Marketing médico: saiba como alocar recursos com 500, 1000, 2000 e 5000 reais

Tempo de leitura: 10 minutos

Depois de discutir os principais canais de divulgação e a importância de considerar cada etapa da jornada do paciente, chegou o momento de abordar diretamente a alocação de recursos nas ações de marketing médico.

A depender do seu momento na carreira, cada profissional de saúde dispõe de um orçamento determinado para divulgação, além de um tempo variável para se dedicar à estratégia.

Mas como, afinal, distribuir a verba de maneira inteligente? Quando o valor disponível para investimento em marketing é reduzido, o que é preferível fazer? Por outro lado, quais ações devem ser priorizadas quando há estabilidade nas finanças?

Para te ajudar a alocar recursos de forma otimizada na sua estratégia de marketing, listamos abaixo as ações recomendadas de acordo com diferentes padrões de orçamento e fase profissional. Confira!

Orçamento: até 500 reais/mês

Em geral, esse é o cenário do médico em começo de carreira, no momento em que ainda está construindo seu nome e dando os primeiros passos para movimentar seu consultório.

É o contexto em que o profissional ainda usufrui de mais tempo disponível, precisa adquirir a confiança dos seus pacientes e ganhar espaço e autoridade no mercado. É bem provável que ele ainda faça plantões para complementar a renda e tenha decidido, há pouco tempo, abrir um consultório ou integrar a equipe de uma clínica.

Embora haja muito (quase tudo!) a se fazer em termos de divulgação nessa fase da carreira, é comum que o orçamento disponível não acompanhe as demandas!

Com o orçamento de cerca de 500 reais, o que é possível fazer? Como distribuir esse valor da forma mais inteligente e otimizada possível?

Se você se identificou com o cenário que traçamos, saia que é possível obter resultados mesmo com a verba curta:

  • Crie uma conta no Google Meu Negócio, que é gratuita e importante para a divulgação online da sua clínica ou consultório;
  • Se você não possui um site, uma opção é fazer uso de um site criado pelo próprio Google Meu Negócio;
  • Invista quase todo o montante em anúncios diretos no Google AdWords.

O melhor a fazer nesse momento, de fato, é começar a consolidar uma presença digital e investir em anúncios diretos no AdWords. Esta é uma vantagem do digital: mesmo uma verba menor, se bem distribuída e estrategicamente pensada, é capaz de gerar resultados significativos.

Mas vamos por partes!

O que é o Google Meu Negócio?

Tradução do inglês Google My Business, o Google Meu Negócio é uma ferramenta que permite aos empreendedores divulgar seu negócio gratuitamente em canais importantes do Google, incluindo os resultados de pesquisa do buscador, o Google Maps e o Google +.  

A presença na ferramenta, assim, permite que você seja facilmente encontrado na Internet, auxiliando os pacientes a encontrar os seus serviços e aumentando as oportunidades de agendamentos.

No Google Meu Negócio, é possível:

  • Incluir os dados de contato da sua clínica ou consultório (endereço, telefone, site, e-mail), que passam a aparecer para o internauta nos resultados da pesquisa;
  • Inserir e apresentar a localização do seu local de atendimento no Google Maps, facilitando ainda mais o acesso ao estabelecimento;
  • Exibir fotos do local, horário de funcionamento, comentários dos pacientes sobre sua experiência de atendimento e horários de maior movimentação;
  • Criar um site gratuito a partir da ferramenta Website Builder.

Para cadastrar sua clínica ou consultório na ferramenta, basta acessar o site do Google Meu Negócio, clicar em “Comece agora” e inserir as informações sobre o estabelecimento.

O site, por sua vez, pode ser criado no mesmo ambiente do recurso. Basta clicar na opção “Website”, localizada na coluna da esquerda da página da sua empresa. Vale lembrar que é um site simples, com opções reduzidas de configuração e personalização. É, no entanto,  muito interessante no contexto de um orçamento curto.

Na ferramenta, o website é criado em poucos minutos, a partir do seu próprio computador ou celular. O Google Meu Negócio utiliza os dados da sua ficha cadastral para gerar, de forma automática, um site simples. É possível inserir fotos e escolher entre variadas opções de design.

E quanto aos anúncios no Google AdWords?

De posse de um site, é possível configurar anúncios divulgando seus serviços para o público certo através do Google AdWords. Nesse primeiro momento, os anúncios pagos na plataforma devem ser sua prioridade de investimento.

Esta ferramenta é altamente eficaz porque exibe seu anúncio para pessoas que buscam ativamente o termo que você está anunciando (por exemplo, “Agendar Ginecologista em João Pessoa” ou “Cardiologista em Barueri”). Com as palavras-chave certas (você pode entender mais sobre o tema aqui), o retorno tende a ser bastante significativo.

É uma divulgação mostrada na hora certa, no lugar certo e para a pessoa certa, com grande chance de conversão. Empresas que anunciam seus serviços de saúde no Google possuem em média 6% mais faturamento do que aquelas que não investem!

Se você quer entender mais sobre o assunto e alavancar o crescimento do seu consultório nessa fase inicial, conheça nosso curso para anunciar no Google AdWords.

Orçamento: até 1000 reais/mês

Neste ponto, você já possui uma clientela razoável e dispõe de uma verba para atuar de forma mais incisiva na sua estratégia de marketing.

Considerando o cenário, se é que você ainda não conta com um bom site otimizado, este é o momento para investir.

O site para sua clínica ou consultório deve fortalecer sua presença digital e sua marca. A página deve ser estruturada de forma a incentivar o agendamento, além de ser visualmente agradável, oferecer uma navegação intuitiva para o usuário e ter coerência com sua identidade visual.

Investir em um site médico de qualidade, de fato, é uma das principais etapas para o sucesso da sua estratégia. Neste post, você pode conferir 10 exemplos de sites médicos para você se inspirar e criar o seu.

Aliada ao site, a criação de um blog é fundamental. É também o momento para começar a produzir conteúdo nesse espaço, divulgando-o nas redes sociais e buscando estabelecer uma periodicidade para as publicações. Clicando aqui, saiba mais sobre a importância do marketing de conteúdo para médicos e como fazer.

Esta é, ainda, uma etapa interessante para começar a investir em estratégias de e-mail marketing para engajar e fidelizar sua base de pacientes, considerando inclusive contratar um software para automatizar essa tarefa.

Existem, no mercado, softwares de relacionamento que tornam a tarefa muito mais rápida e simples. Pequenas ações nesse sentido fazem toda a diferença para os pacientes, influenciando diretamente na percepção de valor dos seus serviços e na avaliação da qualidade geral do atendimento.

Para além da automatização do relacionamento, investir em um software para prontuário médico (que preferencialmente englobe outros recursos de marketing e interação com o paciente) também é recomendado.

É interessante, ainda, aumentar a verba para os anúncios no Adwords, melhorando os resultados gradualmente.

Orçamento: até 2000 reais/mês

Na trajetória profissional do médico, já chegamos a uma situação bem mais consolidada. Nesse contexto, o especialista já está operando em cerca de ⅔ da sua capacidade máxima, avançando no caminho rumo à agenda lotada.

Além de prosseguir (e aprimorar constantemente!) as estratégias já em andamento (marketing de conteúdo, e-mail marketing, anúncios diretos), é indicado, nessa etapa, focar em melhorar a experiência do paciente como um todo, desde o momento em que ele agenda a consulta, envolvendo o atendimento em si e finalizando no pós-consulta.

Para tanto, estratégias bem estruturadas de relacionamento e fidelização são imprescindíveis, abrangendo desde a conduta no dia a dia do consultório (e a equipe envolvida) até o investimento em ações de pós-venda para surpreender a base de pacientes.

Trata-se de, pouco a pouco, construir uma marca forte e maximizar a percepção de valor dos seus serviços, fortalecendo sua autoridade como médico.

O investimento em AdWords, como sempre, também deve acompanhar o aumento do orçamento disponível para marketing.

Vale notar que a verba já possibilita ao médico terceirizar grande parte da estratégia, aumentando a expertise (e os processos de mensuração e ajustes) na gestão de marketing como um todo. AdWords, produção de conteúdo, redes sociais e e-mail marketing, dentre outras ações, podem ser produzidos externamente.

Orçamento: a partir de 5000 reais/mês

Dispondo desse nível de orçamento, o médico já conta com uma carreira bastante estável. Nesse contexto, a clínica ou consultório opera praticamente na sua capacidade total.

Como se pode perceber a partir das demais orientações, é interessante que o crescimento do orçamento se reflita também no aumento do investimento em Adwords. Basicamente, quanto mais alto for o investimento (lembramos que as campanhas, é  claro, devem ser bem configuradas e posteriormente bem geridas), mais alto tende a ser o retorno em número de conversões diretas, ou seja, agendamentos.

O anúncio de rede de display (no formato de banner, texto ou mesmo vídeo), nesse ponto, também é recomendado, visto que é mais focado em branding (ou “construção de marca”) e impulsiona a visibilidade e o fortalecimento da imagem do profissional.

Branding, justamente, deve ser a prioridade da alocação de recursos nesse ponto da carreira. A meta agora deve ser a consolidação de autoridade profissional, firmando-se como referência na sua área de atuação. Em outras palavras, investir na sua marca pessoal e na marca da clínica ou consultório.

Nesse caso, alguns canais interessantes a se explorar são:

  • Assessoria de imprensa;
  • Criação de comunidades diversas para debates de temáticas de saúde (no meio online e presencial);
  • Participação em palestras e eventos estratégicos do segmento (como feiras de saúde, congressos e encontros médicos diversos);
  • Trabalhar, ao máximo, na percepção de valor do seu paciente, buscando e fortalecendo os diferenciais do seu atendimento. Como você deseja ser reconhecido?

Lembre-se também de que o investimento em marketing de conteúdo não pode parar! O esforço contínuo, nesse sentido, faz toda a diferença para os resultados orgânicos no Google e para a estratégia de branding, visto que fundamenta a autoridade do médico.

E então, o que achou das informações? Você tem obtido eficácia na condução das suas ações de marketing?

Caso ainda não tenha visto, produzimos um webseminário sobre como direcionar seus investimentos para atrair mais pacientes. Confira agora e saiba mais sobre a alocação estratégica de recursos em marketing médico!