As melhores formas de credenciar um convênio médico

Tempo de leitura: 3 minutos

Um processo não muito complicado, mas apresentando questões burocráticas que precisam ser resolvidas, o credenciamento de um convênio médico possui algumas normas que devem ser seguidas. Elas não são difíceis, mas não tenho um conhecimento básico de como funcionam, o profissional pode ficar confuso no decorrer do caminho.

Se você ainda não é um médico credenciado e tem dúvidas da melhor forma para realizar o procedimento ou se está querendo trocar o convênio por outro, aqui vão algumas sugestões para realizar essa ação da melhor forma. Lembrando que há regras que precisam ser seguidas pelo profissional, caso se cadastre como pessoa física, ou para o consultório, se houver cadastro como pessoa jurídica.

Procure uma empresa de consultoria em saúde

Existem muitas empresas de consultorias de saúde especializadas em credenciamentos em convênios médicos. Algumas já oferecem uma parceria firmada com alguns planos de saúde, porém todas são capazes efetuar as intermediações com algum convênio. Para que o processo seja agilizado, leve uma tabela de empresas que pensa em trabalhar como conveniado e faça a consultoria com a equipe.

Uma vantagem do credenciamento feito com uma consultoria em saúde é que o procedimento dura, em média, dois dias. Se você não possui um conhecimento completo do plano de saúde que ainda deseja trabalhar, a empresa disponibiliza listas de operadoras atuantes no mercado juntamente com uma tabela de valores da carga horária fornecida pela Associação Médica Brasileira, a AMB.

Atualize todas as suas documentações e leve à empresa. Se quiser, você pode realizar uma avaliação antes de efetuar o credenciamento, extensão ou mudança de convênio.

Faça o procedimento direto com o plano de saúde

Outra forma mais prática é entrando em contato com a própria operadora de saúde. Ao se direcionar para a central de profissionais cooperados, o plano médico irá oferecer a listagem completa de toda a documentação necessária para acionar o credenciamento.
Se já estiver ciente de como a operadora funciona, então pode ir tranquilo. No entanto, essa maneira é ótima para quem possui conhecimento do plano e sabe como é a convivência e o trabalho dela. Se desejar efetuar esse procedimento diretamente com o plano, é recomendável conversar com algum colega de trabalho que já atue em parceria com a empresa para saber como é carga horária, a relação de benefícios e a consulta de valores.

Outra forma considerável de se credenciar a uma operadora de saúde é o registro no Sistema Único de Saúde, feito por meio de um edital público e com duração de dois anos, caso o consultório ou o profissional seja aprovado. O contrato pode ser renovado após o período estabelecido, porém o médico não é considerado um funcionário público.

Para alguns, ser credenciado a um convênio parece trazer mais prejuízos do que benefícios, mas o profissional pode obter vantagens. Sendo um especialista em início de carreira ou alguém com uma boa bagagem vivida na área, o credenciamento possibilita maior visibilidade do médico, aumenta a cartela de clientes do seu serviço e expandir os perfis de público no qual atua.

O importante é procurar novas experiências para amadurecer o trabalho. Boa sorte!

Gostou do artigo? Entre em nosso blog e veja esse e outros textos sobre o assunto e muito mais!