5 dicas para transformar sua secretária em uma aliada no consultório

secretária

É unanimidade! Todo médico quer a agenda lotada de pacientes, certo? Porém, é bem comum ouvi-los se queixar de problemas como o volume de ligações desproporcional ao volume de agendamentos, mensagens de pacientes nas redes sociais que não se desenvolvem, ou pacientes que marcam e não comparecem, deixando aquele indesejável furo na agenda. Mas, será que eles entendem o que a secretária tem a ver com isso tudo?

O papel da secretária no consultório

Quando esses problemas acontecem, é natural que o médico comece a se a questionar sobre o valor da consulta particular; se volta a atender aquele convênio que não tem um bom retorno financeiro; talvez o consultório não esteja bem localizado; se a cidade tem concorrente demais… Enfim, há muitos questionamentos que são realmente válidos e devem, de fato, serem colocados em questão e análise.

Contudo, pouco se fala no poder que a secretaria tem para aumentar a conversão de ligações em agendamentos e, consequentemente, alcançar o tão sonhado sucesso no consultório.

É ingênuo e ultrapassado pensar que o papel delas é de apenas estar disponível, ser simpática e proativa. Elas têm atuação fundamental no manejamento dos pacientes, na quantidade de consultas agendadas e até na satisfação final com os serviços prestados. É por isso que treinar as secretárias corretamente faz toda diferença no resultado do seu consultório.

Pensando nisso, separei neste artigo, 5 dicas para te ajudar a engajar a secretária e melhorar os resultados do consultório. Confira!

Como transformar sua secretária em seu braço direito?

1 – Enxergue-a como uma aliada

Imagine um cenário em que uma pessoa liga para um consultório querendo fazer um agendamento e é tratada com grosseria e desdém. Com certeza, você irá concordar que todo o esforço e investimento para atrair aquela pessoa até ali, foi em vão. 

É importante ressaltar, nesse ponto, que a secretária é uma extensão do consultório, afinal é ela que faz o agendamento, tem o primeiro contato com o paciente, liga para confirmar as consultas do dia, recebe o paciente na recepção e faz o primeiro acolhimento. Ela também faz parte do seu marketing, é a vitrine do seus serviços.

Portanto, valorize a pessoa que trabalha com você e permita que ela saiba da importância e alcance da ocupação que ela exerce no consultório. Pessoas trabalham melhor quando estão satisfeitas e são reconhecidas. Então, não custa nada mostrar a confiança que você deposita nela e o quanto é importante se engajarem em uma causa comum, um dando suporte ao outro. São trabalhos complementares! O resultado dela, é resultado do consultório!

2 – Fale para ela sobre você

Quem está na linha de frente do seu consultório sabe sobre você? Mas ela sabe mesmo, nos detalhes? 

Então responda:  é possível uma pessoa ajudar a encher a agenda de pacientes e fazer valer todo o investimento em captação, se ela não sabe sobre o currículo do médico, se ela não entende bem sobre a especialidade e sobre os procedimentos que são realizados durante o atendimento, se ela não entende com clareza o que acontece da porta para dentro?

A dica em relação a este tópico é chamar sua secretária para um café e bater um papo sobre sua formação, sobre sua paixão pela medicina, sobre o paciente ideal e seu público alvo, sobre o esforço que você tem em trazer novos pacientes.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Assim, ela vai conseguir ter uma visão mais ampla do seu trabalho e passar mais firmeza, segurança e conhecimento para aqueles que procuram pelos seus serviços.

3 – Organize a rotina

Estimule sua secretária a esquematizar um processo de organização da rotina diária e/ou semanal. Vocês podem definir o que é fundamental e importante que seja feito e fragmentar o dia em blocos, encaixando todas as atividades com horário programado. 

Isso é importante porque o dia a dia de um consultório tende a ser corrido e imprevisível. Organizar processos com tempo e horário certo para serem realizados, evita que tarefas importantes sejam “empurradas” e, inevitavelmente, esquecidas. 

 Com organização e planejamento o famoso “não tive tempo” deixa de ser uma constante para se tornar uma eventualidade.

4 – Mostre a importância de ser curiosa

Esse quarto tópico não se refere a bater papo na recepção ou pelo telefone. A curiosidade que agora me refiro é sobre ser interrogativo.

É imprescindível mostrar um interesse na pessoa que liga ou no paciente que está presente e com isso, aprofundar um pouco nas necessidades e nas demandas de cada um. Dessa forma, seu paciente se sente acolhido, escutado e respeitado, mesmo fora das paredes do seu consultório e a secretária, por sua vez, consegue ser mais assertiva nas respostas e nas execuções das tarefas.

Lembre-se: o atendimento começa pela recepção!

5 – Ajude-a a vender pelo telefone

Querendo ou não, estamos falando sobre a venda de serviços e a secretária, geralmente, é o primeiro contato com um possível paciente. Seguindo os passos anteriores, a secretária: já entende a necessidade de ser super simpática e acolhedora, já tem ciência do valor do próprio trabalho e já sabe o motivo pelo qual ela realmente está ali. Ela também conhece todas as suas habilidades e sua bagagem curricular. 

Agora, o próximo passo a ser superado é a venda, o chute para o gol.  Ou seja, mostrar o valor da consulta durante a conversa com o paciente, para que as ligações convertam em agendamentos. Aqui, a questão não é o quanto seu atendimento custa (em valor monetário), e sim o valor percebido, a importância do seu trabalho. O que a secretária precisa fazer é  mostrar o quanto vocês se diferem dos demais profissionais e como estão bem preparados para fazer esse atendimento.

Uma boa dica é começar com um pequeno script, até que tudo comece a fluir de uma forma natural. Juntos, vocês podem mapear as perguntas mais frequentes e quais as principais objeções surgem durante a marcação da consulta. Com essas informações em mãos, é possível criar estratégias e respostas inteligentes para maximizar a quantidade de agendamentos.

Enxergar o consultório como uma empresa é fundamental para conquistar uma boa fatia do mercado e não ser engolido pela concorrência, cada vez mais alta. Para isso, tenha uma visão clara do seu modelo de negócio e formule estratégias bem definidas e estruturadas de crescimento.

Contar com o apoio e parceria de todos os seus colaboradores, não só melhora o ambiente de trabalho, mas também tem se mostrado uma ação de extrema importância para a captação e a retenção dos pacientes em longo prazo.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.