe e do paciente.

Aposte em ferramentas que automatizam o e-mail marketing

É muito importante continuar em contato com o paciente, mesmo ele estando longe do consultório. Para isso, utilize o e-mail marketing

Com ele, você envia conteúdos relevantes para determinados grupos de pessoas. Por exemplo, pacientes que fazem tratamento de hipertensão podem receber matérias com dicas sobre como manter a pressão arterial controlada.

Parece complicado, mas fazer isso não é difícil. Basta ter uma automação, como é a proporcionada pelo software médico do iMedicina. É dessa maneira que é possível formar “grupos” de pacientes para cada tipo de conteúdo a ser produzido e encaminhado.

Apenas adicione uma tag ao perfil do paciente no prontuário eletrônico, que o sistema envia o fluxo de e-mails com os conteúdos determinados para aquele grupo de pessoas.

Seu paciente receberá os e-mails achando que foram redigidos um a um, especialmente para ele!

Incluir ações de relacionamento com o paciente na rotina do seu consultório pode ser bem simples! Basta ter um bom software médico que otimize essas ações no dia a dia.

Para saber mais sobre produtividade e otimização de tarefas no consultório, leia este artigo do blog iMedicina: Como Combater Os Inimigos Da Produtividade No Seu Consultório E Otimizar O Tempo De Todos

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira: