Consultório online: dicas digitais para área médica

Tempo de leitura: 5 minutos

CONSULTÓRIO ONLINE: DICAS DIGITAIS PARA A ÁREA MÉDICA

Desde a implantação dos softwares de gestão empresarial nos consultórios médicos, o acesso a informações e marcações de consultas ficou muito mais fácil. Pacientes entram no consultório on-line e podem ficar a par de seus exames, dicas de saúde e marcação de consultas sem burocracia e de forma rápida.

Como a internet está cada vez mais presente na vida das pessoas, bastam poucos cliques para que o paciente resolva seu problema ou se encaminhe para a resolução. Os consultórios on-line estão conectados à rede e todas as informações são passadas simultaneamente, com total interação entre paciente e médico.

Ele pode ser ainda mais instrutivo, versátil e atrativo para os novos clientes, como também servir de ferramenta de marketing de relacionamento para os médicos e de organização para os funcionários.

Como o Paciente Usa o Consultório On-line

Muitos pacientes encontram um médico especialista novo fazendo uma pesquisa por consultórios on-line no Google. Em pleno desenvolvimento, essa modalidade de aproximação já ocupa o segundo lugar, a frente de indicações e atrás apenas dos catálogos de convênios médicos. Quando eles são atrativos e têm tudo o que o paciente quer saber naquele momento, a conquista é imediata.

O primeiro contato com o site é objetivo. O paciente está com um problema de saúde e deseja agendar uma data para o atendimento. Ele acessa o site, faz seu cadastro, busca a marcação de consultas, os horários disponíveis, faz sua escolha e sua consulta está marcada.

A partir desse momento, ele pode simplesmente fechar a página ou se interessar em outras informações apresentadas nela. Quando o site tem uma navegação fácil e rápida, design moderno e prático, com conteúdo bem escrito e informativo, o paciente tende a se interessar em ficar mais tempo e por outros motivos.

Mesmo que o objetivo maior seja que um novo paciente marque sua consulta e inicie seu procedimento no consultório, são esses conteúdos que podem tornar a estrutura mais confiável e cativar seu interesse com solidez. No site, o paciente pode saber mais sobre o profissional que o atenderá, a especialização médica, como é a estrutura do consultório, sua história e informações sobre a área de saúde.

O paciente também tem acesso ao seu receituário médico, presente em seu cadastro. Como as letras de médico são famosas pela sua dificuldade de compreensão, por meio das informações digitais é possível identificar facilmente o nome correto do remédio, sua dosagem e outras informações relevantes. Para o médico, apenas alguns cliques são necessários para ler o perfil do paciente e seu histórico clínico. Tudo armazenado e de fácil acesso.

Relação Digital

A demanda de atender ligações sempre foi muito grande, mas com o consultório on-line, o tempo da secretaria pode ser usado em outras funções para que possa dar mais atenção a tudo, inclusive ao próprio paciente. Não será mais necessário que ela preencha manualmente extensas fichas de requisição de exames, organize as consultas e a agenda do médico, já que tudo estará disponível no cadastramento inicial do paciente e em informações globais on-line.

Os softwares de gestão on-line possuem ferramentas para emissão de relatórios, com informações de agendamento, logística, financeiro e funcionários, sem precisar formatar ou fazer a transição para outros tipos de programas. O fácil preenchimento e a organização plena das informações se transformam em mais tempo útil disponível e produção.

Para o médico, ter todas as informações num consultório on-line permite organizar melhor seu tempo. Ele pode acessar sua agenda em qualquer lugar, evitando atrasos e enganos. Durante a consulta, pesquisa no prontuário do paciente todo seu histórico, sem precisar escrever manualmente fichas e receituários. É o fim da infinidade de papéis arquivados e das rasuras.

A relação médico-paciente fica muito mais dinâmica e confiável. O médico pode disponibilizar momentos do seu dia para responder e-mails e comentários, tirando pequenas dúvidas e sugestões redigidas no site. Apenas com cuidado para não declarar um diagnóstico sem a devida verificação física do paciente.

Esse contato pode ser ampliado por meio de uma página no Facebook, como um eficiente canal de relacionamento e fidelização com seu cliente.

Tanto as redes sociais, quanto o consultório on-line precisam de atualizações constantes. São as publicações que tornam os canais vivos diante dos clientes, com maiores chances de seu envolvimento em curtidas, comentários e compartilhamentos.

No meio digital, se trabalha para construir uma boa reputação. O consultório on-line pode trazer mais segurança ao paciente com relação ao médico de sua escolha, através da forma como o site apresenta sua identidade visual e conteúdo. Mas informações incompletas, inverídicas, falaciosas e sem uma pesquisa real podem provocar aversão e repúdio.

Logotipos mal feitos, palavras de duplo sentido e frases mal formuladas podem ser devastadoras. Atenção também para o código de ética médica para não cair em armadilhas que podem prejudicar o nome do médico diante dos órgãos competentes.

Gostou deste artigo? Leia outros sobre o assunto em nosso blog.