Passo a passo para requerer o registro médico

O CRM (Conselho Regional de Medicina) é o documento que todos os médicos devem obter para exercer a sua profissão. O registro só pode ser requerido depois da graduação em medicina. Até que o médico não possua o registro, está proibido de atender qualquer paciente, correndo o risco de responder judicialmente ao Conselho.

Por lei, o número CRM do médico deve sempre estar exposto quando se utilizam de seu nome. Além de ser um registro da profissão, o órgão responsável pela emissão atua na fiscalização da conduta do médico.

Existem determinadas cláusulas, normas e leis que o médico deve seguir, caso isso não ocorra, pode ter o seu CRM cancelado e consequentemente impedido de exercer as atividades. Dessa forma, evitam-se fraudes e garante que os serviços médicos sejam seguros.

Há Conselhos Regionais de Medicina em todos os estados brasileiros, cada um é responsável pela emissão de documentos e fiscalização da profissão em seu devido estado. Mas todos são ligados diretamente ao Conselho Federal de Medicina. Assim como, há emissão de documentos para exercício profissional em outros países com o mesmo propósito.

Sendo assim, é importante que no início de suas atividades, o médico pense bem onde vai querer instalar o seu consultório ou manter a sua carreira. Pois, caso o médico mude de estado, será necessário realizar outro pedido de CRM, e estará recebendo uma nova autorização para exercer o seu trabalho. E se preferir mudar-se para outro país, deve procurar as devidas informações de como estabelecer-se como médico no devido local escolhido.

Prontuário Eletrônico GratuitoPowered by Rock Convert

Abaixo segue a documentação e procedimentos necessários para a emissão do CRM:

Quais documentos são necessários para a inscrição?

Para obter o CRM o médico deve comparecer junto a sede do conselho do seu estado ou então no órgão responsável mais próximo. Os documentos a serem apresentados podem variar de acordo com cada estado, mas na sua maioria o médico deve apresentar:

– O diploma original de graduação e uma cópia frente e verso;
– CPF original e cópia;
– Título de eleitor original e cópia;
– Cédula de identidade original e cópia;
– 3 fotos 3×4;
– Comprovante de quitação da anuidade e taxas;
– No caso dos homens, certidão de reservista das forças armadas, original e cópia.

Caso haja a falta de algum desses documentos não será possível realizar a emissão do título.

Quais são os procedimentos para tirar o CRM?

Na maioria dos casos, o interessado deve preencher a pré-inscrição online no site oficial do seu CRM e após isso, gerar o boleto de pagamento de anuidade e taxas. Logo após é preciso apresentar a documentação e o comprovante de pagamento na sede do CRM ou órgão responsável mais próximo.

Importante lembrar que a efetivação da inscrição somente é válida através da apresentação da documentação completa. E a carteira profissional é entregue somente pessoalmente em uma sessão solene previamente agendada. O CRM é um documento intransferível e único. O número estabelecido é a garantia de exercício da profissão.

metodologia imedicinaPowered by Rock Convert

Deixe seu
comentário

Compartilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos
Mais Procurados

Clínicas Digitais | Conheça o Livro
iMedicina Software Gratuito - Conheça!

Ainda não encontrou
o que buscava?

Método iMedicina

O iMedicina é uma das 10 Maiores Empresas de Tecnologia da Área de Saúde do Brasil, segundo a Distrito.me

Auxiliamos Profissionais de saúde nos 3 Pilares Fundamentais que precisam para prosperar na carreira:

Já está de saída?

Junte-se a dezenas de milhares de Médicos e receba no seu email os melhores conteúdos sobre gestão, empreendedorismo e marketing em saúde.

Ao inscrever na nossa newsletter, você está autorizando o iMedicina a enviar conteúdos de seu interesse. Jamais fazemos spam! Confira nossa política de privacidade.