A recepção é tudo: por que o atendimento é a alma do negócio

recepção

A recepção é tudo: Porque o atendimento é a alma do negócio

O atendimento é tudo quando falamos de negócio, seja ele de qual ramo for. Nada pior do que ser mal atendido, não é mesmo? Em meio a crises e instabilidades treinar bem a recepcionista para surpreender neste primeiro contato é, sem dúvida, um dos pontapés iniciais para que nenhum cliente seja perdido.

Provavelmente você já foi a algum estabelecimento motivado em comprar ou fechar alguma contratação e desistiu devido a erros e descuidados na recepção da empresa. Infelizmente, isto é bastante comum! Deixar de priorizar, avaliar e cobrar a função de recepcionista é um gigantesco equívoco, capaz de gerar danos irreversíveis para a saúde do negócio!

Devido à tamanha importância deste assunto, neste artigo trataremos sobre alguns pontos importantíssimos que devem ser constantemente revistos na recepção da sua empresa, seja um consultório, uma clínica ou qualquer outro tipo de estabelecimento.

Fique de olhos abertos, estruture bem a recepção e deixe de perder espaço devido a um atendimento insatisfatório! Veja:

Recepção: O cartão de visitas do negócio

Desde o momento em que entramos em uma empresa, como clientes, avaliamos absolutamente tudo a fim de que possamos tomar uma decisão mais assertiva sobre contratar os serviços ou adquirir os produtos do local.

E você já deve ter ouvido falar que a primeira impressão é que a fica, não é mesmo? Ao nos depararmos com a recepcionista temos a chance de criar uma ótima ou péssima impressão do estabelecimento em poucos minutos.

É por isso mesmo que é importante que o profissional responsável por esta função esteja sempre consciente do impacto que o seu atendimento pode causar para toda a estrutura organizacional.

Receber os clientes, ou pacientes, com um sorriso amigável, sendo simpática e importando-se verdadeiramente com os problemas trazidos por estes é o jeito mais eficiente de conquistar e ser reconhecido por um bom trabalho. Além disso, é importante que a recepcionista se atente a alguns detalhes também. Veja algumas dicas:

5 dicas para ser uma boa recepcionista

• Seja clara e objetiva
Transmita informações de modo eficiente, prezando pela clareza e pela objetividade afim de que sejam reduzidos os equívocos e o tempo de atendimento;

• Seja gentil
Preze pela gentileza e procure sempre levar um belo sorriso nos lábios para todos. Há um velho ditado que diz que gentileza gera gentileza, por isso invista neste caminho.

• Seja sempre organizada
Uma recepcionista precisa muito de organização para dar conta de todas as suas atividades sem perder o bom-humor e sorriso fácil. Por isso, procure sempre manter seu local de trabalho em ordem, com o mínimo de papéis na mesa.

• Saiba lidar com inúmeras tarefas ao mesmo tempo
Procure, ainda, não acumular tarefas. Não postergue para que o dia seguinte não fique sobrecarregado causando stress na sua rotina de trabalho.

• Saiba lidar com imprevistos
Outra dica importantíssima para recepcionistas é ter pró-atividade para lidar com imprevistos como ausências, encaixes, atrasos entre outros tantos fatos comuns no dia a dia do negócio. Tenha jogo de cintura!

Gostou das dicas dadas neste artigo? Veja outros textos em nosso blog e agregue mais conhecimento!

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionados

O que achou? Deixe seu comentário!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.

Junte-se a Dezenas de Milhares de Médicos

Receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.