Marketing médico ético: quais são as melhores práticas segundo o guia de publicidade médica do CRM?

marketing médico ético

Você com certeza já ouviu alguém dizendo que o marketing médico na nossa área médica não é algo aceito pelo Conselho Regional de Medicina (CRM) e que não deve ser praticado, não é? Pois é, todos nós já ouvimos isso, mas essa afirmação não é de todo verdade. Existe a prática de marketing médico ético que é aceita pelo CRM e que não traz nenhum problema para você ou seu consultório!

O CRM realmente impõe algumas regras sobre o assunto, dizendo as coisas que podem ou não ser feitas quando o assunto é marketing médico ético, tudo pensando em manter o mercado mais livre de mentiras e enganações. Sabendo como fazer uso corretamente de propaganda e divulgações, você não terá problemas com o CRM e ainda poderá ter diversos benefícios para o seu trabalho.

Mas quais exatamente são as indicações e contraindicações feitas pelo CRM? Pensando nessa pergunta que acaba aparecendo para todos nós, preparamos esse rápido guia de publicidade médica, que vai te dar algumas dicas do que fazer ou não fazer e como manter uma o seu marketing médico ético de verdade!

 

Não se denominar o melhor ou o único

O maior papel do CRM é sempre manter as coisas bem claras, tendo regras expressar sobre atos que podem enganar os seus pacientes. Então, pensando nisso, é sempre bom manter o seu marketing médico ético bem claro e realista! Fazer exageros para ganhar maior atenção de seu público não é algo bem-aceito no CRM.

Dizer coisas como “meu consultório é o melhor nessa área” ou “aqui é o único lugar que poderá encontrar tal serviço” são duas infrações péssimas que devem ser evitadas sempre! Esse tipo de discurso não parte de fatos ou dados e pode ser visto como uma forma de tentar iludir os seus pacientes. Por isso, evite sempre o uso de expressões como essas!

 

Não use imagens sensacionalistas

Pelo mesmo princípio que você não deve usar as expressões ditas anteriormente, evite uso de imagens sensacionalistas! Fotos em que apareçam aspectos de alguma doença física ou qualquer coisa parecida que possa deixar o seu público conturbado, ou fazê-lo acreditar que aquela é sempre a forma que alguma doença se mostra.

O sensacionalismo brinca exatamente com algumas coisas reais, fazendo com que isso se torne maior e maior através da forma que você transmite, e essa prática pode facilmente ser encarada como uma enganação. Por isso, não faça uso desses tipos de fotos quando estiver fazendo o seu marketing médico ético, procure sempre clareza e exatidão, evitando o transtorno de seus pacientes.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

 

Divulgação pode ser feita em qualquer meio!

O CRM não limita qualquer tipo de publicação pela forma que ela é feita! Você pode utilizar revistas, jornais, televisão, internet, conceder entrevistas… Qualquer forma de propaganda pode ser ideal para o seu marketing médico ético! O importante é saber o conteúdo que vai compartilhar nesses meios.

Se manter em mente as dicas anteriores, de sempre ter clareza na hora de divulgar o seu trabalho e ser o mais honesto possível, não existe absolutamente nenhum problema em divulgar o seu trabalho em qualquer (ou todos) os meios possíveis! Pense na melhor estratégia, a melhor forma de fazer o seu marketing médico ético e se jogue nessa ideia!

 

Crie textos para fins educativos

Sabe aqueles textos que já deve ter encontrado pela internet, que informa questões sobre doenças e a melhor forma de evitar algumas delas? Essa é uma forma bem-aceita de fazer um bom marketing médico ético!

Desde que você não coloque tudo como verdade definitiva e não pretenda diagnosticar ninguém através de um texto, sem conhecer o paciente pessoalmente, esses textos informativos e educativos são muito bons para a população. Tendo maior conhecimento sobre algumas doenças, os pacientes saberão a hora de procurar um médico para buscar um diagnóstico e ainda podem se precaver de alguns sintomas. Só lembre-se sempre de sugerir ao leitor que ele procure um médico, afinal, esse é o verdadeiro propósito de textos assim.

Essas são apenas algumas das dicas que podem te ajudar a manter um marketing médico ético e de acordo com as regras do CRM, evitando dores de cabeça e problemas com burocracias. Não deixe de investir na divulgação de seu trabalho, só fique atento para o que pode ou não fazer sobre isso!

Se quiser se aprofundar ainda mais na temática, confira nosso guia super completo para apostar em marketing médico de forma ética e bem-sucedida!

Aqui no blog temos ainda mais outros textos que podem te interessar, então dê uma olhada!

Até mais!

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

  • 1) Atração de pacientes
  • 2) Atendimento com Eficiência e Tecnologia
  • 3) Relacionamento e fidelização

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.